Mortes por covid-19 aumentam 6 vezes em 20 dias em SP

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Em 20 dias, o número de mortes por covid-19 em São Paulo cresceu mais de seis vezes. Segundo a Secretaria Estadual da Saúde de São Paulo, no dia 1º de abril o estado tinha 164 mortes provocadas pela doença causada pelo novo coronavírus. Hoje (20), o estado soma 1.037 óbitos.

Em todo o estado, 1027 pessoas morreram pela doença(Reuters/Flavio Lo Scalzo/Direitos Reservados)

Entre as pessoas que morreram, 78,2% tinham 60 anos ou mais e 614 eram homens. A mortalidade tem sido maior entre quem tem de 70 a 79 anos (272mortes), seguida pelas faixas de 60 a 69 anos (231) e de 80 a 89 (221). Também faleceram 87 pessoas que tinham mais de 90 anos.

Fora desse grupo de idosos, há também alta mortalidade entre pessoas de 50 a 59 anos (120 casos). Também foram registrados óbitos de pessoas mais novas, de 40 a 49 (60 mortes), de 30 a 39 (35), de jovens de 20 a 29 (8) e inclusive de adolescentes 10 a 19 (3).

Os principais fatores de risco associados à mortalidade são cardiopatia (61,8% dos óbitos), diabetes mellitus (42,9%), pneumopatia (14,5%), doença neurológica (11,9%) e doença renal (10,7%). Outros fatores identificados são imunodepressão, obesidade, asma e doenças hematológica e doença hepática.

Segundo a secretaria, esses fatores de risco foram identificados em 876 pessoas que faleceram por covid-19 (84,4% do total), sendo que 712 delas eram idosas. Houve também 161 vítimas nas quais não foram identificados fatores de risco. Entre elas, 99 tinham mais de 60 anos; 45 estavam na faixa de 40 a 59 anos e 17 tinham entre 20 e 39 anos.

Infectados

O número de infectados aumentou cerca de cinco vezes, passando de 2.981 no dia 1º de abril para 14.580 hoje. Também cresceu o número de municípios que registraram mortes por covid-19: eram apenas 16 em todo o estado de São Paulo no início de abril, passando para 95 cidades nesta segunda-feira.

Internações

Segundo a secretaria, há 6.032 pacientes internados nos hospitais do estado, entre casos suspeitos e confirmados da doença, seja em unidades de terapia intensiva (UTI) seja em enfermarias.

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país