Hospital de Campanha do Ibirapuera receberá pacientes de Campinas

Governo do Estado diz que medida ajudará a cortar custos.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

O governador de São Paulo, João Doria, disse hoje (8) que o Hospital de Campanha do Ibirapuera vai passar a receber pacientes com novo coronavírus da região de Campinas, no interior paulista.

“A partir de agora ele [o hospital do Ibirapuera] passará a receber, preferencialmente, pacientes da região de Campinas e também de outras regiões do interior do estado de São Paulo para permitir o atendimento correto e efetivo, sem o aumento de custo. Não há necessidade de montar um hospital de campanha em Campinas, por exemplo, se temos um aqui montado, em boas condições e seguindo as regras sanitárias”, disse o governador.

Segundo ele, essa medida vai economizar gastos públicos. “Não há necessidade de gastar dinheiro público para desmontar um hospital e montar um outro em Campinas. É mais barato e mais eficiente providenciar transporte e ambulâncias com UTIs [unidades de terapia intensiva] e abrigar estes pacientes no hospital do complexo do Ibirapuera”, disse Doria. 

O Hospital de Campanha do Ibirapuera foi instalado no Ginásio do Ibirapuera no dia 1º de maio deste ano e tem 240 leitos de enfermaria e 28 leitos de estabilização (equipados com recursos para tratamento de pacientes mais graves) para tratamento de pacientes com o novo coronavírus.

Os hospitais de campanha recebem pacientes com sintomas de covid-19 de baixa e média complexidade, transferidos dos equipamentos de saúde. No caso do Ibirapuera, ele recebia, até então, pacientes de unidades de saúde da capital e da região metropolitana. Mas, com a diminuição de casos da covid-19 na capital e na região metropolitana – e com o aumento expressivo pelo interior do estado, o hospital do Ibirapuera vai agora ajudar a absorver essa demanda.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas