Brasil registra mais de 23 mil novos casos de Covid-19 em 24 horas

Mortes de sábado para domingo chegaram a 1.079.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O Brasil registrou mais 23.010 casos confirmados de covid-19 e 1.079 mortes em 24 horas, segundo dados do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e do Ministério da Saúde divulgados neste domingo (09/08). O balanço eleva o total de infecções para 3.035.422 e o total de óbitos para 101.049.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação. Além disso, é normal que os dados divulgados durante o fim de semana sejam mais baixos em consequência de falhas nas contagens em estados e municípios.

O Ministério da Saúde informou que, até este domingo, 2.118.460 pacientes se recuperaram da doença, e 815.913 estavam em acompanhamento. O Conass não informa número de recuperados.

São Paulo é o estado brasileiro mais atingido pela epidemia, com 627.126 casos e 25.114 mortes. O número de infectados no território paulista supera os registrados na maioria dos países do mundo.

A Bahia é o segundo estado brasileiro com maior número de casos, somando 193.029, e o sexto em número de mortos, com 3.953 vítimas. Já o Ceará tem 188.542 infecções e 7.954 óbitos, o que o coloca atrás do Rio de Janeiro (com 178.859 infecções e 14.080 óbitos) como o terceiro estado com mais mortes.

Além São Paulo, Bahia, Ceará e Rio de Janeiro, outros seis estados e o Distrito Federal registraram mais de 100 mil casos. São eles: Pará, Minas Gerais, Maranhão, Amazonas, Pernambuco e Santa Catarina.

Segundo o Conass, a taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes é atualmente de 48,1 no Brasil. Apesar de estar subindo nas últimas semanas, a cifra ainda é menor do que a registrada em nações europeias duramente atingidas, como o Reino Unido (70,16), a Bélgica (86,41) e a Espanha (61).

Em números absolutos, o Brasil é o segundo país do mundo com mais infecções e mortes por coronavírus, atrás apenas dos Estados Unidos, que já acumulam mais de 5 milhões de casos e mais de 162 mil óbitos. Atrás de EUA e Brasil, os países mais atingidos são Índia (2,1 milhões de casos), Rússia (885 mil) e África do Sul (559 mil).

Ao todo, mais de 728 mil pessoas morreram em decorrência do vírus no planeta. Depois de EUA e Brasil, os maiores números absolutos de mortes se concentram no México (52 mil), Reino Unido (46,6 mil), e na Índia (43,3 mil).

RC/ots

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas