Usina de oxigênio é instalada em hospital da Capital

Município deve instalar 19 usinas para gerar oxigênio
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Prefeitura de São Paulo entrega hoje (31) a primeira das 19 usinas geradoras de oxigênio em unidades de saúde. A estrutura será instalada no Hospital Municipal Capela do Socorro, na zona sul. Juntas, as 19 usinas terão capacidade para produzir 9 mil metros cúbicos de oxigênio por dia, o que equivale a 900 cilindros.

O município informa, em nota, que o volume é suficiente para abastecer 596 leitos de enfermaria e 211 de UTI nos hospitais municipais, hospitais dia e unidades de pronto atendimento (UPAs). A meta é colocar sete usinas em funcionamento até o dia 15 de abril.

Vão ser beneficiados o Hospital Municipal Capela do Socorro (2 usinas, 31/03 e a outra até 10/4), Hospital Municipal Sorocabana, UPA Jabaquara, Hospital Dia Tito Lopes, Hospital Dia Flávio Gianotti e Hospital Dia M’Boi Mirim II.

Outras 12 unidades serão instaladas até 30 de abril, segundo a prefeitura, nos Hospitais Dia: Itaim Paulista, São Matheus (Tietê II), São Miguel, Brasilândia, Butantã, Lapa, Mooca, Penha, Vila Prudente, Campo Limpo, Cidade Ademar e M’Boi Mirim I.

Além das usinas, a cidade recebeu doação de 400 cilindros de oxigênio pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas