Pelo segundo dia, Brasil tem mais de mil mortes por covid-19 em 24 horas

Foram registrados hoje 1.274 mortes e quase 61 mil novos casos

Pelo segundo dia consecutivo, o Brasil registrou mais de mil mortes ligadas à covid-19 em apenas 24 horas, ao somar 1.274 óbitos nesta quarta-feira (13/01), segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass).

O país registrou ainda 60.899 novos casos confirmados da doença. Com isso, o total de infecções oficialmente identificadas subiu para 8.256.536, enquanto os óbitos chegaram a 205.964.

Notíciasrelacionadas

Entre as vítimas desta quarta-feira está o ex-governador de Goiás e prefeito licenciado de Goiânia, Maguito Vilela (MDB), aos 71 anos. Ele estava internado na UTI do Hospital Albert Einstein, em São Paulo, lutando contra uma infecção pulmonar causada pela covid-19.

Ao todo, 7.273.707 pacientes se recuperaram da doença no país, segundo dados do Ministério da Saúde divulgados na terça-feira. O Conass não divulga número de recuperados.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais de casos e mortes devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

A taxa de mortalidade por grupo de 100 mil habitantes está em 98,0 no Brasil, a 21ª mais alta do mundo, quando desconsiderados os países nanicos San Marino, Andorra e Liechtenstein.

Em números absolutos, o Brasil é o terceiro país do mundo com mais infecções, atrás apenas dos Estados Unidos, que somam mais de 22,9 milhões de casos, e da Índia, com 10,4 milhões. Mas é o segundo em número de mortos, já que mais de 383 mil pessoas morreram em território americano.

Os EUA registraram seu recorde de óbitos por covid-19 em apenas um dia, ao reportar 4.327 vítimas na terça-feira, com Arizona e Califórnia entre os estados mais atingidos.

As mortes cresceram acentuadamente nos últimos dois meses e meio no país, que vive sua fase mais mortal da epidemia, mesmo em meio aos esforços de vacinação. Mais de 9,3 milhões de americanos já tomaram a primeira dose do imunizante.

Em todo o mundo, mais de 92 milhões de pessoas já contraíram o coronavírus, e 1,97 milhão de pacientes morreram em decorrência da doença. Na terça-feira, o planeta também registrou recorde de mortos em apenas um dia, com 17.186 vítimas em 24 horas, segundo dados da Universidade Johns Hopkins.

Por Deustche Welle

EK/ap/ots

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Eu concordo com os Termos e Condições e Política de Privacidade.

Notícias relacionadas

Orelhas & Tiaras

Mais - recentes

São Paulo