Promotoria investiga uso do orçamento para conservar viadutos

Prefeitura não teria gasto nem 10% do valor previsto no orçamento.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Bruno Bocchini/Agência Brasil

(Leon Rodrigues/Prefeitura de SP/Reprodução)

O Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) instaurou nesta segunda-feira (26) um inquérito para apurar o uso, pela prefeitura da capital paulista, de apenas 5% do orçamento destinado para conservação e manutenção de pontes e viadutos do município. De acordo com o MP,  estavam previstos, para 2018, R$ 44,7 milhões, mas até agora foram gastos apenas R$ 2,4 milhões.

A ação do MP ocorre após parte de um viaduto da pista expressa da Marginal Pinheiros ter cedido cerca de dois metros. A falha ocorreu no último dia 15 de novembro, impedindo a passagem de veículos. “Os gestores têm obrigação orçamentária prevista em lei para aplicar esses recursos, mas não o fizeram. Tanto que resultou quase na queda do viaduto”, destacou o promotor de Justiça do Patrimônio Público e Social, Marcelo Milani, autor do inquérito.

Um levantamento citado pelo MP apontou que a capital tem mais de 180 pontes e viadutos que podem apresentar sérios problemas estruturais e que necessitam de manutenção. O promotor classificou o não uso dos recursos disponíveis para evitar falhas na estrutura viária da cidade como uma “omissão grave”. De acordo com o MP, o inquérito irá investigar possível inobservância ao princípio da eficiência e afronta à lei de improbidade administrativa.

“Essas obras [de manutenção de pontes e viadutos] estão sendo relegadas a segundo plano”, disse Milani. 

Prefeitura

Em nota, a prefeitura informou que prestará os esclarecimentos ao MP assim que for notificada. “Vale reforçar que, por considerar as vistorias visuais insuficientes, o prefeito Bruno Covas já havia determinado que sejam feitas vistorias completas e detalhadas em todos os 185 viadutos da capital”.

De acordo com a prefeitura, a informação sobre valores está equivocada. Segundo a administração municipal, o total empenhado para obras em estruturas de pontes e viadutos em 2018, até o momento, é de R$ 9.547.855,62, e não R$ 2,4 milhões. 

“O valor é superior a todo o ano de 2017 (R$ 2.924.156,34) e não se aproximou mais do que estava previsto no orçamento [de R$ 44,7 milhões, segundo o MP] porque apenas no dia 9 de novembro foi lançado o Programa de Recuperação de Pontes e Viadutos, que havia sido abandonado durante a gestão entre 2013 e 2016, e foi retomado no ano passado”.

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país