São Paulo vacinou mais de 1 mil pessoas até a noite de segunda-feira

Vacinação também já ocorre no interior do Estado
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
João Doria, governador de São Paulo, acompanha vacinação em Ribeirão Preto (Gov. do Estado de SP)

O Governo de São Paulo vacinou 1.030 contra Covid-19 até o início da noite desta segunda-feira (18). A maioria das doses foram aplicadas no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP. Hoje a vacinação também começou no Hospital das Clínicas de Botucatu e da Unicamp em Campinas.

Nesta terça-feira (19) a imunização começa nos HC de Ribeirão Preto e Marília e no Hospital de Base de São José do Rio Preto. No total, cerca de 60 mil profissionais que atuam nesses hospitais serão imunizados contra a COVID-19 com a Vacina do Butantan.

A campanha começou domingo (17), minutos após aprovação do uso da vacina do Butantan pela Anvisa. Somente no domingo foram vacinados 112 pessoas, incluindo as duas primeiras brasileira a serem vacinada no país: a enfermeira Mônica Calazans, da UTI do Instituto de Infectologia Emílio Ribas;  representando tanto os profissionais de saúde quanto a população indígena, a técnica de enfermagem e assistente social, Vanuzia Santos, do povo Kaimbé, foi a primeira indígena a ser vacinada no Brasil.

A partir de amanhã, grades de vacinas e insumos também serão enviadas a polos regionais para redistribuição às Prefeituras, com recomendação de prioridade a profissionais de saúde que atuam no combate à pandemia. Os municípios também deverão imunizar a idosos com mais de 60 anos e pessoas com deficiência vivendo em instituições de longa permanência e indígenas aldeados com apoio de equipes da atenção primária do SUS, segundo as estratégias adequadas ao cenário local.

“Até a próxima sexta-feira (22) teremos finalizado as entregas nos municípios e nos 25 centros de distribuição regionais para abastecer as 645 cidades do estado. Há cerca de três meses temos nos dedicado a organizar esta campanha, que agora começa com a priorização dos nossos heróis da saúde”, diz o Secretário de Estado da Saúde, Jean Gorinchteyn.

Por Gov. do Estado de SP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas