Bombeiros controlam incêndio em igreja

(Facebook/Reprodução)

Um incêndio no fim da tarde desta sexta-feira (2) atingiu a igreja Nossa Senhora Aparecida, em Mauá, na grande São Paulo. O Corpo de Bombeiros enviou ao local duas equipes, que controlaram as chamas rapidamente.

A igreja fica na rua Egnes Rimaza Gianone, 340, no Zaíra, perto do terminal de ônibus. Relatos feitos nas redes sociais indicam que o fogo atingiu a região da cozinha da igreja.

Ainda segundo os bombeiros ninguém ficou ferido. O local vai passar por perícia.

https://www.facebook.com/weslenbianco.iv.7/videos/133697651197328/?q=fogo%20igreja%20mauá&epa=FILTERS&filters=eyJycF9jcmVhdGlvbl90aW1lIjoie1wibmFtZVwiOlwiY3JlYXRpb25fdGltZVwiLFwiYXJnc1wiOlwie1xcXCJzdGFydF9tb250aFxcXCI6XFxcIjIwMTktMDhcXFwiLFxcXCJlbmRfbW9udGhcXFwiOlxcXCIyMDE5LTA4XFxcIn1cIn0ifQ%3D%3D
https://spagora.com.br/chegada-do-frio-obriga-acao-de-ajuda-a-moradores-de-rua/

Com investimento de R$ 1,2 milhão, acesso a Ribeirão Pires é reinaugurado

(Governo do Estado de SP/Reprodução)

O acesso rodoviário à Ribeirão Pires, na Grande São Paulo, está de cara nova. A inauguração ocorreu ontem (13) e contou com a presença de autoridades.

Além disso, foi dado início às obras para recuperação da pista e revitalização da sinalização da Rodovia Índio Tibiriçá (SP-031), uma das principais ligações entre as cidades do Alto Tietê ao ABC Paulista na Região Metropolitana de São Paulo.

“As obras de revitalização do acesso rodoviário complementam também todo o contexto de um parque entregue para a população, quase na sua totalidade. As obras representaram 700 empregos diretos e indiretos e um benefício a 70 mil moradores de Ribeirão Pires”, declarou o governador João Doria.

As obras no acesso rodoviário ao município de Ribeirão Pires tiveram investimento de R$ 1,2 milhão, sendo R$ 1.098.617,39 com recursos do Fundo Metropolitano de Financiamento e Investimento (FUMEFI), vinculado à Secretaria de Desenvolvimento Regional, e o restante de responsabilidade do município.

(Governo do Estado de SP/Reprodução)

O empreendimento incluiu a revitalização de 1,4 km do canteiro central da Avenida Kaethe Richers, do entroncamento com a SP-031 (Rodovia Índio Tibiriçá) até o cruzamento com a Rua Domingos de Oliveira.

Foram pavimentados 5,3 mil m² em lajota de concreto e construídos 523 m² de piso em ladrilho hidráulico, além de recapeamento de alguns trechos, reconstrução de calçadas e instalação de equipamentos de ginástica.

O recapeamento da via garantirá condições de segurança, com melhoria de mobilidade para o centro do município e outros destinos da Região Metropolitana de São Paulo.

Recuperação

(Governo do Estado de SP/Reprodução)

As obras na Rodovia Índio Tibiriçá (SP 031), com investimento de R$ 19,08 milhões do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), trarão maior conforto e mais segurança aos 19 mil motoristas que passam pela rodovia diariamente.

Os serviços de recuperação da pista e revitalização da sinalização pela Rodovia Índio Tibiriçá (SP-031) serão realizados do Km 33,1 ao Km 70,30, beneficiando os municípios de São Bernardo do Campo, Santo André, Ribeirão Pires e Suzano. O prazo previsto de execução dos trabalhos é de 12 meses, a contar da assinatura de contrato, que aconteceu em junho de 2020.

A empresa Compec Galasso, vencedora do processo licitatório, já iniciou a mobilização pela rodovia com atividades de montagem do canteiro de obras e medições. Nas próximas semanas, os usuários já presenciarão maquinário pesado e trabalhadores pela rodovia. Durante as obras, haverá sinalização específica, conforme regulamenta o Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

*Com informações do Governo do Estado de SP

FGTS pode ser sacado por quem foi atingido por enchente

Por Flávia Albuquerque

Bombeiros resgatam crianças e idosos durante enchente no ABC no começo do ano
(Globo News/Reprodução)

Os trabalhadores residentes em São Paulo, São Bernardo do Campo, Santo André, Mauá, Diadema e Ribeirão Pires, cidades atingidas por temporais em março deste ano, têm até amanhã (12) para solicitar o saque do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Para quem reside em São Caetano do Sul e Rio Grande da Serra, o prazo é até quinta-feira (13) para solicitar o benefício. 

De acordo com os decretos municipais, podem sacar o dinheiro do fundo trabalhadores residentes nas áreas atingidas pelas chuvas que tiveram a casa efetivamente afetada. O saque é  limitado a R$ 6.220 por conta vinculada do FGTS. É preciso ter saldo em conta para sacar o dinheiro. Além disso, o trabalhador nãco pode ter feito saques por situação de emergência ou estado de calamidade pública em período inferior a um ano.

Para solicitar a liberação do FGTS, é preciso ir até uma agência da Caixa e apresentar os originais e cópias da carteira de identidade (também são aceitos carteira de habilitação, passaporte e novo modelo da carteira do trabalho); CPF; carteira de trabalho e previdência social (páginas de identificação, contratos de trabalho e anotações gerais); comprovante de residência em nome do trabalhador, cônjuge (conta de luz, água ou outro documento recebido pelo correio), emitidos nos últimos 120 dias anteriores à decretação de emergência ou calamidade; certidão de casamento ou escritura pública de união estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro; cartão do cidadão (opcional); cartão ou o número da conta na Caixa, para o trabalhador que deseje optar pelo crédito em conta.

Se o titular da conta vinculada não puder comprovar o endereço, pode usar a comprovação por declaração emitida pelo município. Essa declaração deve ser escrita em papel timbrado, datada e assinada pela autoridade competente, que ateste que o trabalhador mora na área atingida pelos temporais. 

A declaração deve apresentar o nome completo do trabalhador, data de nascimento, endereço completo e número da inscrição do PIS/Pasep, número e data da portaria de reconhecimento do Ministério do Desenvolvimento Regional, bem como o cadastro de origem do endereço declarado ou a data da visita à residência do trabalhador para comprovação de residência.

Chuva mata duas pessoas e alaga regiões da Grande SP

Por Aécio Amado

Bombeiros usaram botes para resgatar vítimas durante a madrugada (Reprodução)

O temporal que atingiu a grande São Paulo na noite desse domingo (10) e madrugada de hoje (11) deixou diversas regiões alagadas, bloqueando ruas e avenidas, desabamentos de casas e deslizamentos de terra. No desabamento de uma residência em Ribeirão Pires, no ABC, duas pessoas morreram, segundo informação do Corpo de Bombeiros de São Paulo, publicada em sua página no Twitter.

A corporação informa também sobre o deslizamento de terra que atingiu uma casa na Rua dos Cravos, em São Rafael, na zona leste da capital, soterrando três pessoas. Uma mulher e duas crianças foram retiradas dos escombros, uma das crianças em estado grave. Todos foram levados para o Posto de Saúde de Sapopemba.

Água invadiu este mercado no ABC (Reprodução)

A enxurrada alagou várias vias no bairro de Sacomã, na região sudeste da cidade. De acordo com relatos nas redes sociais, carros foram arrastados pela correnteza e alguns motoristas tiveram que ficar aguardando ajuda nos tetos dos veículos.

Na Rua Caqui, em Embu Mirim, uma casa também desabou. Quatro pessoas foram retiradas dos escombros sem ferimentos. A Via Anchieta está interditada perto da Universidade Bandeirante (Uniban). Os bombeiros relatam que a Rua Cipriano Barata, no Ipiranga, ficou alagada e um carro foi levado pela correnteza.

Os dados atualizados do Corpo de Bombeiros registram uma total de 34 ocorrências de queda de árvores, 54 desmoronamentos e desabamentos e 601 atendimentos para alagamentos. A Companhia Paulista de Trens Metropolitanos informou que a circulação de trens na Linha 10 (Turquesa) está interrompida e ainda sem previsão de normalização.

O Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura de São Paulo informou que o maior volume de chuva, das 19h de ontem às 7h de hoje, foi registrado em Jabaquara, 109,5 milímetros, e na Vila Prudente, 103,3mm.

(Reprodução)

Ford anuncia fechamento da fábrica de São Bernardo do Campo

Por Bruno Bocchini

(Arquivo/Sam VarnHagen/Ford Motor Co./Reprodução)

A Ford anunciou hoje (19) que encerrará as atividades na fábrica de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. A empresa também confirmou que deixará o mercado de caminhões na América do Sul. No Brasil, deixará de comercializar as linhas Cargo, F-4000, F-350 e Fiesta assim que terminarem os estoques.

“A manutenção do negócio teria exigido um volume expressivo de investimentos para atender às necessidades do mercado e aos crescentes custos com itens regulatórios sem, no entanto, apresentar um caminho viável para um negócio lucrativo e sustentável”, disse a empresa em nota.

A Ford tem três fábricas no Brasil, em Camaçari (BA), São Bernardo do Campo (SP) e Taubaté (SP), e um campo de provas em Tatuí (SP). Em São Bernardo do Campo há 2.800 empregados, segundo o sindicato da categoria. “Sabemos que essa decisão terá um impacto significativo sobre os nossos funcionários de São Bernardo do Campo e, por isso, trabalharemos com todos os nossos parceiros nos próximos passos”, disse, em nota, Lyle Watters, presidente da Ford América do Sul.

“Atuando em conjunto com concessionários e fornecedores, a Ford manterá o apoio integral aos consumidores no que se refere a garantias, peças e assistência técnica”, acrescentou Watters.

O presidente do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, Wagner Santana, disse que os trabalhadores receberam o anúncio do fechamento da fábrica com indignação e revolta. “Não aceitamos esse anúncio e vamos fazer a luta necessária para reverter essa decisão”, disse em vídeo divulgado pelo sindicato.

De acordo com a Ford, a planta de São Bernardo será desativada no decorrer de 2019.

*Matéria atualizada às 19h47

Mr. Pottier inaugura primeira franquia na grande São Paulo

Apple donut é um disco de maçã verde coberto com chocolate ao leite, uma generosa camada de doce de leite exclusivo, fios de chocolate e quatro opções de toppings (Divulgação)

A Mr. Pottier, rede de franquias de fondue de chocolate e do exclusivo Apple donut, inaugura sua primeira franquia no shopping ABC, em Santo André, região metropolitana de São Paulo. Os clientes podem conferir as delícias que a marca oferece a partir de hoje.

A primeira unidade será comandada por Cibele Barbosa. A administradora de empresa escolheu a Mr. Pottier pela identificação com o produto comercializado pela rede.

“Desde criança sempre fui apaixonada por frutas com leite condensado e chocolate. A Mr. Pottier foi a escolha certa porque traz a combinação perfeita das frutas com o chocolate, além de produtos inovadores como o Apple donut e o doce de leite”, explica Cibele.

A rede, que entrou recentemente para o mercado de franchising, possui dois formatos de negócio: quiosque e carretino. Com três unidades próprias e uma franquia, a marca vende o tradicional fondue de chocolate, além de apostar na novidade exclusiva que é o Apple donut.

Fondue de chocolate (Divulgação)

De acordo com a Associação Brasileira do Franchising (ABF), o segmento de alimentação cresceu 9,7% no segundo trimestre de 2018 em comparação com 2017. No mesmo período, o setor do franchising teve um aumento no faturamento de 8,4%, passando de R$ 37,5 bilhões para mais de R$ 40 bilhões.

Aos os interessados em adquirir a franquia, que tem como expectativa abrir dez novas unidades até o final de 2018, devem investir a partir de R$150 mil.

Assaltante é baleado por PM em saidinha de banco no ABC Paulista

Crime aconteceu no Centro de São Bernardo do Campo. Casal foi abordado por criminoso, que recebeu apoio de comparsa em moto. Na fuga, policial à paisana reagiu e baleou o bandido.

Uma câmera de segurança registrou o momento em que um assaltante rende um casal que havia acabado de sair de uma agência bancária, no Centro de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista, na tarde desta quinta-feira (2). Ele é baleado duas vezes quando sobe na motocicleta do comparsa e cai no chão. O criminoso é socorrido e levado para um hospital da cidade. O outro conseguiu fugir.

No vídeo é possível ver que a vítima chega de carro a um estacionamento. Ele desce do veículo e, neste momento, é abordado pelo assaltante, que aponta um revólver para o homem. Em seguida, o assaltante entra no carro e pega uma bolsa.

Enquanto isso, o comparsa dele chega em uma motocicleta. Ele sobe na garupa, mas é baleado duas vezes no peito e no pescoço por um policial à paisana, que aparece nas imagens em seguida. O comparsa acelera a motocicleta e foge. A vítima fica desesperada e abre os braços.

Segundo a Polícia Militar, o assaltante foi levado para o Pronto-Socorro Central. O caso foi registrado no 1º Distrito Policial.

A Polícia Civil procura o comparsa que aparece de motocicleta e foge após a reção do policial à paisana.

Cinco pessoas são presas por cavar túnel para roubar combustível de duto da Petrobrás no ABC

Túnel em casa de São Bernardo do Campo seria usado para roubar combustível de duto da Petrobrás (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Cinco pessoas foram presas nesta sexta-feira (06) suspeitas de cavarem um túnel para roubar combustível de um duto da Petrobrás em São Bernardo do Campo, no ABC Paaulista. Segundo a Policia Civil, o grupo foi preso em flagrante em uma casa onde o túnel estava sendo cavado.

De acordo com Aloízio Pires de Araújo, delegado titular do 1° DP de São Bernardo, o túnel estava com cerca de nove metros de profundidade no momento da prisão, já próximo ao duto. Ele informou que foram encontrados mais de 200 sacos de terra no local, além de ferramentas e um aparelho que seria conectado para fazer a drenagem.

Na noite desta quarta-feira (4), outros dois homens foram presos, também no ABC, suspeitos de cavar outro túnel para roubar combustíveis de duto da Petrobrás. O túnel tinha seis metros de extensão e dois metros de profundidade. Eles foram soltos por volta das 9h40 desta quinta, por falta de flagrante.

Segundo a Transpetro, este tipo de roubo está em crescendo. Em 2015, foram registrados dois casos. Em 2016, subiu para 32 e, em 2017, foram 108 casos.