Variante do coronavírus do Amazonas chegou a São Paulo

Pacientes têm histórico de viagem ou residência em Manaus
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria de Saúde do Estado e São Paulo confirmou hoje (26) que a variante do coronavírus encontrada no Amazonas foi identificada em três pacientes atendidos em São Paulo. Segundo a secretaria, os três têm histórico de viagem ou residência em Manaus.

A confirmação foi feita por meio de sequenciamento genético realizado no Laboratório Estratégico do Instituto Adolfo Lutz, que é referência nacional. O vírus foi sequenciado a partir de amostras com resultados positivos dos exames processados pelo Centro de Virologia. A variante do vírus é resultado de uma mutação no coronavírus original.

“Essas mutações poderiam estar associadas a um maior potencial de transmissão, apesar de ainda não haver comprovação científica de que esta variante seja mais virulenta ou transmissível em comparação a outras previamente identificadas”, destacou, em nota, a Secretaria de Saúde.

Reinfecção

O Ministério da Saúde confirmou, no último dia 15, que a nova variante amazônica do coronavírus causou a reinfecção de uma pessoa. A paciente é uma mulher de 29 anos, infectada inicialmente em março do ano passado.

O segundo diagnóstico ocorreu no fim de dezembro. O resultado do segundo exame revelou uma mutação do vírus, que teria origem no estado do Amazonas.

Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil 

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas