CPI da Covid-19 ouve Mayra Pinheiro

A Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid ouve nesta terça-feira (25) a secretária de Gestão do Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro. 

Conhecida como ‘Capitã Cloroquina’, Mayra conseguiu, na última sexta-feira (21), uma liminar no Supremo Tribunal Federal que permite que ela fique em silêncio quando perguntada sobre fatos que ocorreram entre dezembro de 2020 e janeiro de 2021. No período, a cidade de Manaus enfrentou o desabastecimento de oxigênio hospitalar.

Decisão de Ricardo Lewandowski determina que Mayra é obrigada a falar sem reservas sobre qualquer outro período e sobre a atuação de todos os outros membros do governo. O ministro aceitou a tese da defesa que afirma que a secretária já é investigada sobre crimes desse recorte de tempo específico e, com isso, não pode ser levada a criar provas contra si mesma.

Mayra Pinheiro ganhou destaque por defender o chamado tratamento precoce contra a Covid-19, que consiste no uso de medicamentos ineficazes. 

Na quarta-feira (26), a Comissão fará uma pausa nas entrevistas para analisar 343 requerimentos, sendo 188 convocações, entre elas, a volta de Eduardo Pazuello.

Na quinta-feira (27), que será ouvido é o ex-secretário executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco.

Por TV Cultura