Operação fecha bar e bingo com pessoas aglomeradas

A força-tarefa formada por agentes do GARRA e fiscais do Procon e da Vigilância Sanitária realizaram mais dois flagrantes de aglomeração e violação às regras da fase emergencial ma Zona Leste de São Paulo. O primeiro deles ocorreu na Rua Tuiuti, na região do Tatuapé, onde foi encontrado um bingo clandestino, com 127 máquinas caça-níqueis em funcionamento.

Os policiais encontraram o estabelecimento fechado e precisaram arrombar a porta. Quando entraram, as equipes surpreenderam dezenas de pessoas jogando nas máquinas de vídeobingo, sendo 51 mulheres e 43 homens, muitos com máscara de proteção, mas aglomerados, sem respeito às normas de distanciamento.

Por orientação dos fiscais, os frequentadores, entre eles idosos, foram retirados do local e conduzidos para o estacionamento da casa de jogos, onde foram identificados e, depois, liberados. Entres nos jogadores, havia dois que eram procurados pela Justiça, um deles por não pagamento de pensão alimentícia, e foram detidos.

A casa de jogos foi interditada pelos fiscais e multada. O gerente do bingo e dois funcionários foram encaminhados ao Distrito Policial da Vila Carrão,  e autuados por infração de medida sanitária preventiva.

Casa Noturna

(Reprodução)

Já durante a madrugada de hoje (1), outra casa noturna que estava em funcionamento, violando decreto que proíbe a abertura nesta fase do Plano São Paulo, foi fechada. Trata-se de mais um lounge bar, o terceiro interditado somente nesta semana.

A casa funcionava na Aldeia de Santo Inácio esquina com a Avenida Baronesa de Muritiba, no Parque São Rafael. No local, os policiais e fiscais encontraram 67 pessoas no total, sendo 64 clientes, o responsável pela casa e dois funcionários.

Além de aglomerados, várias delas estavam sem máscara de proteção. Para evitar novas aglomerações, os frequentadores do bar foram liberados depois de qualificados. O delegado Osvaldo Nico Gonçalves, titular do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (DOPE), da Polícia Civil, lamentou as aglomerações e alertou que as operações irão continuar.

O responsável pelo Lounge Bar e funcionários foram conduzidos ao Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania, no Centro da Capital, e autuados por infração de medida sanitária preventiva. A casa também foi multada e interditada. Dezesseis pessoas estavam sem a máscara de proteção, o que gera multa de 5 mil e 200 reais por cada uma delas para o estabelecimento.

Por Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Fase vermelha: São Paulo tem aglomeração em transporte público

Aglomeração foi registrada no Terminal Varginha na região do Grajaú(Foto: Agamenon Gomes/SP AGORA)

Os passageiros que usam o transporte público diariamente na cidade de São Paulo continuam sendo obrigados a se aglomerar dentro dos ônibus e vagões da CPTM e Metrô, mesmo num momento em que os números de covid-19 estão levando autoridades a adotar medidas que restringem a circulação de pessoas em várias cidades do estado. 

Na manhã desta quarta-feira (10), a nossa equipe flagrou ônibus extremamente lotados no Terminal Varginha, na região do Grajaú. Usuários também reclamam da falta de limpeza, já a secretaria dos Transportes afirma que faz higienização em todos os ônibus.

Passageiros não conseguem cumprir distanciamento social(Imagens de Agamenon Gomes/SP AGORA)