Estudo monitora resposta à vacina em pacientes com HIV e doenças reumáticas

Primeira etapa do estudo inédito foi concluída este mês
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Reprodução)

O Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) está liderando o primeiro estudo que tem como objetivo avaliar a resposta à vacina contra a Covid-19 em pacientes imunossuprimidos (doenças reumáticas e pessoas que vivem com HIV/AIDS) para determinar a resposta imune.

Esta pesquisa foi coordenada pela Profa. Dra. Eloisa Silva Dutra de Oliveira Bonfá, Diretora Clínica do HCFMUSP, e pelo Prof. Dr. Esper Kallas, Titular do Departamento de Moléstias Infecciosas e Parasitárias da FMUSP, e a primeira etapa foi finalizada no dia 10 de fevereiro de 2021 com quase 2 mil pessoas vacinadas, sendo aproximadamente 1.500 pacientes e 500 voluntários do grupo controle.

A importância deste estudo é reforçada por análise epidemiológica recente de 252.119 pacientes hospitalizados no Brasil com Covid-19 realizada pelo mesmo grupo, que observou que pacientes com lúpus têm 73% mais chances de evoluir para óbito dos que não têm lúpus.

A organização do trabalho do time de mais de 200 voluntários pela enfermeira Solange Fusco e a gestora Priscila Tagliaferro tornou possível a realização desta etapa em apenas dois dias com uma atividade coordenada que foi muito elogiada pelas pessoas vacinadas.

Por Gov. do Estado de SP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas