Foragidos da Justiça são presos na região da Barra Funda

Dois homens foragidos da justiça foram presos pela Força Tática em abordagens diferentes, na região da Barra Funda, zona oeste da Capital. Segundo a PM, o primeiro ocorreu no terminal Barra Funda.

Um homem, em atitude suspeita, foi parado pelos policiais e, ao consultar o sistema da polícia, os pms identificaram que ele era procurado pelo crime de tráfico de drogas. O foragido recebeu voz de prisão e foi apresentado na delegacia da região.

Outro caso aconteceu na Avenida Ermano Marchetti. PMs abordaram um homem que estava em um carro. Após as buscas, os policiais confirmaram que o suspeito era procurado pelo crime de homicídio.

Região violenta

Reportagem recente do portal R7 mostrou que os assaltos na região do terminal Barra Funda têm se repetido com frequência e assustado quem trabalha ou mora na região. O texto traz relatos de pessoas que foram cercadas por mais de um bandido de uma vez. Os ocorrem a qualquer hora do dia.

Ao portal, a PM disse que em duas semanas, à época, havia prendido sete suspeitos.

Frio pode ter matado três pessoas na capital

Por Daniel Mello

Local onde morador de rua foi encontrado morto no Terminal Rodoviário da Barra Funda, na zona oeste
(Nivaldo Lima/SP Agora)

Ao menos três pessoas em situação de rua foram encontradas mortas ontem (5) e hoje (6), durante a forte onda de frio que atinge a capital paulista. Na madrugada deste sábado, a temperatura alcançou 7,4° graus Celsius (ºC). Em junho de 2016 a cidade chegou a registrar 3,5°C. A temperatura mais baixa deste ano havia sido registrada em 9 de junho, com os termômetros do Mirante de Santana, na zona norte, marcando 11,1°.

Mortes

Moradores em situação de rua dormem perto da área de embarque do Terminal da Barra Funda
(Nivaldo Lima/SP Agora)

Na manha dessa sexta-feira, Gabriel Laffot, de 22 anos, foi encontrado embaixo de uma das escadas do Terminal de Ônibus da Barra Funda, zona oeste da cidade. Segundo a Secretaria da Segurança Pública, o caso foi registrado como morte súbita sem causa aparente. Foram requisitados exames para determinar a causa da morte.

No Pari, na região central, ainda na sexta-feira, um homem não identificado também foi encontrado morto sem sinais de violência. Ele não tinha documentos.

Hoje de manhã, mais um homem foi achado sem vida pela Polícia Militar em Itaquera, zona leste paulistana. Segundo a corporação, não há indícios de que ele tenha sido vítima de crime.

Previsão

A previsão do Instituto Nacional de Meteorologia é que as temperaturas continuem baixas ao longo do dia. A mínima na cidade de São Paulo deve chegar aos 5°C na média, com possibilidade de ficar entre 2°C e 0°C nas partes mais frias ao sul. Em Parelheiros, pode haver geada isolada.

O frio intenso também atingiu outros municípios do estado, como Barra do Turvo, no Vale do Ribeira, que registrou -0,9°C na madrugada. Em São Miguel Arcanjo, no interior, os termômetros marcaram 0,5°C e em Marília, 2,6°C.

Chuva interrompe blocos no pós-carnaval e complica o trânsito

As fortes chuvas na cidade de São Paulo hoje (9) causaram desabamentos, queda de árvores e enchentes. Com isso, toda a capital paulista ficou em estado de atenção até as 19h27.

Segundo o Corpo de Bombeiros, entre meia-noite e 18h05, foram registrados seis desabamentos, 43 quedas de árvores e 3 pontos de enchentes. Na região da Barra Funda, zona oeste, ruas ficaram alagadas e o show da cantora Cláudia Leitte foi interrompido por causa da chuva forte e do vento. Milhares de pessoas acompanhavam o trio elétrico, mas ninguém se feriu.

De acordo com o Centro de Gerenciamento de Emergência Climática (CGC), órgão da Prefeitura de São Paulo, houve estado de atenção para alagamentos na Zona Sul, Zona Norte, Zona Leste, Centro, Marginal Tietê, Zona Oeste, Marginal Pinheiros e Zona Sudeste.

Segundo o CGC, as chuvas ganharam força e se deslocaram da região de Santo Amaro e Cidade Ademar, na Zona Sul.

“Essas áreas de instabilidade são formadas pela combinação de calor e grande disponibilidade de umidade. As precipitações variam de intensidade e possuem deslocamento lento, o que aumenta o potencial para formação de alagamentos”, diz o CGC.

Próximos dias

De acordo com o CGC, a propagação de uma frente fria pelo oceano, afastado do continente e na altura do litoral paulista, muda a direção dos ventos no domingo (10). Por isso, a temperatura máxima não deve passar dos 27°C e mais chuvas são esperadas ao longo do domingo.

Na segunda-feira (11), o sistema frontal se afasta para o litoral fluminense. No entanto, os ventos úmidos que sopram do mar formam muita nebulosidade em toda a faixa leste paulista. A chuva leve e os chuviscos serão ocasionais. Os termômetros oscilam entre 18°C e 24°C.

*com informações da Agência Brasil

Após temporal, ruas amanhecem alagadas

Cruzamento da rua dos Americanos e Solimões, na Barra Funda (Fabio Rezende/Colaboração)

Após o temporal da noite e da madrugada, o sábado começou com ruas ainda alagadas na Barra Funda, zona oeste de São Paulo. O cruzamento da rua dos Americanos com a Solimões permanecia interditado até o começo da tarde. 

Segundo moradores, um carro ficou ilhado e passou a manhã no meio do alagamento. Este é um ponto recorrente de enchente na capital.



Segundo o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE), o volume de chuva médio acumulado entre 19h de sexta-feira (30) e 0h da madrugada deste sábado (01) correspondeu a 45,1 mm, ou seja, aproximadamente 33% da média de novembro do CGE, que é de 138,1mm. Já entre 0h e 7h de hoje, a média pluviométrica foi de mais 21,0mm, cerca de 11% da média de dezembro, que é de 190,7mm.

Rio Tietê, durante a madrugada, na Ponte da Casa Verde. A Marginal Tietê chegou a ser interditada em vários pontos por causa de alagamentos (Facebook/Reprodução)

Ao longo da madrugada, o Corpo de Bomberios recebeu 13 chamados para ocorrências de queda de árvore. Ainda segundo a corporação,  49 chamados foram relacionados a enchente e 11 para desmoronamentos.