Bolsonaro passa por exames e faz consulta médica em SP

O presidente Jair Bolsonaro passou por avaliação médica nesta quarta-feira (12), no Hospital Vila Nova Star, em São Paulo, onde realizou exames. Pela manhã, na também capital paulista, Bolsonaro acompanhou a partida da comitiva brasileira em missão humanitária especial a Beirute, no Líbano. O grupo está sendo coordenado pelo ex-presidente Michel Temer. 

Segundo o boletim médico divulgado pelo hospital, o presidente “passou por avaliação da equipe médica multiprofissional, está assintomático com exames laboratoriais e de imagem normais. Encontra-se liberado para manter suas atividades habituais”. 

A equipe médica é liderada pelo cirurgião-chefe Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, o mesmo que realizou cirurgias no presidente para reconstrução de parte do aparelho digestivo e remoção de hérnias, consequências da facada que Bolsonaro levou em setembro de 2018, ainda durante as eleições presidenciais.  

Além de Macedo, o presidente foi acompanhado pelo cardiologista Leandro Echenique e pelos infectologistas Esper Kallas e Maria Luísa Moura. 

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil 

Idosa de 97 anos vence a Covid-19 em São Paulo

Paciente ao lado da equipe médica (Reprodução)

Uma idosa de 97 conseguiu vencer a Covid-19, doença provocada pelo novo Coronavírus, deixou o hospital, em São Paulo. Gina Dal Colleto Fernandes ficou internada no Vila Nova Star. A informação foi publicada hoje (12), por Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

A paciente recebeu doses de oxigênio, além de remédios à base de corticóide, antibióticos e, até, cloroquina. A equipe médica destacou ao jornal que a boa estrutura hospitalar, a força da idosa e a presença da família fizeram a diferença no tratamento.

A filha de Gina permaneceu como acompanhante no hospital porque ela também já havia contraído Covid-19 e se curado. Após 12 dias internada, a paciente pode passar o domingo de páscoa em casa.

Presidente Bolsonaro passa por cirurgia em SP

Por Camila Maciel

A cirurgia para retirada de uma hérnia incisional do presidente Jair Bolsonaro teve início por volta das 7h de hoje (8). O procedimento ocorre no Hospital Vila Nova Star, na capital paulista.

De acordo com o médico Antonio Luiz de Vasconcellos Macedo, mesmo cirurgião que comandou as duas operações anteriores, realizadas no Hospital Albert Einstein em São Paulo. A intervenção deste domingo é mais simples e deve durar cerca de três horas.

O procedimento de hoje é o quarto. Anteriormente, o presidente passou por três cirurgias, uma delas na Santa Casa de Misericórdia de Juiz de Fora, no dia 6 de setembro do ano passado, logo após sofrer uma facada durante um ato de campanha eleitoral na cidade mineira.

Bolsonaro deve se licenciar do cargo por cinco dias, segundo informou o Palácio do Planalto. Ele deu entrada no hospital na noite de ontem (8). A previsão é que o presidente retome o cargo ainda no hospital, mas somente após um período inicial de recuperação. Ao todo, ele deve permanecer internado por até dez dias.

O filho Carlos Bolsonaro, vereador carioca, passou a noite com o pai. Pouco antes das 7h, horário previsto para início da cirurgia, o outro filho, o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), chegou ao hospital. O presidente também é acompanhado pela primeira-dama Michelle Bolsonaro.