Veja 147 Vagas Para Jovens do Estado de São Paulo

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Jovens entre 14 e 24 anos de idade que estudam nas ETECs do Centro Paula Souza de todo o Estado podem se candidatar ao programa Aprendiz Paulista, gerenciado pela Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT), que oferece nesta semana 147 oportunidades.

O programa faz a intermediação sem custo para o empregador que está em busca de um técnico-profissional e estudante que deseja ingressar em sua profissão, podendo experimentar a vivência no mundo do trabalho.

As vagas são ofertadas por empresas que se cadastram no Emprega São Paulo de forma gratuita e destinadas aos alunos matriculados nos cursos técnicos presenciais do Centro Paula Souza.

Confira algumas das vagas disponíveis:

Ocupação

Local da Vaga

Número de Vagas

Administração

Centro

13

Administração e Secretariado

Zona Sul

10

Administração ou Logística

Zona Sul

8

Como se cadastrar

Para se candidatar a essas e outras oportunidades, basta acessar o site, criar login, senha e informar os dados solicitados. Outra opção é comparecer a um Posto de Atendimento ao Trabalhador (PAT) com RG, CPF, Carteira de Trabalho e, se possível, PIS.

O cadastramento do empregador também poderá ser feito no site do Emprega São Paulo ou PAT. Para disponibilizar vagas no sistema, é necessária a apresentação do CNPJ da empresa, razão social, endereço e o nome do solicitante.

Aprendiz Paulista

O papel da Secretaria do Emprego e Relações do Trabalho (SERT) é atuar como um intermediário entre a empresa e o aluno. Todo processo é gratuito para ambas as partes. “O programa vem ao encontro das necessidades do jovem que está se preparando para ingressar no mercado de trabalho, e do empregador que necessita preencher sua vaga com o profissional-aprendiz qualificado”, explica o secretário Zé Luiz.

A lei 10.097/00 junto com o Decreto 5598/05 determina que empresas de médio e grande porte devem destinar de 5% no mínimo a 15% de suas vagas a aprendizes, entre os trabalhadores existentes em cada estabelecimento, cujas funções demandem formação profissional.

Vale citar que a contratação do aprendiz não é feita em regime de estágio, e sim em regime CLT, através de um contrato especial por tempo determinado e registro em carteira profissional.

Para obter mais informações, envie mensagem para [email protected] ou entre em contato pelos telefones (11) 3241-7418/7408/7404/7417/7444/7406/7372.

(Texto: Governo do Estado)

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas