Mais de 91 mil mães se inscrevem para trabalhar em escolas

Mulheres vão ajudar a cumprir protocolos de segurança contra Covid-19
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Pref. de São Paulo/Reprodução)

Mais de 91 mil mães se inscreveram para trabalhar nas escolas da Capital Paulista, por meio do Programa Operação Trabalho – Volta às Aulas, da Prefeitura de São Paulo. As selecionadas vão reforçar o cumprimento das medidas de segurança para evitar contaminação por Covid-19.

As inscrições foram encerradas ontem (17), com 91.783 interessadas que vão disputar as 4.590 vagas. As candidatas devem ter idade entre 18 e 50 anos.  

“É um número recorde de inscrições em nosso programa de apoio aos trabalhadores e trabalhadoras. A alta procura por essas vagas em um período de crise profunda pelo qual estamos passando, evidencia a necessidade de investirmos cada vez mais em políticas públicas com foco na geração de renda das famílias”, diz Aline Cardoso, secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo.

A seleção das candidatas será feita pelos técnicos do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe), entre hoje (18) e 24 de fevereiro.  A convocação para a entrega da documentação será feita por e-mail e telefone, com horário marcado, nos 25 postos do Cate, para evitar aglomeração.

As selecionadas deverão entregar documentos de comprovação dos critérios de contratação como RG, CPF, carteira de trabalho e comprovante de residência. As mulheres serão chamadas entre os dias 25 e 26 de fevereiro, com previsão de início das atividades na rede municipal de ensino no dia 1º de março.

As selecionadas receberão uma bolsa auxílio no valor de R$ 1.155,00 mensais, para uma carga de trabalho de 30 horas semanais, divididas em 6 horas por dia. O período de atividades terá duração de seis meses, de fevereiro a julho de 2021.

No total, serão aplicados R$ 31,8 milhões no projeto. Cada escola terá três mulheres.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas