Covid-19: Major Olímpio é entubado pela segunda vez na UTI

Olímpio foi entubado pela primeira vez no último sábado (6).
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O senador Major Olímpio (PSL-SP), 58, está entubado na UTI no hospital São Camilo, em São Paulo, em estado grave, mas estável. A informação foi confirmada por uma fonte do gabinete do parlamentar. Diagnosticado com covid-19, Olímpio foi entubado pela primeira vez no último sábado (6). Na terça-feira (9), apresentou melhora e foi extubado. Mas, um dia depois, voltou a piorar e passou novamente pelo procedimento.

O assessor de imprensa do senador, que teria se contaminado junto com ele em uma “romaria” de prefeitos e assessores ao Congresso Nacional, também está intubado, em estado grave, com 80% de comprometimento dos pulmões. Em nota, o hospital São Camilo informou que a família do senador não autorizou a divulgação de informações. Além de Major Olímpio, o líder do Cidadania no Senado, Alessandro Vieira (SE), e o senador Lasier Martins (Podemos-RS) também foram diagnosticados com covid-19 após a carreata. Líder do PSL no Senado, Major Olímpio anunciou que estava com covid-19 na terça-feira da semana passada, mas, na ocasião, disse que sentia apenas sintomas leves e estava em isolamento domiciliar.

No dia seguinte, o senador chegou a participar de uma sessão da Casa diretamente de um leito hospitalar, mas estava com a respiração ofegante e teve queda no sinal de transmissão, o que o impossibilitou de concluir um discurso. Dois senadores já morreram por complicações em decorrência da covid-19: Arolde de Oliveira (PSD-RJ), aos 83 anos, em outubro de 2020, e José Maranhão (MDB-PB), aos 87, no início de fevereiro.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas