Maioria gasta mais de uma hora com transporte, diz Instituto Multiplicidade

Instituto Multiplicidade indica que apesas 34,6% gastam menos de uma hora

Segundo dados de um levantamento realizado pelo Instituto Multiplicidade, apenas 34,6% da população de São Paulo leva menos de uma hora para chegar até o trabalho, serviços de saúde e educação.

O estudo foi realizado em 17 cidades do Brasil, a partir dos seguintes dados, coletados entre novembro de 2021 e abril deste ano.

A pesquisa entrevistou mais de 5 mil pessoas que fizeram viagens por meio do aplicativo da 99. Passageiros responderam se fizeram viagem de integração com ônibus ou se pretendiam fazer.

Com o objetivo de medir a acessibilidade da população a emprego formal, educação e saúde em até uma hora, foram determinadas duas categorias para calcular a distância mínima: a primeira considerou moradores que levam cerca de 30 minutos até esses destinos a pé, de bicicleta ou utilizando um carro por aplicativo com o valor máximo de R$ 10. E, a segunda, quem leva no máximo uma hora de ônibus no trajeto.

O levantamento, que foi realizado em parceria com o aplicativo de transportes 99, gerou um ranking com as cidades de Natal, Curitiba, Recife, Belo Horizonte, Fortaleza, Santo André, Goiânia, Rio de Janeiro, São Paulo, Vitória, João Pessoa, Campinas, São José dos Campos, Campo Grande, Manaus, Uberlandia e Teresina.

Natal, lidera o ranking, por ter a locomoção para emprego formal e espaços de educação e saúde acessíveis em 30 minutos ou em uma hora de ônibus em 57,1% dos casos, a maior nota entre as cidades pesquisadas. São Paulo fica em 9º, com 34,6%.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.