Garotos vão à delegacia reclamar ‘apreensão’ de bola por vizinha

Garotos na sala do delegado com a bola nova que receberam dos policiais (Instagram/Reprodução)


Cinco garotos decidiram pedir ajuda da Polícia Civil após uma vizinha ter ‘apreendido’ a bola usada por eles para brincar na rua. O caso aconteceu em Presidente Dutra, interior do Maranhão, e ganhou visibilidade nas redes sociais e foi repercutido pelo UOL.

No perfil da delegacia no Instagram, o delegado Cesar Ferro contou o que havia acontecido. “Hoje essa turma procurou a Polícia Civil e informou que estava jogando bola na rua, oportunidade em que a vizinha pegou a bola por ter batido em sua porta”.

Os quatro garotos estavam inconformados por ter perdido a bola.

“Assim, pediram providência policial em razão da Subtração rsrsrsrs”, brincou no post o delegado.

Para resolver o problema, o delegado e os investigadores pediram para que as crianças descrevessem como era a bola que a vizinha havia ‘apreendido’.

“Relataram, ainda, que a bola estava bastante velha e murcha, mas era a única que tinham”.

Apesar de não ter havido um registro de ocorrência, os policiais compraram uma bola nova e a delegacia “intimou a vizinha para que não subtraia mais a bola”.

A publicação recebeu milhares de curtidas e você pode conferir abaixo.

https://www.instagram.com/p/B7HQrI-AZY4/

Buscas a criança que caiu em rio serão retomadas hoje

Bombeiros suspenderam as buscas por causa do anoitecer (Corpo de Bombeiros)


O Corpo de Bombeiros vão retomar, ao amanhecer, as buscas pela criança que caiu em um rio na região de São Matheus, na zona leste de São Paulo. Segundo a corporação, o menino Miguel, de 7 anos, desapareceu no fim da tarde desta terça-feira (29).

Foram mobilizadas cinco equipes para a ocorrência, mas, por causa da escuridão da noite, os bombeiros suspenderam as buscas por volta de 19h20. A criança brincava perto do leito do córrego, por volta de 16h, quando correu para pegar a bola e caiu na água.

Vizinhos chamaram os bombeiros, mas o menino desapareceu.