Projeto atinge marca de 500 mil máscaras doadas

Mais de 500 mil máscaras sociais já foram produzidas e entregues em comunidades carentes de diversas regiões da capital com a implantação de um projeto promovido pelo Governo do Estado, por intermédio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e do Centro Paula Souza (CPS), que conta com um investimento de R$ 2,5 milhões doados pelos bancos privados Itaú, Santander e Bradesco.

(CPS/Gov. do Estado)

As máscaras são confeccionadas por profissionais de costura das próprias comunidades, remunerados por meio do Instituto BEI e do Instituto Rede Mulher Empreendedora. Mais de 250 costureiras e costureiros fazem parte da operação.

“Atingimos metade da meta e pretendemos finalizar o restante da produção nas próximas semanas para poder celebrar 1 milhão de pessoas beneficiadas”, explica a coordenadora de Formação Inicial e Educação Continuada do CPS, Marisa Souza.

Trabalho conjunto

O projeto foi anunciado pelo Governador João Doria, em abril, quando começou a primeira etapa da produção na Escola Técnica Estadual (Etec) de Heliópolis, na zona sul, com a presença de uma unidade móvel (carreta) de Confecção Industrial do Programa Via Rápida, realizado pela SDE em parceria com o CPS.

Mais quatro carretas entraram posteriormente em operação na Etec Carolina Carinhato Sampaio (Jardim São Luís), Etec Cidade Tiradentes, Etec de Esportes (Parque Novo Mundo) e Etec Sapopemba. A produção também está em andamento na Etec Abdias do Nascimento (Paraisópolis), Etec Carlos de Campos (Brás), Etec Itaquera 2, Etec Rocha Mendes (Vila Prudente) e Etec Tiquatira (Penha), utilizando a própria infraestrutura de cursos na área de costura oferecidos nas unidades.

Além das Etecs, o projeto conta com o apoio da Secretaria de Justiça e Cidadania, que disponibilizou espaços e equipamentos para atuação de profissionais de costura no Centro de Integração da Cidadania (CIC) Feitiço da Vila, localizado no Capão Redondo, e no CIC do Imigrante, na Barra Funda. Outra equipe opera na sede do Fundo Social de São Paulo (Fussp), na Água Branca.

Máscaras contra o coronavírus

As máscaras de tecido têm como objetivo promover a proteção mútua ao reter gotículas emitidas quando uma pessoa tosse, espirra ou fala perto de outra. A utilização da peça exerce um papel importante na prevenção ao novo coronavírus, mas deve ser aliada às demais orientações das autoridades de saúde, como isolamento social, higienização regular das mãos, não compartilhamento de objetos de uso pessoal, entre outras recomendações.

Dicas de como manusear a máscara

– Lave as mãos antes de colocar a máscara;
– Cada peça é de uso individual;
– A máscara deve cobrir o queixo, a boca e o nariz;
– Não deixe a peça frouxa no rosto;
– Não a coloque sob o pescoço, no braço ou guardada no bolso;
– Não toque na frente da máscara e não a remova ao falar;
– Troque a máscara a cada duas horas;
– Retire a peça pelas alças laterais, sem encostar no tecido;
– Após utilizá-la, faça a higienização com água e sabão.

serviço

Distribuição de máscaras sociais na comunidade do Pantanal
Data: 15 de julho de 2020 (quarta-feira)
Horário: 10h30
Local: Associação Batista da Penha (Abape)
Endereço: Avenida Gabriela Mistral, 635 – Penha – São Paulo – SP

*com informações do Governo do Estado de SP

Bancos se unem e vão fazer doação contra Coronavírus

Os três maiores bancos privados do Brasil – Bradesco, Itaú e Santander – vão importar e doar 5 milhões de testes rápidos de detecção da covid-19, além de equipamentos médicos, como tomógrafos e respiradores, observando as orientações do Ministério da Saúde e a disponibilidade no mercado.

Segundo nota enviada pelo Santander, a “doação tem como objetivo apoiar os esforços de profissionais de saúde neste momento desafiador na luta contra a disseminação do novo coronavírus, quando, de acordo com especialistas, a testagem em massa da parcela da população com suspeita de contágio será decisiva para a superação da crise. Da mesma forma, os tomógrafos permitem identificar a gravidade dos casos e os respiradores salvam as vidas dos doentes com complicações pulmonares”.

De acordo com a nota, a decisão de iniciar a ação conjunta foi tomada nesta quarta-feira (25) pelos presidentes dos três bancos – Octavio de Lazari Junior, do Bradesco, Candido Bracher, do Itaú, e Sérgio Rial, do Santander Brasil –, que conversaram sobre a melhor maneira de contribuir para mitigar os efeitos da pandemia.

“A primeira medida prática foi a formação de uma força-tarefa, composta por profissionais de cada uma das instituições, que definiu, sob orientação do Ministério da Saúde, a logística mais eficiente para a importação dos kits de testagem e dos equipamentos”, diz a nota.

Por Kelly Oliveira – Repórter da Agência Brasil 

Morre Lázaro Brandão, ex-presidente do Bradesco

Por Fernanda Cruz

Lázaro de Mello Brandão (à direita) ao lado de Luiz Carlos Trabuco Cappi (Bradesco/Reprodução)


Morreu em São Paulo, aos 93 anos, o ex-presidente do Bradesco, Lázaro de Mello Brandão. A assessoria de imprensa do banco não informou a causa do falecimento. O velório será hoje (16), das 13h30 às 17h, no Cemitério Horto da Paz e a cremação está marcada para as 17h, no mesmo local.

Nascido em Itápolis, interior de São Paulo, Lázaro era economista e iniciou sua atividade profissional em 1942, na cidade de Marília, como escriturário na então Casa Bancária Almeida & Cia., que se transformou, em 1943, no Bradesco.

Em 1981, assumiu a presidência executiva da instituição e, em 1982, a vice-presidência do Conselho de Administração, passando à presidência do mesmo órgão em 1990. Em 2017, ele renunciou ao cargo e passou a atuar como presidente das empresas controladoras do Bradesco.

Lázaro deixa a esposa, duas filhas e um neto.

Startups debatem inovações na educação em São Paulo

(Adam dos Santos Tavares/Divulgação)

Um evento organizado por startups vai debater na próxima segunda-feira  (13), o uso de novas tecnologias na educação que têm ajudado a potencializar resultados, tanto nas instituições de ensino formais como na área corporativa. É o primeiro evento nesse segmento dentro do inovabra habitat, espaço com 22 mil metros quadrados que reúne empresas e startups com aplicações tecnológicas e inovadoras.

“Esse encontro é interessante porque promove uma conexão entre as startups, empresas que buscam fazer algo diferente pela educação, e com o apoio do Bradesco, por meio do habitat”, comenta Rafael Sanchez, COO da Scaffold Education e um dos organizadores do StartEdu.



‘Life long learning’, aprendizado contínuo ao longo da vida, foi o tema escolhido para o evento. Quatro palestrantes convidados vão apresentar os conceitos que estão ajudando a transformar a educação.

“A nossa preocupação foi reunir aqueles profissionais que poderiam contribuir com novidades que podem fazer sentido para esse público que busca uma educação diferente, que não está confortável com os resultados educacionais que temos hoje”, pontua Sanchez.

Além das palestras, o StartEDU vai apresentar seis cases com histórias reais de instituições que inovaram no processo de aprendizagem e ampliaram os resultados, como a FourC Bilingual Academy, escola de Bauru, no interior de São Paulo. A diretora, Sara Hughes, vai mostrar como a tecnologia tem aumentado a protagonismo de alunos, professores e pais.

Palestrantes:

  • Ana Paula Azevedo “Piti” – pedagoga, especializada em Tecnologia da Educação, atualmente cursa MBA em Gestão Escolar pela USP – Esalq. Coordenadora pedagógica do Colégio Magno, responsável por projetos de inovação e tecnologia. Coordena também a área das artes visuais, tendo vasta experiência como arte-educadora na Educação Infantil inspirada pela abordagem de Reggio Emilia.
  • George R. Stein – Consultor e Pesquisador em Inovação na Aprendizagem, Mentor no SXSW Edu 2019, docente em vários contextos, além de atuar em projetos de inovação social no terceiro setor. Doutorando e Mestre em Educação pela PUC-SP, Engenheiro de Produção pela USP e Pós-Graduado em Marketing pela UC Berkeley. Após mais de 18 anos trabalhando em corporações e consultorias de empresas, incluiu a melhoria da Educação Básica em sua carreira, em 2008.
  • Wagner Lucio – cofundador da Arco | Hub de Inovação e coordenador no Instituto Europeu de Design. Com formação em Service Design pela EISE e MBA em Branding pela BSB Business School, especializado em Design Thinking pela IDEO e facilitador certificado pela LEGO foundation. Atua como designer estratégico na resolução de problemas complexos promovendo a transformação digital de grandes empresas, sempre conectando conhecimentos em cursos e palestras para despertar a liderança criativa em profissionais de diversas áreas.
  • Glaucimar Peticov – Formada em Psicologia pela Universidade de São Marcos, com pós-graduação em Administração de RH pela FAAP e em Marketing pela FGV, tendo participado de vários programas executivos no Brasil e no exterior. Iniciou a carreira em 1984, com trajetória nos vários ambientes de RH no setor financeiro, foi Diretora de Recursos Humanos e Unibrad – Universidade Corporativa Bradesco e atualmente é Diretora Executiva do Bradesco. Membro Regedora da Fundação Bradesco, membro do Conselho Consultivo Global Council of Corporate Universities (GlobalCCU), Diretora Secretaria da Fenacrefi, Federação Interestadual das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimentos, membro do Comitê aberto de Gestão de Pessoas AMCHAM – Câmara Americana de Comércio para o Brasil membro do Comitê de RH da FGV, entre outras funções e atividades.

Cases

ACF Consa – Luiz Fabiano

“Como a comunicação e serviços são capazes de mudar a mentalidade das instituições mais conservadoras.”

Escola FourC Bilingual Academy – Sara Hughes

“Como a FourC Bilingual Academy está usando a tecnologia para aumentar o protagonismo e engajamento dos alunos, professores e pais.”

Centro Paula Souza – Prof Gislayno Monteiro

“Como o ensino com base em projeto desenvolve competências sócio emocionais.”

Engemon IT – Fabio Camara

“Como a computação imersiva impacta no desenvolvimento corporativo.”

Foursys – Jones Lopez Costa

“Como os treinamentos da Alura elevaram o nível de engajamento dos times de tecnologia da Foursys”

Torcedores.com – Fabio Marinho

Eli Lilly – Pedro Constantino

“Como implementar mobile learning na rotina de trabalho.”

Serviço:

Baixe o aplicativo do SP AGORA