Seleção da Agência da ONU vence Copa dos Refugiados em São Paulo

Mais de 900 atletas participaram da competição.
Equipe comemora a vitória nos pênaltis (Heloísa Ballarini/Prefeitura de São Paulo/Reprodução)

A equipe Malaika venceu nesta terça-feira (20) a Copa dos Refugiados, que teve a final disputada no estádio do Pacaembú, em São Paulo. O time vencedor é a seleção da ACNUR, agência da ONU para os Refugiados.

O Malaika venceu nos pênaltis, por 4 a 2, o time de Angola, depois de empatar em um a um no tempo normal da partida. O torneio contou com a participação de mais de 930 atletas, de 27 nacionalidades, divididos em  41 times.

Notíciasrelacionadas



A semifinal foi no domingo (18), no Parque da Aclimação, com disputas entre Níger e Angola, Líbano e Malaika.  “A Copa é um projeto voltado principalmente para a integração social das pessoas refugiadas junto à população brasileira”, completou Jean Katumba, refugiado congolês e presidente da ONG África do Coração.

O prefeito Bruno Covas prestigiou a Final da competição. “São Paulo não admite nenhuma forma de racismo e nem de xenofobia, pois isso seria ir contra sua própria história, que só é o que é graças aos imigrantes que vieram para cá de todos os cantos  do mundo e do Brasil para construir essa grande cidade”, destacou.

A Copa dos Refugiados reuniu mais de 900 atletas (Heloísa Ballarini/Prefeitura de São Paulo/Reprodução)

*com informações da Prefeitura de São Paulo

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo