PM apreende 300 quilos de maconha dentro de casa na zona sul

Policiais militares da Força Tática apreenderam cerca de 300 quilos de maconha durante a madrugada de hoje (16). Uma denúncia anônima indicou aos PMs uma casa perto da rua Rudolf Lotze, na Vila Andrade, zona sul da Capital.

Quando chegaram ao local, os policiais confirmaram a denúncia apreenderam o entorpecente. Ninguém foi preso.

Traficante Escondia Droga Até no Congelador

Mais de uma tonelada de maconha foi apreendida em uma chácara no Jardim Porto Real III, em Limeira, interior de São Paulo. Uma pessoa foi presa na ação.

Equipes do 36º Batalhão de Polícia Militar do Interior (BPM/I), após receberam denúncias sobre tráfico, foram até o local. Participaram PMs da Força Tática, Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam) e do Canil regional.

Na chácara, encontraram um homem, de 38 anos, que confessou que guardava a droga. Ele contou aos PMs onde estavam escondidos os mais de 100 fardos de maconha. O entorpecente estava dentro de dois veículos, em armários da cozinha e até mesmo dentro do congelador.

(Foto: SSP/ Divulgação)

Ao todo, foram apreendidos 1,32 tonelada de maconha, além de documentos, balanças de precisão, celulares, utensílios para manejo da droga, anotações do tráfico e dinheiro – R$ 3.312,35, COP 5 mil (peso colombiano) e US$ 17 (dólares americanos).

O acusado foi preso em flagrante por tráfico de drogas e levado à Delegacia Seccional de Limeira, onde o caso foi registrado e segue sendo investigado.

(com informações da SSP)

Ameaçou jornalista, virou manchete

Homem envolvido com tráfico, sequestro e ameaça a uma jornalista é preso em Jundiaí.

Na tarde desta segunda-feira (04), equipes do policiamento especializado da Força Tática (FT), do 11º Batalhão de Policia Militar do Interior (11ºBPM/I), realizaram uma operação no Bairro Fazenda Grande, em Jundiaí, com a finalidade de coibir os ilícitos e promover o policiamento ostensivo.

A ação foi coordenada pelo Sargento Leandro com apoio de mais 3 viaturas.

Na operação, porções de cocaína foram encontradas no bolso de um homem.

Ao fazer a identificação, Sargento Leandro confirmou que a pessoa era conhecida por Jobson e estava sendo procurado por Tráfico, Sequestro e Ameaça a uma jornalista.

Na casa de Jobson foram encontrados ainda um revólver calibre 38, uma pistola calibre .45, munição, porções de cocaína e aproximadamente 4 quilos de maconha.

Os policiais conduziram o procurado à Delegacia de Polícia de Jundiaí, onde o Delegado ratificou a prisão e apreendeu os objetos encontrados. Jobson permanece à disposição da justiça.

 

Drogas e armas apreendidas pela Força Tática (Foto: Divulgação)

 

Envolvido em tráfico é preso pela PM (Foto: Divulgação)

Mulher é presa após matar filho de 10 meses em Itu, no interior de São Paulo

Mulher disse que cometeu o crime por que a criança não parava de chorar(Foto:Divulgação/Polícia Militar)

Uma mulher de 18 anos foi presa por policiais da Força Tática após matar o filho de apenas 10 meses, o crime aconteceu por volta das 2h madrugada deste sábado(20), no bairro São Luiz, em Itu, no interior de São Paulo.

Segundo informações da PM, a acusada confessou que praticou o crime após ter ingerido bebida alcoólica e ter feito o uso de entorpecentes na casa de uma amiga. A PM também informou que o assassinato, mediante sufocamento, teria ocorrido porque a criança não parava de chorar. Por volta das sete horas da manhã, ao perceber que o bebê continuava desacordado, a acusada levou a criança até a casa da avó onde tentou reanimá-la, mas sem sucesso. A mãe e a avó procuraram atendimento no Hospital São Camilo, mas a criança já estava sem vida. A Polícia foi acionada pela equipe médica.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, o pai da criança cumpre pena por tráfico de drogas e a mãe já havia sido denunciada anteriormente, na Delegacia de Defesa da Mulher de Itu, por maus-tratos. O crime aconteceu na Rua Paulo Eduardo Xavier de Toledo.

Amanda do Rosário Amaral foi atuada em flagrante por homicídio qualificado, ficando à disposição da justiça. Se condenada, poderá ser sentenciada entre seis a vinte anos de prisão.