Variante indiana: Paciente que desembarcou em São Paulo é monitorado

Paciente trabalhava na Índia e mora no Rio de Janeiro
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A Secretaria de Saúde de Campos dos Goytacazes, cidade do Rio de Janeiro, está monitorando um homem suspeito de estar contaminado com a variante indiana da Covid-19. No momento ele está isolado. 

O homem trabalhava na Índia e desembarcou no Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, no sábado (22), onde fez o teste. Quando o resultado positivo saiu, ele já tinha embarcado em outro avião para o Rio de Janeiro. 

No Maranhão há seis casos confirmados, os tripulantes vieram em um navio da Malásia. Cerca de 100 pessoas que tiveram contato com eles estão sendo testadas, 40 testaram negativos, os resultados das demais ainda não foram divulgados.

A Prefeitura de São Paulo está tomando medidas para conter a disseminação do vírus. No Terminal do Tietê, chegam dois ônibus por semana vindos do Maranhão e os sintomáticos serão encaminhados para uma unidade de emergência para a testagem por RT PCR. Quem testar positivo será isolado e monitorado por 10 dias. 

Por Tv Cultura

*O texto original, publicado pela TV Cultura, e replicado aqui errou ao afirmar que a variante era indígena. A informação foi corrigida

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas