Preso suspeito de matar ex-mulher e sogra durante festa

O homem suspeito de matar a ex-mulher e a sogra, além de ferir outras três pessoas, em uma festa de aniversário, na região de Guaianazes, Zona Leste da Capital paulista, se entregou à Polícia. Luís Felipe Correia de Oliveira, 29 anos, se apresentou no final da noite desse domingo (18), sem a presença de um advogado, na Oitava Delegacia de Defesa da Mulher.

Ele é apontado como autor das facadas que vitimaram  a jovem Nathália Saldanha, 18 anos, e a mãe dela, a dona de casa Priscila Rodrigues Saldanha, 38. O técnico em telecomunicações era considerado foragido desde a segunda-feira (12), quando cometeu o crime na casa das vítimas.

O Crime

Nathália Saldanha, 18 anos, e a mãe dela, a dona de casa Priscila Rodrigues Saldanha, 38 (Reprodução)

Na data, Oliveira chegou na residência, onde ocorria a festa em comemoração aos 18 anos da ex-mulher, mas não trouxe a filha, de dois anos, que havia passado o dia com ele. O casal estava separado havia um mês e ele pretendia tentar reatar o relacionamento, mas os dois acabaram discutindo.

Em meio à briga, Oliveira pegou uma faca e golpeou Nathália, a mãe dela e o padrasto da garota, Waldick Santos de Oliveira, de 38 anos.Também foram atingidos um rapaz, de 22 anos, e um menino, de dez, mas sem gravidade.

Todos foram socorridos no Hospital Geral de Guaianazes, onde mãe e filha morreram. Apenas o padrasto segue internado, em estado grave.

No dia seguinte, a criança, que estava na residência da avó paterna, foi levada por parentes à delegacia. Oliveira permaneceu foragido até se entregar na noite deste domingo na delegacia que acompanha o caso.

Após prestar depoimento, ele foi conduzido ao Instituto Médico Legal, onde passou por exame de corpo de delito. Com prisão temporária decretada pela Justiça, o suspeito foi encaminhado em seguida ao Distrito Policial do Bom Retiro, onde aguardará transferência para algum Centro de Detenção Provisória.

*com informações de Paulo Édson Fiore, da Jovem Pan