São Paulo terá 3º hospital de campanha no Ibirapuera

Capital contará com 2.240 leitos de baixa complexidade.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Gildson di Souza/Prefeitura de SP/via Fotos Públicas)

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (7) a criação de mais um hospital de campanha na capital. O novo hospital de campanha, que vai atender pessoas com coronavírus, será instalado no complexo esportivo do Ibirapuera. Segundo Doria, esse hospital de campanha terá 240 leitos de baixa complexidade e 28 leitos de estabilização (equipados com recursos para tratamento de pacientes mais graves) e será inaugurado no dia 1º de maio.

Os hospitais de campanha recebem pacientes com sintomas de covid-19 de baixa e média complexidade, transferidos dos equipamentos de saúde da capital, como hospitais, pronto-socorros e unidades de pronto atendimento (UPA).

São Paulo conta com outros dois hospitais de campanha. O primeiro foi inaugurado ontem, no Estádio do Pacaembu, com 200 leitos. O segundo será inaugurado no dia 15 de abril, no Complexo do Anhembi, com 1,8 mil leitos de baixa complexidade.

Hospital de Campanha no estádio do Pacaembú (Sérgio Souza/Fotos Públicas)

Com isso, ressaltou Doria, a cidade de São Paulo contará com 2.240 leitos de baixa complexidade para pessoas que estiverem infectadas por coronavírus, precisando de internação em enfermaria. “No total, estamos acrescentando aqui na capital 2.240 leitos de baixa complexidade, fundamentais para liberarem as unidades de saúde para o atendimento da alta complexidade”, disse o governador.

“Se conseguirmos aumentar o distanciamento social para 70%, que está na média em 54% hoje, o número de leitos disponíveis no estado de São Paulo será suficiente para essa primeira onda epidêmica”. disse o infectologista David Uip, coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus em São Paulo. “Se não aderirmos a isso, teremos mais dificuldades com leitos.”



Segundo Doria, 800 profissionais de saúde vão fazer os atendimentos no hospital de campanha do Ibirapuera. O total de recursos para a construção e desmobilização do local é de R$ 12 milhões, informou o governo paulista. Outros R$ 10 milhões mensais serão investidos para o custeio da unidade.

Alimento Solidário

O governador anunciou também a criação do programa Alimento Solidário, de doação de cestas básicas para pessoas mais vulneráveis e pobres, registradas no CadÚnico, cadastro federal oficial para inclusão em programas de assistência social e transferências de renda e que possuem renda de até R$ 89 per capita mensal. As cestas começarão a ser doadas a partir de 17 de abril. Serão doadas um milhão de cestas.

Para montar as cestas, o governo recebeu doações de empresários, que somaram R$ 110 milhões. “Esse é um programa do governo de São Paulo que vai distribuir, a partir do dia 17 de abril, um milhão de cestas do Alimento Solidário. Isso vai atender quatro milhões de pessoas em situação de pobreza no nosso estado”, disse.

Doria informou ainda que vai doar seus salários de março, abril, maio, junho e julho para a compra de cestas básicas do Alimento Solidário. O valor líquido que será repassado para a entidade é de R$ 85 mil, informou. A cesta será composta por arroz, feijão, lentilha, leite em pó, sardinha, charque, linguiça, ervilha, macarrão, milho verde, sal, açúcar, farinha, fubá, molho de tomate, mistura para bolo, óleo e biscoitos.

Por Elaine Patricia Cruz – Repórter da Agência Brasil 

Acompanhe nossos Podcast
Está gostando do conteúdo? Compartilhe!
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos Relacionados

Últimas - notícias

Orelhas & Tiaras

Play
Play
Play
previous arrow
next arrow
previous arrownext arrow
Slider

Podcast

SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
SP AGORA - O melhor conteúdo de São Paulo
As últimas notícias de São Paulo e do Brasil.
As manchetes dos principais jornais do país
by SPAGORA

Você vai ouvir na voz do repórter Paulo Édson Fiore as manchetes dos principais jornais brasileiros.

As manchetes dos principais jornais do país
Comandante da PM afasta policial após ele apreender carro de vereadora
As manchetes dos principais jornais do país