Sem apoio da Prefeitura, fim de semana teve 17 blocos

Prefeito Ricardo Nunes elogiou organizadores dos blocos

Com o fim do feriado de Tiradentes, acabou o período do carnaval fora de época em São Paulo. Por conta da variante ômicron, escolas de samba deixaram de desfilar em fevereiro e fizeram a festa nos últimos dias.

Mesmo sem o apoio da prefeitura, a CET (Companhia de Engenharia de Tráfego) informou ter constatado a realização de 17 desfiles de blocos de Carnaval “que ocorreram de forma tranquila e pacífica, com acompanhamento dos agentes de trânsito e de demais órgãos públicos”.

Foto mostra Vale do Anhangabaú tomado por foliões. Alguns estão com as mãos para o auto enquanto cantam e dançam.
Acadêmicos do Baixo Augusta durante desfile no Vale do Anhangabaú
(Acadêmicos do Baixo Augusta/Reprodução)

A expectativa era que 5% dos 800 blocos cadastrados na prefeitura fossem as ruas para celebrar o carnaval.

Diante da situação, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) afirmou neste domingo (24) que “poucas pessoas” saíram às ruas, “sem gerar grandes problemas. Além disso, elogiou a “conscientização cívica” ao comentar os blocos de Carnaval que desfilaram sem autorização oficial desde quinta-feira (21) na cidade de São Paulo.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.