Tráfico internacional usava funcionários de Cumbica

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (19), a Operação Bulk para combater organização criminosa que usava funcionários de aeroporto de São Paulo para tráfico internacional de drogas.

Policiais federais cumprem mandados expedidos pela 5ª Vara da Justiça Federal em Guarulhos (SP), sendo 23 são mandados de prisão preventiva e 24 de busca e apreensão.

As medidas acontecem, simultaneamente, nos municípios de São Paulo, Sorocaba, Guarulhos e Praia Grande. Também é cumprido um mandado em Portugal, determinado pelo Poder Judiciário, em virtude de difusão vermelha transmitida pela Interpol, após representação da Polícia Federal.

Foram determinados, ainda, o sequestro de todos os bens imóveis e de veículos, bem como de todos os valores depositados em contas bancárias e aplicações financeiras em nome dos investigados. Esses recursos chegam a aproximadamente R$ 53 milhões.

A investigação teve início em 2021 e, durante o período, foram apreendidos 887,5 kg de cocaína em nove eventos: três em Guarulhos, dois em Lisboa, um em Frankfurt e três em Amsterdã.

A organização criminosa atuava cooptando funcionários e prestadores de serviços de aeródromo para que introduzissem carregamentos de cocaína no interior de aeronaves comerciais que realizavam voos regulares.

Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico internacional de drogas e associação para o tráfico, cujas penas variam de 10 a 25 anos de reclusão.

Crianças em círculo, usando equipamentos de segurança, fazem alongamento antes da aula de skate.

Guarulhos terá aula de skate gratuita

Guarulhos vai ter aulas de skate gratuitas no fim deste mês. O projeto Skate Para Todos, evento que oferece clínicas gratuitas de skate à população, será realizado nos dias 28 e 31 de julho, na pista Cecap Skate Plaza, no Parque Cecap.

Os professores, segundo nota à imprensa, são certificados. O projeto prevê ainda empréstimo de skates e de todos os materiais para prática do esporte, como os equipamentos de segurança; capacetes, joelheiras, cotoveleiras, munhequeiras e coletes.

Iniciação esportiva, saúde e bem-estar estão entre os propósitos da ação, que tem como objetivo promover a integração e inclusão social por meio do skate, modalidade que foi trend topics nas Olimpíadas.

Crianças em círculo, usando equipamentos de segurança, fazem alongamento antes da aula de skate.
(Divulgação)

“O skate conquistou o público com muita brasilidade e carisma, e através dele vamos cumprir a nossa função social de proporcionar à população acesso gratuito ao esporte”, diz Romeu Andreatta, idealizador do evento e da plataforma ALMA SURF.

O Skate Para Todos é realizado graças a Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, benefício concedido pelo Governo do Estado de São Paulo, com patrocínio do ICRH, braço social do Grupo Tigre, e da Urbano Alimentos. Idealizado pela ABIEP – Associação Brasileira de Esportes com Prancha, o evento tem apoio institucional da Momenta Farmacêutica e suporte da Secretaria de Esportes e Lazer de Guarulhos.

Serviço

Evento: SKATE PARA TODOS
Datas: 28 a 31 de julho de 2022
Horário: 9 às 17 horas
Local: Pista CECAP Skate Plaza
Endereço: Rua Cristóbal Cláudio Elilo, 508 – Parque Cecap, Guarulhos – SP

Informações: www.abiep.com.br  / www.almasurf.com.br

Chamas e fumaça são vistas pelo lado de fora do galpão, onde estão duas viaturas dos bombeiros. Foto tirada ao amanhecer, com pouca luz.

Incêndio em galpão mobiliza 50 bombeiros

Um incêndio de grandes proporções atingiu um galpão de reciclagem em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, na manhã de hoje (20). De acordo com o Corpo de Bombeiros, as chamas foram controladas e os bombeiros agora trabalham no rescaldo. Segundo as informações do Corpo de Bombeiros, não houve vítimas.

Pelo menos 15 viaturas e 50 homens trabalharam para apagar o incêndio no galpão, que fica próximo ao Aeroporto Internacional de Guarulhos. O Corpo de Bombeiros foi acionado às 5h11 da manhã. Nenhuma operação foi afetada no terminal.

Programa de refeições reforça atendimento na Capital e mais seis cidades

Para ampliar o atendimento do programa Bom Prato para a população mais vulnerável e que vive nas periferias, o governo de São Paulo vai lançar 20 unidades móveis, que vão funcionar como caminhões food trucks. Essas unidades móveis vão atender as cidades de São Paulo, Osasco, Ribeirão Pires, Guarulhos, Campinas, Várzea Paulista e Ferraz de Vasconcelos. O investimento do governo paulista é de R$ 3,66 milhões.

“As 20 unidades do Bom Prato Móvel servirão para atender o entorno das unidades fixas, levando refeições às periferias e aos bolsões da pobreza e vulnerabilidade. Há também um grande foco no atendimento de emergências e calamidades, em que precisamos atender a população com as refeições já prontas”, informou Célia Parnes, secretária de Desenvolvimento Social de São Paulo.

(Antonio Cruz/Agência Brasil)

Duas dessas unidades já estão em funcionamento nas regiões de Perus e Santo Amaro, na capital paulista.

Segundo o governo paulista, amanhã (17) começarão a funcionar os caminhões com refeições das unidades fixas de Capão Redondo, para atendimento nos bairros de Jardim Ângela e Jardim São Luiz; Campinas, Ferraz de Vasconcelos, Limão (que vai atender áreas vulneráveis de Santana); Paraisópolis e São Mateus, atendendo os distritos de Sapopemba e Parque São Rafael. 

Na sexta-feira (18), tem início a operação móvel dos restaurantes 25 de Março e Santo André (que vai atender a cidade de Ribeirão Pires). Na segunda-feira (21), será iniciado o atendimento das unidades móveis de Guarulhos, Brás, Brasilândia, Osasco, Tucuruvi, Jundiaí (que vai atender a população de Várzea Paulista) e Guaianases (que vai atender a região de Cidade Tiradentes).

De acordo com o governo de São Paulo, a seleção dos locais levou em conta a densidade populacional, a vulnerabilidade social e a distância das unidades fixas. As refeições serão preparadas nas unidades físicas, embaladas e depois transportadas para o caminhão. O custo do almoço é de R$ 1. Hoje o programa Bom Prato tem 60 unidades fixas, sendo 22 na capital. 

Gratuidade

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou hoje (16) a prorrogação da gratuidade de refeições do programa Bom Prato para a população em situação de rua até o dia 31 de julho. Para receber a refeição gratuita é preciso ter um cartão cadastrado junto à prefeitura.

Defesa Civil

Também foi anunciada hoje a entrega de 100 viaturas da Defesa Civil estadual para municípios paulistas, que serão utilizadas em atividades preventivas e de salvamento. Também foram adquiridos kits de Defesa Civil com motosserras, geradores, equipamentos de combate a incêndio, balsas infláveis, holofotes e lanternas, entre outros.

“Teremos R$ 40 milhões investidos nesses dois anos pelo governo de São Paulo. Chegaremos a 320 novas viaturas para compor a nossa Defesa Civil, tanto estadual, quanto as municipais. São mais de 7 mil kits com equipamentos destinados à ação de defesa civil, como balsas, geradores, todos apetrechos para que essas viaturas sejam eficazes e eficientes no socorro”, disse Alexandre Romanek, secretário da Defesa Civil.

Imagem do alto mostra chuva forte impedindo visualização da ponte da casa verde.

Chuva forte provoca granizo e transbordamento de rio

A chuva forte que atingiu a região metropolitana de São Paulo no fim da tarde de hoje (18) veio acompanhada de ventos fortes, raios e granizo. O Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE-SP) colocou a maior parte da Capital Paulista em estado de atenção para alagamentos.

Pelas redes sociais, moradores relataram queda de granizo.

https://twitter.com/yy_inouejin/status/1483544478145298440

A chuva começou forte pela Zona Leste, atingindo Guarulhos, e avançou sobre as áreas norte, central e oeste. Segundo Michael Pantera, do CGE-SP, o volume de chuvas chegou perto de 30mm, um índice pluviométrico considerado alto, segundo relatou à TV Band.

O Corpo de Bombeiros costuma atualizar ocorrências em tempo real pelo Twitter, mas, ao longo deste dia, nenhuma publicação no perfil oficial foi realizada. Nem mesmo durante a chuva forte.

O temporal aconteceu após uma tarde de calor, em que as temperaturas superaram 32ºC.

Transbordamento de rio

Na zona norte, o Córrego Mandaqui transbordou. Por isso, o CGE-SP colocou a região da Casa Verde em Estado de Alerta.

O transbordamento aconteceu perto do cruzamento da Avenida Engenheiro Caetano Alvares com a rua Zilda.

Pelo menos seis pontos de alagamento foram contabilizados pelo CGE-SP. Em Santana, a travessa Oswaldo Nazareno Lupattelli ficou debaixo d’água. No Centro, a avenida Rio Branco teve o asfalto tomado pela enxurrada.

Já na zona oeste, região com maior número de registros, houve alagamentos na Avenida Ordem e Progresso, na Avenida Sumaré, na Avenida Pompéia e na Marques de São Vicente.

Por volta de 19h30, apenas a Marques de São Vicente permanecia intransitável, segundo o CGE-SP.

Latam cancela voos previstos para hoje em Congonhas e Cumbica

A Latam cancelou ao menos 12 voos previstos para hoje por causa da pandemia de covid-19. Segundo a lista divulgada pela Agência Cenarium, metade das decolagens previstas era para viagens nacionais.

Entre os cancelados, estão voos que sairiam de Guarulhos para Salvador, Maceió e Belém. Dos destinos internacionais foram desmarcados voos de Cumbica para Miami e Nova York.

Viagens que tinham Guarulhos como destino também foram afetadas, com partidas canceladas de Lisboa, Cidade do México, Salvador, Maceió e Belém. Dois voos entre Congonhas e Porto Alegre, ida e volta, também foram cancelados (veja a lista abaixo).

Passageiros desembarcam após incidente (Arquivo Pessoal)

Ainda segundo a Cenarium, a companhia aérea cancelou um total de 47 voos nacionais e internacionais marcados entre os dias 9 e 16 de janeiro, devido o recente aumento de casos de Covid-19 e influenza. Os elevados números também afetaram os tripulantes e levaram a companhia a decisão.

O que diz a Latam

Em nota envia à Cenarium, a Latam afirma que lamenta essa situação e que é totalmente alheia a sua vontade. A companhia orienta os passageiros para que antes de se dirigir ao aeroporto confira o status do seu voo no site da Latam. Há também a possibilidade de remarcação da viagem sem multa e diferença tarifária ou solicitação de reembolso da passagem sem multa.

A companhia também permite que passageiros diagnosticados com Covid-19 possam remarcar uma vez a data de sua viagem sem multa, mas pagando diferença tarifária (se houver). O cliente poderá viajar a partir de 14 dias após o diagnóstico da doença ou certificando que não está mais na fase de contágio.

Lista de voos

10 de janeiro: LA8190 (Guarulhos-Miami), LA8180 (Guarulhos-Nova York), LA8147 (Lisboa-Guarulhos), LA8113 (Cidade do México-Guarulhos), LA4676 (Guarulhos-Salvador), LA4679 (Salvador-Guarulhos), LA3320 (Guarulhos-Maceió), LA3607 (Maceió-Guarulhos), LA3509 (Guarulhos-Belém), LA4500 (Belém-Guarulhos), LA3055 (Congonhas-Porto Alegre), LA3806 (Porto Alegre-Congonhas).

Cones de sinalização orientam motoristas no trecho interditado da rodovia Presidente Dutra. Em apenas uma faixa o trânsito de veículos está liberado.

Pista local da Dutra em Guarulhos é liberada parcialmente

A pista local da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo, sentido Capital Paulista, foi parcialmente liberada no fim da tarde hoje (9). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a faixa esquerda da rodovia voltou a operar às 17h20.

“Desta forma, o tráfego passa a ser feito pela mesma de forma reduzida naquele ponto”, informa a PRF.

Na madrugada de sexta-feira (7), uma cratera na lateral da rodovia engoliu parte da pista. O trânsito foi totalmente bloqueado e desviado para a pista expressa.

Cones de sinalização orientam motoristas no trecho interditado da rodovia Presidente Dutra. Em apenas uma faixa o trânsito de veículos está liberado.
(PRF)

Apesar da liberação neste domingo, “não há previsão de liberação total da via, pois, esta fica sujeita à avaliação técnica”, diz, em comunicado, a PRF.

Operários e técnicos analisam cratera aberta na rodovia. Máquina retroescavadeira posicionada sobre o asfalto.

Cratera interdita pista local da Dutra e complica o trânsito

Uma cratera interditou a pista local da Rodovia Presidente Dutra, em Guarulhos, na Grande São Paulo, na madrugada de hoje (7). Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o asfalto cedeu no quilômetro 214, sentido São Paulo.

Fotos divulgadas pela PRF mostram que uma das pistas foi engolida pela cratera. Uma rachadura também afetou outras vias no mesmo sentido.

“Asfalto cedeu e obrigou o desvio para a pista expressa naquele ponto”, informou a PRF.

Operários e técnicos analisam cratera aberta na rodovia. Máquina retroescavadeira posicionada sobre o asfalto.
(PRF/Reprodução)

Logo ao amanhecer, técnicos e operários começaram a trabalhar no local. Ainda não há previsão para liberação do trecho.

Por conta da obra de recuperação, o trânsito ficou complicado no sentido São Paulo, na manhã de hoje.

Foto noturna mostra pista destruída e cidade ao fundo.
(PRF/Reprodução)
Correnteza formada pela chuva passa sobre a rua e a ponte. Rio e rua viram a mesma coisa.

Chuva: Bombeiros recebem mais de 100 pedidos de socorro na madrugada

A chuva que atingiu a região metropolitana de São Paulo, na madrugada de hoje (17), fez com que o Corpo de Bombeiros recebesse mais de cem chamados. Os pedidos de socorro foram registrados entre 0h e 7h45.

As principais ocorrências foram detectadas em Guarulhos e Mogi das Cruzes. Segundo a corporação, foram 95 ligações por causa de enchentes, “grande parte em Guarulhos”, informaram os bombeiros por uma rede social.

https://twitter.com/JeaneSo67014309/status/1471707045661401088

Além de alagamentos, a chuva forte também provocou desabamentos. Foram dez ocorrências durante a madrugada.

Houve também queda de árvores em 11 locais da região metropolitana.

Estado de Atenção

O temporal da madrugada também levou o Centro de Gerenciamento de Emergências (CGE-SP) a colocar a Capital paulista em ‘Estado de Atenção’ para alagamentos. A recomendação do órgão teve início no fim da noite de ontem (16) e terminou perto das 4h.

“Por conta da quantidade de chuva dos últimos dias, há possibilidade de formação de alagamentos e escorregamentos”, alertaram os meteorologistas do CGE após a chuva forte.

Visão panorâmica do aeroporto de cumbica, em guarulhos, mostra aviões estacionados

Após passar pela África do Sul, morador de Guarulhos testa positivo para covid-19

A Agencia Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou neste domingo (28/11) que um passageiro brasileiro com passagem pela África do Sul e que desembarcou neste sábado no aeroporto de Guarulhos, na Grande São Paulo, testou positivo para covid-19.

Até o começo da noite não havia confirmação se a pessoa, cujo nome não foi divulgado, foi infectada com a nova variante ômicron, identificada pela primeira vez na África do Sul e já detectada em ao menos 12 países.

O paciente é vacinado, de acordo com a Anvisa. É um homem, de 29 anos, morador de Guarulhos. Ele está cumprindo quarentena em casa e tem apenas sintomas leves da doença.

Visão panorâmica do aeroporto de cumbica, em guarulhos, mostra aviões estacionados
Passageiro desembarcou em Cumbica (Arquivo/Gru Airport/Reprodução)

“A Agência fiscaliza e exige, por força de portaria interministerial, que o viajante apresente exame PCR negativo para covid-19 realizado em, no máximo, 72 horas antes do voo internacional (na origem do voo)”, afirma comunicado da Anvisa.

Em nota, o Ministério da Saúde informou que o Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS) do estado de São Paulo também faz o rastreamento e monitoramento dos outros passageiros e tripulantes do voo.

A partir desta segunda-feira, o Brasil fecha as fronteiras aéreas para pessoas que estiveram nos últimos 14 dias em seis países do sul da África: África do Sul, Botsuana, Essuatíni, Lesoto, Namíbia e Zimbábue.

Por Deutsche Welle
md (ots)