Estado supera marca de 10 milhões de vacinas aplicadas

Mais de 3,4 milhões de pessoas já tomou a segunda dose
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O Estado de São Paulo ultrapassou nesta hoje (22) a marca de 10 milhões de doses de vacinas contra COVID-19 aplicadas na população.

Até às 9h41 da manhã de hoje, já foram aplicadas 10.026.656 doses, somando 6.579.146 de primeira dose e 3.447.510 da segunda, número que equivale ao total de pessoas já têm esquema vacinal completo.

Os dados são do Vacinômetro, ferramenta digital, que permite a qualquer pessoa acompanhar em tempo real o número de vacinados no estado.

O cronograma de vacinação dos públicos-alvo da campanha está disponível no no site Vacina Já.

Pré-cadastro virtual

Quem faz parte dos públicos-alvo da campanha pode realizar um pré-cadastro também no Vacina Já. O preenchimento do formulário leva de um a três minutos e economiza até 90% do tempo de atendimento nos postos de vacinação. O cadastramento online não é obrigatório, mas facilita a rotina das equipes da saúde e dos pacientes.

Há também a possibilidade de agendamento do Whatsapp, por meio de parceria entre as Secretarias de Comunicação e da Saúde. Há um assistente virtual que oferece as informações necessárias para o pré-cadastro. O  chatbot também oferece informações confiáveis sobre o programa de imunização estadual, incluindo o calendário de vacinação atualizado, dados sobre o Plano São Paulo e tira-dúvidas sobre o coronavírus.

Para acessar o serviço no WhatsApp, basta adicionar o número +55 11 95220-2923 à lista de contatos e enviar um “oi” ou clicar no link wa.me/5511952202923?text=oi.

*Com Gov. do Estado de SP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas