Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Organização promove debates sobre o cotidiano do negro

Encontros vão ocorrer às sextas-feiras, às 19h.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O grupo de dança Asili Coletiva realiza a partir deste mês uma série de encontros para discussão sobre o universo do homem negro, suas vivências e desafios. Ao promover conversas sobre os cotidianos e subjetividades masculinas, considerando aspectos de caráter étnico-racial, o grupo objetiva a criação de um espaço coletivo que estimule a troca de saberes, autoconhecimento, maior condição de acesso a direitos e exercício pleno da cidadania, além de proteção e cuidado da saúde mental.

Intitulada ‘Homem Preto’, a série de encontros ocorrerá às sextas-feiras, a partir do dia 24 de janeiro. A ação é gratuita.

Segundo o bailarino e educador Felipe Cirilo, um dos organizadores do evento, cada dia terá um eixo temático, contudo a construção do conteúdo ocorrerá de modo coletivo e horizontalizado. As informações compartilhadas surgirão a partir das dúvidas, relatos e inquietações trazidos pelos próprios participantes. Os assuntos propostos para direcionar as conversas são Sexualidade, Meninos Pretos, Homens Pretos mais Velhos, e Homem Preto e Comunidade.

Orientador Felipe Cirilo (Naaya Lelis)

“É urgente debater assuntos que atingem diretamente a população preta nas periferias (no nosso caso, a de São Paulo), posto que a sociedade em que vivemos, mata um jovem negro a cada 23 minutos por arma de fogo. Assim como são homens negros os que mais cometem suicídio, no país. É preciso trazer para o centro do debate nossa vida diária, nossas experiências em casa, na rua, no trabalho, nas relações, enquanto homens pretos. Esse evento é sobre essas ideias trocadas e as que não são trocadas diariamente”, comenta Cirilo. 

A ação de discutir aspectos da masculinidade nasce após ações anteriores focadas na saúde psicológica da população negra e no Mulherismo Africana (práticas de sociabilidades construídas a partir de conhecimentos ancestrais de mulheres negras africanas). Todas elas integram o projeto ‘Asili – Cultivo de Dança’, contemplado pelo edital VAI 2019.

Os dois primeiros encontros da série ‘Homem Preto’ ocorrerão nos dias 24 e 31 de janeiro, no espaço cultural Independente Casa no Meio do Mundo, às 19h. As datas e locais dos eventos posteriores serão divulgados no perfil do grupo no Instagram: @asilicoletiva. 

A Asili Coletiva

Formada em 2017, a Asili Coletiva é uma organização artística voltada à pesquisa e criação em dança, além da promoção de espaços de convivência e fortalecimento da população negra. Coletivamente, o grupo desenvolveu uma série de treinamentos, jogos e procedimentos criativos denominada Dança de Atake que norteia as criações artísticas do coletivo.

Serviço

Série de Encontros: Homem Preto

  • Datas: 24 e 31/dez (sextas-feiras) – 19h
  • Local: Casa no Meio do Mundo
  • Endereço: Rua Itamonte, 2008 – Vila Medeiros – São Paulo/SP
  • Entrada gratuita
  • Mediação: Felipe Cirilo
  • Realização: Asili Coletiva
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest