OMS pede mais produção de máscaras cirúrgicas

OMS estima que 89 milhões de máscaras serão necessárias por mês.
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
(Kim Sun Joo/Fotos Públicas)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) solicita um aumento de 40% na produção de máscaras cirúrgicas e de outros equipamentos de proteção de funcionários do setor de saúde.

A OMS estima que 89 milhões de máscaras cirúrgicas serão necessárias mensalmente para médicos, enfermeiros e outros trabalhadores da linha de frente já que o surto de coronavírus tem aumentado tal demanda mundialmente.

No entanto, o órgão afirma que faltas de estoque causadas por histeria e compras e estocagens em massa deixaram os trabalhadores da área de saúde mal preparados para cuidar de pacientes.



Na terça-feira, a OMS pediu a empresas e governos que aumentassem a produção de itens de proteção. Segundo ela, o preço de máscaras cirúrgicas aumentou em seis vezes desde o início do surto.

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde, Tedros Adhanom Ghebreyesus, declarou que sem cadeias de suprimento seguras, o risco enfrentado por trabalhadores da área de saúde em todo o mundo é real. Também afirmou que não é possível frear o Covid-19 sem que se proteja antes os trabalhadores da área médica.

Por RTP – Emissora pública de Portugal

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas