Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Prefeitura amplia idade máxima de carros usados por aplicativos em SP

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Prefeitura de São Paulo informou nesta terça-feira (9) que aumentou de cinco para sete anos a idade máxima de veículos usados no transporte de passageiros por aplicativo. A mudança, porém, vale apenas para os motoristas que prestam serviço antes de julho de 2017.

Segundo nota da Prefeitura, condutores que se credenciaram a empresas como Uber após esta data devem utilizar carros de até cinco anos.

As novas regras para motoristas de aplicativos de transporte individual começam a valer nesta quarta-feira (10) na cidade. As abordagens realizadas nas primeiras duas semanas terão caráter educativo. As multas só serão aplicadas a partir do dia 25 de janeiro.

Para continuar a oferecer o serviço na capital paulista, os veículos devem ter placa da cidade e passar por uma inspeção anual. Carros com placas de outras cidades, mesmo que vizinhas a São Paulo, não poderão pegar passageiros dentro do município.

Os carros devem ter adesivos dos apps para os quais prestam serviços, e os motoristas deverão cumprir regras de vestimenta –que, por exemplo, proíbem o uso de camisetas regatas ou de times de futebol.

Em negociação com a Prefeitura, as empresas que operam os aplicativos conseguiram que o prazo para a entrega da declaração de inspeção dos veículos cadastrados, o Certificado de Segurança do Veículo de Aplicativo (CSVAPP), fosse estendido para 28 de fevereiro.

Veja quais são as principais determinações:

Apresentação de documentos básicos, como a CNH;
Comprovação da realização de curso de treinamento de condutores de 16 horas, com aulas sobre gentiliza, diversidade sexual, primeiros socorros e mecânica, entre outros temas;
Compromisso de que exercerá a atividade somente por meio dos aplicativos credenciados;
Proibição do uso de camiseta esportiva e regata, calça esportiva ou de moletom, chinelos ou até mesmo jaquetas de times, associações e clubes;
Comprovação da contratação de seguro que cubra acidentes de passageiros e o seguro obrigatório;
Licenciamento obrigatório na capital paulista;
Realização de inspeção anual.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

2 Comentários

  • Ranieli disse:

    Tenho uma dúvida o meu carro 2011 com 7 anos de uso posso roda até o final deste ano.o Meu carro já estar cadastrado desde de 2015 no aplicativo.

    • Nivaldo Lima disse:

      Para os motoristas já cadastrados antes da aprovação da lei, a idade máxima dos veículos é de 7 anos. Já para os motoristas cadastrados após aprovação da lei, a idade máxima dos veículos é de 5 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas notícias

Podcast
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest