Morre neto de Luciano do Vale, baleado em assalto

Lucas do Valle tinha 29 anos (Reprodução)

O gerente comercial Lucas do Valle, neto do narrador esportivo Luciano do Valle, morreu na noite da última sexta-feira (17), aos 29 anos de idade. Dois dias atrás, ele tomou um tiro na cabeça durante um assalto na zona sul de São Paulo.

A notícia foi divulgada pela mãe do rapaz, Alessandra do Valle. Nas redes sociais, ela escreveu que Lucas “viveu intensamente cada segundo da sua vida” e que “seu legado será de frutos lindos”.

Em nota, o Hospital São Paulo havia divulgado, na última atualização do caso, que ele apresentava um “quadro neurológico gravíssimo” ao dar entrada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

“Vamos aplaudir nosso menino de ouro”, completou Alessandra no Instagram. As testemunhas disseram que Lucas chegava para trabalhar quando foi abordado por dois homens em uma moto. Após atirar, um deles fugiu na própria moto e o outro pegou o carro do gerente comercial.

Seu avô, Luciano do Valle, foi um dos maiores narradores esportivos da história da televisão brasileira. Ele faleceu em 2014, aos 66 anos de idade.

Por TV Cultura

Justiça solta suspeito de financiar mega assalto em Araçatuba

(Reprodução)

Um homem preso por suspeita de financiar assaltos a agências bancárias de Araçatuba (SP) foi solto após passar por audiência de custódia. O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP) informou que as prisões em flagrante dos indiciados foram relaxadas. 

“Eles foram presos em Sorocaba pelo crime de associação criminosa, previsto no artigo 3º da Lei n.º 12.850/13. No entanto, o juízo do plantão de Sorocaba entendeu que não havia indício que os vinculasse ao caso de Araçatuba, porque não houve apreensão de nenhum instrumento ou produto de crime relacionado ao caso em poder dos autuados (dinheiro, armas, explosivos etc.), com exceção de uma denúncia anônima. Por essa a razão, foi determinado o relaxamento das prisões em flagrante”, informou o tribunal, em nota. 

O suspeito Paulo César Gabrir, de 33 anos, a esposa dele, Michele Maria da Silva, de 40 anos, e o jovem Emerson Henrique Dias, 25 anos, foram presos em Sorocaba (SP). A mulher e o jovem também foram soltos. 

O crime

Três agências bancárias foram atacadas por criminosos fortemente armados na região central de Araçatuba (SP), na madrugada do dia 30 de agosto. Duas agências bancárias tiveram seus caixas danificados por ação de explosivos e outras agências foram foram atingidas por disparos de arma de fogo. Três pessoas morreram e três ficaram feridas. Até o momento, quatro suspeitos continuam presos.

Por Ludmila Ferreira – repórter da Agência Brasil 

Mãe e filho ficam cinco horas reféns de bandidos

Avenida Zaki Narchi, onde mãe e filho foram encontrados (GoogleStreetView/Reprodução)

Bandidos fizeram mãe e o filho, de 13 anos, reféns por cinco horas na Vila Guilherme, zona norte de São Paulo. O crime só terminou com a chegada da Polícia Militar.

As vítimas foram rendidas no início da noite de ontem, quando saíam de casa. Dois assaltantes surgiram, um deles armado, e anunciaram o roubo, invadindo o veículo dos moradores.

Após recolher celulares e os cartões de crédito e bancário da motorista, 40 anos, eles a colocaram, assim como o adolescente, no banco de trás e passaram a circular pela região. Enquanto isso, após vários telefonemas sem resposta, o namorado da mulher decidiu pedir ajuda em uma base da Polícia Militar.

Enquanto um criminoso permaneceu com mãe e filho, o comparsa saiu para fazer compras e saques nas contas da vítima. Quando ele  retornou, os assaltantes seguiram para as imediações da Avenida Zaki Narchi, no Carandiru. 

Por volta de 23h, Pms viram o veículo estacionado, com quatro pessoas dentro, e decidiram fazer a abordagem. Mas, percebendo a aproximação da viatura, os ladrões desceram do carro e correram para o outro lado da avenida, onde sumiram pelas vielas ao lado da Avenida Zachi Narchi e ainda não foram identificados.

Mãe e filho foram encontrados dentro do carro, com os rostos cobertos pela máscara de proteção. Nenhum dos dois estava ferido, mas a mulher sofreu uma crise nervosa e precisou ser levada a um pronto-socorro.

*Com Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Policial é baleado durante assalto em ciclovia

Um policial civil foi baleado por assaltantes em uma ciclovia, na Vila Andrade, Zona Sul de São Paulo. Atingido no tórax, o investigador do Distrito Policial do Sacomã foi socorrido e está fora de perigo.

O crime aconteceu na noite de ontem (30), na Ponte Laguna, junto à pista sentido Interlagos da Marginal do Pinheiros, a poucos metros do Parque Burle Marx. Segundo a Polícia Militar, o policial estava correndo na ciclovia da ponte quando foi abordado por dois bandidos, um deles armado. 

Os ladrões, que também trajavam roupas esportivas, anunciaram o assalto. O investigador, que estava armado, reagiu, mas acabou baleado.

Os assaltantes fugiram, aparentemente ilesos e sem levar nada. O investigador foi socorrido pelos Bombeiros e encaminhado ao Hospital Municipal do Campo Limpo, onde continua internado.

O delegado Antônio Sucupira Neto esteve no hospital e disse que a bala transfixou o tórax, mas não atingiu nenhum órgão vital. Policiais militares chegaram a fazer buscas, à procura dos bandidos, mas eles conseguiram escapar.

*Com Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Desembargador é assaltado ao chegar a casa de amigos

Um desembargador do Tribunal de Justiça foi vítima de criminosos no bairro da Saúde, na Zona Sul de São Paulo. O magistrado foi atacado no início da noite deste domingo (21) quando chegava na casa de amigos, e teve o carro, um modelo de luxo (Audi A3), levado.

Ele chegou ao local e foi recebido por cinco amigos. Quando já se preparavam para entrar na residência, eles foram surpreendidos por dois bandidos, que chegaram em um outro veículo.

Armados, os ladrões anunciaram o assalto e recolheram celulares, carteiras e outros pertences das vítimas. O magistrado entregou também as chaves do automóvel. 

Um dos assaltantes assumiu a direção do Audi A3 e fugiu. Ninguém se feriu na ação. Polícia militares e  também agentes do Grupo Especial de Resgate (GER), da Polícia Civil, foram acionados e chegaram a fazer buscas pela região, mas os criminosos e o veículo do desembargador não foram encontrados. 

Imagens registradas por uma câmera de segurança instalada em um imóvel mostram que o carro da dupla, um modelo J3 vermelho, já circulava pelas ruas do bairro momentos antes do assalto.

O magistrado, que não teve a identidade divulgada, seguiu com os amigos até o (16º) Distrito Policial da Vila Clementino,  onde o assalto foi registrado.

*Com Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Dono de pizzaria reage e mata dois suspeitos de roubo

Um dos suspeitos chegou a ser socorrido, mas morreu no hospital (Reprodução)

Um comerciante reagiu a um assalto e matou dois suspeitos na região de Pirituba, Zona Oeste de São Paulo. A ação dos bandidos ocorreu no início da madrugada de hoje (20), em uma pizzaria, na Avenida Mutinga, no Jardim Líbano.

De acordo com a Polícia Militar, os ladrões chegaram a pé, entraram na pizzaria com armas em punho, renderam funcionários e clientes e anunciaram o assalto. O comerciante, que é atirador esportivo, resolveu reagir, sacando uma pistola que carregava consigo. 

Pizzaria onde clientes e funcionários foram rendidos (Nivaldo Lima/SP Agora)

Os assaltantes se assustaram e correram, mas foram perseguidos pelo comerciante, que passou a atirar. Os dois criminosos acabaram sendo baleados. Um deles, mesmo ferido, ainda correu cerca de 300 metros, mas perdeu as forças e caiu, já sem vida.O outro, um adolescente, de 16 anos, ficou caído chão, próximo à pizzaria.

Ele ainda foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Geral de Taipas, mas não resistiu e também morreu. O atirador esportivo, acompanhado de um advogado, foi conduzido pelos PMs ao (33º) Distrito Policial de Pirituba,  onde o caso seria registrado. De acordo com a Polícia Militar, minutos antes a dupla já tinha realizado um assalto a uma outra pizzaria na região.

As armas usadas por eles na tentativa de assalto, uma pistola e um revólver, eram, na verdade, simulacros.

Por Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan

Deic prende assaltante de bancos, aviões pagadores e carro-forte

O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) da Polícia Civil de São Paulo prendeu hoje (13), em Limeira (SP), um homem de 45 anos suspeito de liderar assaltos de empresas de transportes de valores, agências bancárias e aviões pagadores. 

As investigações da polícia apontam que o suspeito participou dos roubos de malotes em aviões pagadores nos aeroportos de Blumenau (SC), e Viracopos, em Campinas (SP), ocorridos em 2019. Ele também esteve envolvido nos assaltos de três carros-fortes na rodovia dos Tamoios, em Paraibuna, no Vale do Paraíba, em São Paulo.

Em 2016, segundo a polícia, o suspeito participou do ataque a uma transportadora de valores em Santo André, no Grande ABC, e na cidade de Santos (SP). No mesmo ano, ele liderou a invasão a uma base de transporte de valores no Paraguai, considerado o maior roubo ocorrido até então no país.

De acordo com o Deic, o suspeito é um dos precursores da modalidade criminosa conhecida como novo cangaço, em que os criminosos organizam invasões em bando de cidades para assaltar agências bancárias e casas lotéricas. 

O suspeito estava foragido desde 2014, quando foi resgatado por integrantes da sua quadrilha do Centro de Detenção Provisória de Franco da Rocha, na Grande São Paulo. 

Por Bruno Bocchini – Repórter da Agência Brasil 

Após Criciúma, cidade do Pará vive noite de terror com assalto

Moradores reféns na praça de Cametá, no Pará (Redes Sociais)

Em uma ação bastante parecida com a ocorrida na madrugada do dia 1º em Criciúma, em Santa Catarina, pelo menos 20 criminosos fortemente armados assaltaram uma agência do Banco do Brasil no município paraense de Cametá, na madrugada de hoje (2).

A exemplo do ocorrido em Criciúma, os criminosos fizeram transeuntes reféns, com o objetivo de usá-los como escudo humano durante o enfrentamento com a polícia.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do Pará (Segup), os bandidos estavam com armas de grosso calibre, entre elas, fuzis. A ação durou mais de uma hora. 

Informações preliminares apontam que uma pessoa morreu após ter sido usada como refém e alvejada pelos criminosos. Um morador também teria sido atingido na perna. De acordo com a Segup, essa pessoa está internada no hospital da cidade, mas sem gravidade.

Por meio de nota, a secretaria informou hoje (2) que a normalidade já foi restabelecida em Cametá, após a chegada de efetivos policiais de outras cidades.

Uma caminhonete que, segundo as autoridades locais, teria sido utilizada pelos bandidos durante a ação foi encontrada pelas equipes policiais com “diversos explosivos” no km 15 de uma estrada que faz conexão com o município vizinho de Tucuruí.

Por Pedro Peduzzi – Repórter da Agência Brasil 

Após perseguição, PM prende suspeito de assaltar farmácia

(Reprodução)

Policiais militares prenderam um suspeito de ter assaltado uma farmácia na região do Jardim João XXIII, na Zona Oeste de São Paulo. Câmeras de segurança gravaram quando dois criminosos invadiram o estabelecimento, renderam um cliente e dois funcionários e anunciaram o roubo.

Os reféns foram obrigados a se deitar no chão, atrás do balcão, enquanto a dupla recolhia o dinheiro que havia no caixa e alguns produtos. Na hora de fugir, eles levaram o carro do cliente.

Policiais militares faziam o patrulhamento na região quando cruzaram com o veículo ocupado pelos assaltantes trafegando em alta velocidade no sentido contrário e decidiram fazer a abordagem. Mas o motorista acelerou, dando início a uma perseguição que percorreu várias ruas da região e terminou em uma rua (Paolo Agostini) próxima ao quilômetro 19 da Rodovia Raposo Tavares, no Jardim Arpoador.

Depois de perder o controle da direção, o bandido bateu o carro, e os dois desceram correndo em direção a um matagal. Com apoio de outras equipes e helicóptero Águia, um dos suspeitos acabou sendo localizado e preso.O outro não foi encontrado. 

O detido, maior de idade e com passagem por porte ilegal de arma, foi encaminhado ao Distrito Policial do Portal do Morumbi e autuado em flagrante.

*Com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan