GCM, sepultador e fiscal podem tomar terceira dose contra covid-19

Profissionais de saúde e idosos com mais de 60 anos também podem se vacinar
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A partir desta sexta-feira (22), a cidade de São Paulo aplica a terceira dose contra a Covid-19 em profissionais da Guarda Civil Metropolitana (GCM), sepultadores e fiscais das subprefeituras. Para este público, serão aplicadas apenas doses do imunizante Coronavac.

A dose adicional também está disponível para idosos acima de 60 anos, profissionais de saúde com mais de 18 anos e pessoas com mais de 18 anos que tenham alto grau de imunossupressão.

Para receber o reforço, é necessário ter completado o ciclo vacinal, ou seja, ter recebido as duas doses da vacina (ou dose única) há pelo menos seis meses.

Segundo a prefeitura, são considerados trabalhadores da saúde todas as pessoas que atuam com a área, seja na linha de frente, como médicos e enfermeiros, ou do apoio, como nutricionistas e faxineiros, além dos que tenham formação comprovada na área, como veterinários.

Toda a rede estará em operação para a vacinação: 468 Unidades Básicas de Saúde (UBSs); megapostos com acesso a pedestres, postos que funcionam exclusivamente em sistema drive-thru e a rede de farmácias parceiras. A vacina também está disponível nas AMAs/UBSs Integradas, unidades do Serviço de Atenção Especializada (SAE) e nos Centros de Saúde. Confira a lista completa dos endereços aqui.

Pelo Filômetro, é possível acompanhar em tempo real a situação de espera nos postos de vacinação que estão em funcionamento na cidade.

Veja o calendário atualizado de vacinação contra Covid-19 na capital:

Para a primeira dose, adolescentes a partir de 12 anos;

Para a terceira dose, imunossuprimidos com mais de 18 anos, que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos 28 dias; idosos com mais de 60 anos, indígenas aldeados, profissionais da saúde, profissionais da Guarda Civil Metropolitana (GCM), sepultadores e fiscais das subprefeituras, todos com mais de 18 anos e que tomaram a última dose do esquema vacinal (segunda dose ou dose única) há pelo menos seis meses.

Por TV Cultura

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas