SP corta isenção de IPVA em 2021 de 80% dos PCDs

Do total aproximado de 330 mil veículos que tiveram o benefício este ano, somente 60 mil — cerca de 20% — manterão a isenção para 2021.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A partir de 2021, o Governo do Estado de São Paulo cortará a isenção de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) de 80% das pessoas com deficiência, segundo informado pela Folha de São Paulo. Essa medida busca diminuir as possíveis fraudes na isenção da cobrança.

Nesta terça-feira (8), foi publicado um decreto pela Secretaria da Fazenda e Planejamento do Estado de São Paulo para regulamentar a mudança nas regras referentes à isenção de impostos para os veículos para as pessoas com deficiência.

Do total aproximado de 330 mil veículos que tiveram o benefício este ano, somente 60 mil — cerca de 20% — manterão a isenção para 2021. Como resultado, a quantia passaria de R$ 686 milhões em benefício para um valor próximo de R$ 150 milhões a R$ 170 milhões.

O jornal apontou que obteve acesso aos números após uma verificação nos registros do Detran, de forma a apurar quem estaria dentro das novas regras para o estado.

Serão contemplados com o direito à isenção do imposto 35 mil veículos adaptados e 30 mil não condutores — que não podem dirigir por causa da deficiência, mas possuem um veículos guiados por outra pessoa.

Seguem beneficiados os autistas e as pessoas com deficiência física, visual e mental, severa ou profunda, não-condutoras. Essas pessoas terão o recadastramento automático, por meio dos dados referentes ao veículo registrado no Detran.

No entanto, será necessário acessar o site da secretaria para imprimir o adesivo que será colocado no veículo. Essa identificação é necessária para que o benefício seja comprovado.

Alteração na lei
Em novembro deste ano, os governos estaduais utilizaram a mudança das leis sobre a isenção de impostos sobre os veículos para as pessoas com deficiência para procurar minimizar as fraudes. A medida visava diminuir o prejuízo financeiro causado.

No ajuste fiscal do governo paulista, foi aprovada a restrição do benefício para pessoas com deficiência física severa ou profunda. Para que a condição seja concedia, o veículo seve ser adaptado e customizado conforme cada situação. A exceção será para quando o veículo tiver a condução de outra pessoa.

 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Uma resposta para “SP corta isenção de IPVA em 2021 de 80% dos PCDs”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas