Estado distribui 474 mil doses da vacina da Fiocruz

Doses vão para idosos de 80 a 84 anos e para conclusão da faixa de 85 a 89
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Joel Rodrigues/Agência Brasília)

O Governo do Estado de São Paulo está distribuindo mais de 474 mil doses da vacina contra COVID-19 da Fiocruz (Oxford/AstraZeneca) para início continuidade da campanha nas 645 cidades.

As novas remessas visam à imunização dos idosos na faixa etária de 80 a 84 anos, público que passa a integrar a campanha na próxima segunda-feira (1º), bem como à conclusão dos idosos com idade entre 85 e 89 anos.

As doses chegaram no final da tarde de ontem (24) e os caminhões já começaram a sair do CDL (Centro de Distribuição e Logística na capital, rumo aos GVE (Grupos de Vigilância Epidemiológica). A entrega para todos os locais será concluída até amanhã, por meio de uma logística intensa organizada e executada pela Secretaria de Estado da Saúde.

Os municípios deverão retirar os respectivos quantitativos nos GVE de sua região (confira abaixo tabela com o número de doses por Departamento Regional de Saúde). As Prefeituras também são responsáveis por organizar o consumo de suas grades seguindo os critérios da campanha, programar o abastecimento da rede para imunizar todas as pessoas que integram os públicos-alvo.

A divisão das grades é baseada no quantitativo proporcional de vacinas previsto para São Paulo conforme o PNI (Programa Nacional de Imunizações), do Ministério da Saúde. O cálculo de distribuição para regiões e cidades tem como referência estatísticas populacionais e os públicos-alvo da campanha de vacinação contra a gripe de 2020.

A campanha de imunização contra a COVID-19 em São Paulo tem se desenvolvido conforme a disponibilidade das remessas do Ministério da Saúde. À medida que o governo federal viabilizar mais doses, as novas etapas do cronograma e públicos serão divulgadas pela Secretaria de Estado da Saúde.

a vacina da Fiocruz também requer aplicação de duas doses para que o esquema vacinal seja completo, com intervalo de 12 semanas entre as doses, conforme consta em bula e indicado pelo PNI.

Fases da campanha em SP

A primeira fase da campanha começou com profissionais de saúde, idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência com mais de 18 anos vivendo em instituições de longa permanência, indígenas aldeados e quilombolas. Este último grupo foi inserido no Plano Estadual de Imunização de São Paulo, mas não estava contemplado no PNI.

O PEI também definiu o início da segunda fase para 8 de fevereiro, contemplando idosos a partir de 90 anos e m idosos na faixa etária de 85 a 89 anos. A partir do dia 1º de março será iniciada a vacinação dos idosos entre 80 e 84 anos.  A inclusão de novos grupos populacionais é embasada no PNI.

Grades

Região/DRS – Doses

Araçatuba – 9,8 mil

Araraquara – 12,5 mil

Marília – 16 mil

Barretos – 5,7 mil

Bauru – 22,1 mil

Campinas – 45,6 mil

Grande São Paulo – 206,5 mil

Franca – 7 mil

Piracicaba – 18,1 mil

Presidente Prudente – 10,3 mil

Vale do Ribeira – 3,1 mil

Ribeirão Preto – 16,5 mil

Santos – 22 mil

São João da Boa Vista – 10,8 mil

São José do Rio Preto – 22,4 mil

Sorocaba – 23,4 mil

Vale do Paraíba – 22 mil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas