Festa clandestina tinha 133 pessoas aglomeradas

Mais de cem participantes estavam sem máscara
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Mais de 130 jovens foram encontrados aglomerados na noite de ontem (11) em um lounge bar na região do Capão Redondo, na Zona Sul de São Paulo. A balada ocorria na casa noturna localizada na Avenida Augusto Cardoso, no Jardim Maracá.

Averiguando denúncias, policiais civis do GARRA/DOPE, o Departamento de Operações Policiais Estratégicas, e do GER, Grupo Especial de Reação, além de homens da PM e da Guarda Civil e fiscais do PROCON e da Vigilância Sanitária,  que compõem a força-tarefa de fiscalização às regras sanitárias, foram até o endereço fornecido. No bar, eles surpreenderam 133 pessoas aglomeradas, sendo que 103 delas não usavam a máscara de proteção obrigatória. 

No ambiente, com pouca ventilação, garotas e rapazes consumiam bebidas, dançavam e fumavam narguilé, em horário e aglomeração que violam as regras vigentes no Estado. Após serem identificados e submetidos a consulta de antecedentes criminais, todos foram liberados.

Já o responsável pela casa e os funcionários foram conduzidos ao Departamento de Polícia e Proteção à Cidadania, onde os fatos foram objeto de um Termo Circunstanciado. Além de ter equipamentos de som e máquinas leitoras de cartões apreendidos, o bar foi multado e interditado.

*Com Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas