Butantan pede à Anvisa para vacinar crianças de 3 a 5 anos

Anvisa terá sete dias para apresentar uma resposta sobre uso da Coronavac

O Instituto Butantan enviou para a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um pedido para iniciar a vacinação contra a Covid-19 em crianças entre 3 e 5 anos com a Coronavac. A solicitação chegou nas mãos da agência na noite da última sexta-feira (11).

O prazo de avaliação começa a partir da próxima segunda-feira (14) e a Anvisa tem sete dias úteis para tomar alguma decisão. A Anvisa considerará pontos, como segurança e eventos adversos identificados, ajuste de dosagem da vacina e fatores específicos dos organismos das crianças em fase de desenvolvimento.

A Coronavac já está sendo aplicada em crianças entre 6 e 11 anos. A Anvisa aprovou o uso emergencial do imunizante em 20 de janeiro. Na época, o Butatan pediu a aprovação já para o público a partir dos 3 anos. Porém, segundo os técnicos, os dados não demonstraram a segurança e efetividade necessária.

O estudo ainda indicou que a vacina não podia ser aplicada em crianças imunocomprometidas (como aquelas em tratamento para câncer) porque faltavam dados sobre os benefícios do imunizante para esta população específica.

Você usa o Telegram?

Entre em nosso canal no Telegram e receba nossas atualizações de notícias direto no seu celular. Basta clicar aqui

Compartilhe notícia

Artigos Relacionados

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.