Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

A relevância da família na vida do dependente químico em tratamento

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Por Edna Glauber Felipe – psicóloga

Você vai encontrar pessoas na vida que vão dizer para você experimentar.

Saiba! Você é livre para experimentar, MAS VOCÊ TAMBÉM É LIVRE PARA NÃO EXPERIMENTAR. E desse ponto de vista, VOCÊ NÃO É OBRIGADO A SER COMO OS OUTROS SÃO QUANDO ELES NÃO SÃO CORRETOS.
VOCÊ é SIM…OBRIGADO A SER COMO OS OUTROS SÃO QUANDO ELES SÃO CORRETOS. Isto é, um benefício precisa ser imitado, o malefício não. Aqui está; a escolha agora é tua.”

Mário Sérgio Cortella

É de conhecimento geral em nosso progresso cultural, a dimensão do desequilíbrio que se manifesta na invasão incontrolável da droga entre os jovens. Consideramos o dependente químico (DQ) como um elemento doente em relação aos pais e a família – que é o elemento inalienável ao qual ele se liga concretamente – bem como um doente em relação à coletividade.

Os pais ficam desesperados quando percebem que seus filhos são prováveis candidatos à toxicomania, e uma grande maioria não sabem o que fazer para evitar que ocorra nos jovens a angústia do esmagamento pelo tóxico. Daí a necessidade do psicoterapeuta compreender a importância do fato de que a família é o elemento que salva, sendo o psicólogo ou médico apenas o intermediário entre as relações difíceis que passam a estabelecer-se, ás vezes por períodos longos. Assim, trabalhamos com os aspectos sadios do grupo familiar, visando à recuperação de um de seus elementos – o DQ.

Sabemos que nem todos que procuram a droga tornam-se DQ. As circunstâncias familiares e sociais são de uma importância extraordinária, assim como os determinantes pessoais não sejam menos importantes.

A relevância da família na vida do dependente químico em tratamento

Em “Drogas e Drogados”, Charbonneau nos diz que, “(…) os psicólogos e psiquiatras não podem substituir os pais, a drogadição dos jovens passa pelo problema estabelecido em nossa cultura no que diz respeito à educação. Por sua vez, a educação em respeito à drogadição, relaciona-se com a responsabilidade e a compreensão dos pais.”

Considerando que somente a família, em especial através de alguns de seus elementos mais significativos para o paciente, tem o poder de amparar o paciente em recuperação, a partir do momento em que são preparados pelo psicoterapeuta para compreenderem o processo pelo qual o jovem está passando, levando-os assim a ter um sentido permanente de esperança na ação do psicoterapeuta.

O psicoterapeuta, por sua formação teórica, trabalha em conjunto com os elementos familiares com os quais o jovem convive diariamente ou com alguns outros familiares – tios, primos e avós, com os quais o jovem possa relacionar-se e confiar nos momentos de crise ou depois de tê-los ultrapassados.

A cura tem que acontecer dentro da família, porque, muitas vezes, o DQ fica no centro de recuperação por determinado tempo, entende tudo que foi passado, mas a família está num outro contexto de vida e quando ele chega a casa, tudo se passa ao contrário do que ele aprendeu enquanto esteve internado. Isso dentro da cabeça dele é uma desilusão muito grande. Ele se sente frustrado e isso pode levá-lo a uma recaída. A família só arcou com o desprazer da droga, e o crescimento da família é muito importante.

O resgate começa quando ela também toma a atitude de rever algumas coisas. A família deve demonstrar muito amor e tem que participar do tratamento do parente que estiver internado.

O DQ é sempre dominado por angústias e temores cuja qualidade e intensidade transformam-se em sentimentos internamente insuportáveis para a sua autoestima – que se encontra notadamente rebaixada, daí a necessidade do auxílio nesta área altamente necessária que é a escolaridade, tão significativa em nossa cultura.

Por: Edna Glauber Felipe – Psicóloga e Life Coach

Conheça mais sobre o trabalho da psicóloga Edna Glauber Felipe acessando o seu site https://ednaglauber.com.br/

Página no Facebook: https://www.facebook.com/clinicaglauber/

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país

Outras - notícias

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest