Após 474 mortes em 24 horas, Brasil tem o pior dia da pandemia

Das pessoas infectadas que fizeram teste, 32.544 estão curadas.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Enterro em Manaus, Amazonas (Alex Pazuello/Pref. de Manaus/via Fotos Públicas)

O Brasil registrou nas últimas 24 horas 474 mortes provocadas pela Covid-19, o pior dia durante a pandemia, segundo dados do ministério da Saúde. Agora, o país contabiliza 5.017 óbitos pelo novo Coronavírus.

Os casos confirmados chegaram a 71.886, sendo que 5.385 foram testados positivos de ontem para hoje. O ministério também informa que 32.544 pessoas infectadas que fizeram testes estão recuperadas.

Estados

São Paulo se mantém como epicentro da pandemia no país, concentrando o maior número de falecimentos (2.049). O estado é seguido pelo Rio de Janeiro (738), Pernambuco (508), Ceará (403) e Amazonas (351).  

Além disso, foram registradas mortes no Maranhão (145), Pará (129), Bahia (86), Paraná (77), Minas Gerais (71), Espírito Santo (64), Paraíba (53), Rio Grande do Norte (48), Rio Grande do Sul (45), Santa Catarina (44), Alagoas (36), Distrito Federal (28), Amapá (28), Goiás (27), Piauí (21), Acre (16), Sergipe (11), Mato Grosso (11), Rondônia (11), Mato Grosso do Sul (nove), Roraima (seis) e Tocantins (dois).

Hoje a equipe do Ministério da Saúde não concede a habitual entrevista coletiva na qual apresenta as análises dos dados e comenta as medidas adotadas para conter a propagação do novo coronavírus no país.

*com informações da Agência Brasil

https://twitter.com/minsaude/status/1255240405949526017

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas