Serrana atinge 97,9% de vacinação sem reação adversa grave à vacina

Moradores com mais de 18 anos participaram do estudo
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A cidade de Serrana, no interior paulista, concluiu a vacinação em massa da população adulta do município contra o novo coronavírus. Segundo dados divulgados pelo Instituto Butantan, 27,1 mil pessoas receberam as duas doses de CoronaVac, o imunizante feito em parceria com o laboratório chinês Sinovac.

A vacinação atingiu 97,9% do público-alvo, que era toda a população com mais de 18 anos do município. Vivem na cidade aproximadamente 45 mil pessoas.

De acordo com o diretor médico de pesquisa clínica do Instituto Butantan, Ricardo Palacios, os resultados da vacinação poderão ser vistos em maio, quando as pessoas imunizadas deverão ter desenvolvido anticorpos a partir da ação da vacina. “O que a gente tem que pedir é um pouco de calma, de paciência”, afirmou, acrescentando que é preciso esperar até que seja possível medir a eficácia da vacina na população.

Segundo Palacios, durante a aplicação das 54,8 mil doses no município foram verificados 46 eventos adversos graves. Nenhum dos casos estava ligado com a vacinação.

Chamada de Projeto S, a vacinação em massa em Serrana pretende determinar se a imunização pode efetivamente diminuir a transmissão do vírus. Há a possibilidade de que o imunizante apenas evite os casos mais graves, mas que o vírus continue circulando e causando novas infecções.

A participação dos cidadãos no estudo aconteceu de forma voluntária.

Por Daniel Mello, da Agência Brasil

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas