Red Bull Bragantino marca três gols, mas perde para o Atlético-MG

Artur cobra escanteio durante partida contra o Atlético mineiro.

O Red Bull Bragantino fez jogo duro, mas perdeu para o Atlético Mineiro por 4 a 3 na tarde deste domingo (5), no estádio do Mineirão, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro. No entanto, se manteve no G6.

O time paulista é o sexto colocado, com 53 pontos, podendo ainda confirmar a vaga na Libertadores ao final da rodada. O Atlético-MG, por outro lado, chegou aos 84, com o título confirmado.

O jogo começou de forma eletrizante. Logo aos 19 minutos, Keno avançou com liberdade, passou por Fabrício Bruno e mandou um chute rasteiro para o fundo das redes. O Red Bull Bragantino tentou responder, mas a bola de Luan Cândido ficou no travessão.

Artur cobra escanteio durante partida contra o Atlético mineiro.
(Ari Ferreira/Red Bull Bragantino)

Aos 38 minutos, o time paulista conseguiu o empate. Artur recebeu de Cuello, cortou Tchê Tchê e chutou. No rebote do goleiro Everton, Ytalo marcou. O Red Bull Bragantino saiu para a pressão, mas o Atlético levou o empate para o intervalo.

No segundo tempo, no minuto inicial, Artur aproveitou a cobrança de escanteio para acertar um lindo chute de primeira: 1 a 0. Mas não deu tempo de comemorar. Keno disparou pela esquerda e deu assistência para Zaracho deixar tudo igual.

O Red Bull Bragantino perdeu o fôlego e viu o campeão do Brasileirão dominar. Zaracho cruzou na medida para Savarino, que, de cabeça, fez 3 a 2. A ainda deu tempo de Hulk deixar o dele e fazer 4 a 2.

Mas, antes do apito final, Artur diminuiu. Bruno Tubarão exigiu grande defesa de Everson. A bola sobrou para o ex-atacante do Palmeiras fazer 4 a 3, e dar números finais ao duelo.

Na próxima rodada, o Red Bull Bragantino enfrenta o Internacional na quinta-feira, às 21h30, no estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. No mesmo dia e horário, o Atlético visita o Grêmio, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Por FPF

Atlético-MG empata com Palmeiras e dá outro passo rumo ao título

Jogadores disputam bola durante partida entre Palmeiras e Atlético Mineiro

O Atlético-MG está um ponto mais perto do título do Campeonato Brasileiro, que não conquista desde 1971. Nesta quarta-feira (23), o Galo empatou em 2 a 2 com o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo, pela 35ª rodada da competição.

Líder disparado, o Alvinegro foi a 75 pontos, oito a frente do Flamengo, segundo colocado, que, mais cedo nesta quarta, também ficou no 2 a 2 com o Grêmio, em Porto Alegre. Se tivessem vencido, os mineiros poderiam assegurar a taça neste domingo (28), às 16h (horário de Brasília), contra o Fluminense, no Mineirão, em Belo Horizonte.

A conquista pode vir na terça-feira (30), se o Rubro-Negro tropeçar no Ceará, no Maracanã, no Rio de Janeiro, às 20h.

Jogadores disputam bola durante partida entre Palmeiras e Atlético Mineiro
(Pedro Souza/Atlético Mg)

O compromisso foi o último do Verdão antes da final da Libertadores neste sábado (27), às 17h, diante do Flamengo, no Centenário, em Montevidéu (Uruguai). O técnico Abel Ferreira mandou a campo um time formado por reservas, sequer relacionando os principais jogadores para o banco. Os paulistas têm 59 pontos e aparecem em terceiro. O próximo duelo pela competição nacional será na terça-feira, às 22h, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Mesmo sem força máxima, o Palmeiras começou o jogo mais ligado e dando trabalho ao goleiro Everson, que salvou o Atlético duas vezes. Primeiro aos dois minutos, em finalização do atacante Wesley, na beirada da área. Depois aos 11, em cabeçada do zagueiro Benjamín Kuscevic, após cruzamento pela direita do lateral Gabriel Menino. A pressão deu resultado aos 27. Wesley foi lançado na esquerda pelo atacante Gabriel Veron, escapou da marcação do lateral Guga na área e abriu o placar.

O gol acordou o Galo, que empatou aos 35 minutos. O lateral Guilherme Arana tabelou com o volante Jair pela esquerda, invadiu a área e arrematou em cima de Jailson. O meia Matías Zaracho aproveitou o rebote do goleiro e mandou para as redes de primeira, quase na pequena área.

O Verdão retornou melhor do intervalo. Aos sete minutos, a bola explodiu no braço do zagueiro Junior Alonso, na área. A penalidade foi marcada com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). O volante Patrick de Paula bateu, mas Everson defendeu. Na sequência, o goleiro saiu mal na cobrança de escanteio e o atacante Deyverson completou para o gol vazio, recolocando os anfitriões na frente.

Assim como no primeiro tempo, o Galo não demorou a buscar a igualdade. Aos 15 minutos, Hulk aproveitou a sobra de uma bola afastada pela zaga palmeirense e soltou uma bomba indefensável. O atacante, artilheiro do Brasileiro com 15 gols, quase virou aos 22, em cabeçada na trave, após cruzamento do meia Nacho Fernández.

Aos 34, quem ficou no quase foi o Palmeiras. O lateral Victor Luís apareceu às costas da marcação, depois do atacante Breno Lopes cruzar da direita, mas o chute, na área, foi porcima. As equipes seguiram intercalando oportunidades, mas o placar não se alterou mais.

Por Agência Brasil

Palmeiras recebe Atlético Mineiro hoje na reta final do Brasileiro

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida

O Palmeiras recebe na noite desta terça-feira (23) o Atlético-MG, líder isolado do Campeonato Brasileiro, em duelo decisivo para o Galo. O clube mineiro, após jejum de 50 anos, pode confirmar o título no próximo domingo (28) caso vença esta noite no Allianz Parque e o vice-líder Flamengo tropece diante do Grêmio, em jogo adiado da segunda rodada, também hoje (23).

O duelo Verdão x Galo, em São Paulo, válido pela 35ª rodada, será transmitido ao vivo na Rádio Nacional, com narração de  André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz, reportagem e plantão de notícias com Bruno Mendes.

A quatro dias da final da Copa LIbertadores contra o Flamengo, no Uruguai, o Palmeiras deve poupar vários titulares no embate desta noite, que marcará a despedida do time paulista diante da torcida alviverde.

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida
(Pedro Souza/Atlético MG/via Agência Brasil)

Terceiro colocado no Brasileiro,  com 58 pontos, o Verdão precisa voltar a vencer, depois de derrotas consecutivas nos últimos três jogos. A mais recente, fora de casa, para o Fortaleza, por 1 a 0. No primeiro embate das duas equipes no Brasileirão, o Verdão perdeu por 2 a 0 no Mineirão.

Abel Ferreira, técnico do Verdão, não estará à beira do campo esta noite, por suspensão pelo terceiro cartão amarelo Ele deve ser substituído pelo auxilar técnico João Martins. 

O Palmeiras deve entrar em campo com Jailson; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Kuscevic, Renan e Jorge; Danilo Barbosa, Patrick de Paula e Matheus Fernandes; Wesley, Gabriel Veron e Deyverson (Willlian).

Embalado após quatro vitórias seguidas, o líder Atlético-MG está em contagem regressiva para voltar a levantar a taça do campeonato nacional. Com 74 pontos, o Galo pode chegar a 77 esta noite se ganhar do Verdão e se distanciar ainda mais do vice-líder Flamengo, que soma 66. Se o Rubro-Negro carioca perder ou empatar hoje com o Grêmio, o Verdão decide antecipadamente o titulo no Mineirão, contra o Fluminens, já o próximo domingo (28).  duas rodadas para o fim da competição, o time paulista ainda tem um jogo adiado da 32ª rodada, programado para 2 de dezembro. 

A provável escalação do time mineiro, comandado por Cuca, deve ser com  Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Hulk, Diego Costa e Keno.

Por Agência Brasil

Santos perde para o Atlético Mineiro

(Pedro Souza/Agência Galo/via Agência Brasil)

O Atlético-MG deu mais uma prova de que está firme na luta pelo título do Campeonato Brasileiro após derrotar o Santos por 3 a 1 de virada, nesta quarta-feira (13) no estádio do Mineirão, pela 26ª rodada, e chegar à incrível marca de 18 jogos de invencibilidade na competição.

O triunfo foi importante para o Galo, que manteve a ponta da classificação com 56 pontos, 11 à frente do Flamengo, que bateu o Juventude por 3 a 1 também nesta noite. Já o Santos fica à beira da zona do rebaixamento, na 16ª posição com 28 pontos.

Após um primeiro tempo no qual conseguiu segurar a pressão dos donos da casa, o Peixe abriu o placar logo aos 3 minutos da etapa final, quando Raniel bateu forte da entrada da área após receber de Lucas Braga.

Porém, o Galo é muito forte jogando em casa, e não demorou a empatar. Aos 24 minutos o argentino Nacho Fernández cobrou pênalti com perfeição para deixar tudo igual. E bastaram mais cinco minutos para vir a virada, com Nathan Silva fazendo de cabeça após bola levantada na área em cobrança de falta.

E o triunfo foi sacramentado aos 35 minutos, em nova cobrança de pênalti, novamente a cargo de Nacho Fernández, que, dessa vez viu João Paulo defender inicialmente de forma parcial, mas que marcou no rebote.

O líder do Brasileiro volta a entrar em campo no domingo (17), quando visita o Atlético-GO. No mesmo dia o Santo vai até o Recife medir forças com o Sport.

Por Agência Brasil

Palmeiras e Atlético MG decidem vaga na final da Libertadores

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida
(Pedro Souza/Atlético MG/via Agência Brasil)

Atlético-MG e Palmeiras decidem nesta terça-feira (28), a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, quem será o primeiro finalista da atual edição da Libertadores. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo.

Após o empate em 0 a 0 no jogo de ida, na última semana em São Paulo, o Galo precisa vencer para se classificar à sua segunda decisão da competição continental. Em 2013, o Atlético-MG foi campeão superando o Olímpia (Paraguai) na final. Já o Palmeiras segue adiante até mesmo empatando com gols. Em caso de novo 0 a 0, a decisão será na disputa de pênaltis.

A equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira não tem nenhum desfalque para a decisão. O provável Verdão será: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Dudu; Rony e Luiz Adriano.

Do lado dos donos da casa a expectativa é sobre o aproveitamento do trio Diego Costa, Keno e Savarino. O ex-jogador do Chelsea (Inglaterra) se lesionou na coxa no primeiro confronto contra os paulistas e dificilmente deve ir a campo nesta noite.

Já o venezuelano Savarino já está na fase de transição de uma lesão na coxa e tem chances de jogar. Dos três, aquele que parece mais perto do retorno é Keno. Com um quadro de virose, o atacante não foi relacionado para o jogo do final de semana contra o São Paulo pelo Brasileiro. Porém, tem presença quase certa no grupo para o jogo da noite desta terça-feira. Ainda com essas dúvidas, o provável Galo é: Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho; Hulk e Keno (Vargas).

Transmissão da Rádio Nacional

Rádio Nacional transmite Atlético-MG e Palmeiras ao vivo com narração de André Marques, comentários de Mario Silva, reportagens de Maurício Costa e plantão de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

https://aovivo.ebc.com.br/embed-audio.html?emissora=radio-nacional-do-rio-de-janeiro