Prefeitura suspende rodízio e Zona Azul em SP nesta quinta por causa da greve dos metroviários

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Prefeitura de São Paulo informou nesta quarta-feira (17) que suspendeu o rodízio municipal de veículos nesta quinta (18) por causa da paralisação dos metroviários, prevista para ocorrer durante 24 horas a partir da 0h. A Zona Azul também estará liberada.

Veículos com placas final 7 e 8 poderão circular normalmente no Centro expandido da cidade durante todo o dia.

Segundo a Secretaria Municipal dos Transportes, as demais restrições – Zona de Máxima Restrição à Circulação de Caminhões (ZMRC) e a Zona de Máxima Restrição ao Fretamento (ZMRF), além do rodízio de placas de caminhões – serão mantidos.

Na sexta-feira, a restrição volta a valer para carros com placas final 9 e 0 das 7h às 10h e, à tarde, das 17h às 20h.

Paralisação

O Sindicato dos Metroviários de São Paulo aprovou a paralisação de 24 horas em decisão tomada por votação em assembleia nesta quarta. A categoria protesta contra a privatização da linha 5 Lilás do metrô e 17 Ouro de monotrilho.

A Linha 4 – Amarela do Metrô de São Paulo opera normalmente nesta quinta-feira, apesar da greve dos metroviários de São Paulo. A linha é privatizada e é controlada pela concessionária ViaQuatro. O Metrô informou que vai acionar plano de contingência durante a paralisação (leia abaixo).

Em nota, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2) informou que concedeu parcialmente pedido de “liminar do Metrô, limitando a greve da categoria prevista para ser realizada nesta quinta-feira, a partir da zero hora.”

Segundo a decisão, o desembargador Carlos Roberto Husek disse que “fica determinado que 80% da frota circule nos horários de pico – compreendidos de 6h às 9h e das 16h às 19h – e 60% nos demais intervalos.”

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas