Vale do Anhangabaú reabre para lazer

Parques voltaram a funcionar em horário normal em toda cidade
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Rovena Rosa/Agência Brasil)

O Vale do Anhangabaú, no centro da capital paulista, reabriu neste domingo (25), das 8h às 12h. Mesmo com a capital prestes a atingir 80% de imunização do público elegível, será necessário cumprir os protocolos de combate ao novo coronavírus e a população deverá respeitar o distanciamento social e utilizar máscaras no local. Agentes estavam no local para orientação aos protocolos de saúde, informou a prefeitura da capital paulista. Localizado entre os Viadutos do Chá e Santa Ifigênia, o Vale do Anhangabaú é um lugar de manifestações e shows populares.

A reabertura do local para lazer no domingo será gradual, seguindo todos os protocolos de saúde e segurança. A Secretaria Municipal de Cultura coordena a programação de eventos e atividades, que deverão ser realizados de maneira controlada e com limite no número de pessoas, com objetivo de evitar aglomeração.

A Subprefeitura Sé ampliou as equipes de fiscalização em combate ao comércio irregular para atender a capital aos domingos. Ao todo, 12 equipes compostas por 80 agentes atuarão de maneira orientativa nas regiões do Vale do Anhangabaú e da Avenida Paulista, enquanto os espaços estiverem abertos para lazer.

Serão quatro equipes em cada região e as demais atuarão de maneira volantes no entorno. A operação conta com o apoio da Polícia Militar, por meio da Atividade Delegada, e da Guarda Civil Metropolitana.

São Paulo - Reabertura do Vale do Anhangabaú para lazer.
Reabertura do Vale do Anhangabaú para lazer, na capital paulista (Rovena Rosa/Agência Brasil)

Programação cultural

A Secretaria Municipal de Cultura (SMC) elaborou uma programação com intervenções, como uma exposição em homenagem aos profissionais da saúde e a intervenção do coletivo SHN, com ilustrações de pessoas de máscaras em bandeirolas, fazendo alusão ao momento da pandemia de covid-19. As ações ocorrem a partir deste domingo (25).

Com nove painéis em grande formato distribuídos pelo Vale, a Exposição Olhares da Linha de Frente, em homenagem aos profissionais da saúde, traz retratos de profissionais que atuaram na linha de frente do combate à covid-19. As pinturas são assinadas pelo artista Alexandre Ignácio Alves, dando continuidade ao seu trabalho iniciado na exposição Retratos Preto sobre Preto, exibido em 2019 no Centro Cultural São Paulo. O coletivo SHN traz ilustrações de pessoas de máscaras em bandeirolas, penduradas nos postes de iluminação do Vale.

Entre as outras intervenções, está a instalação Anhagabaú: um rio de luz e resistência, do Studio Visualfarm, que ocupa a nova fonte do vale com projeções e lasers. Serão realizados dois espetáculos por semana, às terças e quintas, totalizando vinte apresentações, a partir de 29 de julho. Outro destaque são as intervenções nos quiosques do Vale — cada um dos 11 quiosques receberá uma diferente.

Grupos teatrais consagrados da cidade, Os Satyros e Pia Fraus organizaram visitas guiadas lúdicas ao Vale do Anhangabaú. A atividade, com um grupo para o público em geral e outro para o público infantil e familiar, trouxe curiosidades e fatos da história do Vale e da região.

Valorizando a importância histórica do Vale, com cinco totens expositivos espalhados pelo Vale, a exposição O Vale em Constante Mutação traz um resgate histórico e afetivo das transformações pelas quais o local passou. A curadoria foi feita em parceria do Museu da Cidade de São Paulo com o Departamento de Patrimônio Histórico, ambos da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.

São Paulo - Reabertura do Vale do Anhangabaú para lazer.
(Rovena Rosa/Agência Brasil)

Parques com horário normal

Os parques públicos municipais, Centros Desportivos da Comunidade (CDCs) e Centros Esportivos voltaram a funcionar no horário normal ontem (24). Os 109 parques municipais continuam obedecendo as regras do Plano São Paulo de não haver atividades entre 23h e 5h.

Continua obrigatório o uso de máscara e o respeito à regra de distanciamento social, além dos bebedouros que permanecem interditados. Além disso, é realizada a contagem de frequentadores na entrada dos parques.

A Secretaria Municipal do Verde e do Meio Ambiente (SVMA) vai orientar os frequentadores quanto às restrições, a fim de conter qualquer tipo de aglomeração nos espaços. É recomendado que os parquinhos infantis e equipamentos de ginástica sejam utilizados com consciência, e que os frequentadores evitem a prática de atividades em grupo que possam causar aglomerações no interior dos parques. Clique aqui para saber o horário de funcionamento de cada parque.

Por Ludmilla Souza, da Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas