Carregamento de munição é apreendido no Porto de Santos

(Receita Federal/Reprodução)

Um carregamento de munição foi apreendido, na tarde de hoje (23), no Porto de Santos, litoral de São Paulo. O flagrante aconteceu, segundo a Receita Federal, durante a conferência de uma carga importada declarada como bagagem desacompanhada. Também foram apreendidas ferramentas usadas para montar a munição.

“São projéteis e estojos de diversos calibres, sem anuência do Exército Brasileiro, sendo que boa parte é destinada ao emprego em armas longas como fuzis ou de calibres restritos para o uso das forças de segurança”, esclarece nota divulgada pela Receita. 

A Receita informou que a quantidade apreendida “surpreendeu a equipe”, apesar de não ser a primeira apreensão desse tipo no porto de Santos. A nota não informa de onde partiu a carga e qual seria o destino aqui no Brasil.

Granadas, armas e munição: ações da PM prendem quatro suspeitos

Material foi apreendido (Polícia Militar/Reprodução)

A Polícia Militar apreendeu nos últimos dois dias, em quatro ocorrências diferentes, granadas, armas e munição. Quatro homens acabaram presos em flagrante.

Dois dos casos foram resultado de ações da Polícia Ambiental. A ocorrência que chamou mais atenção aconteceu em Jacareí, após uma denúncia anônima.

A Polícia Ambiental foi até o local, na sexta-feira (21), com a suspeita de que funcionava uma usinagem dentro de um galpão. Ao fazer a revista, encontraram cinco armas, munição e duas granadas. Também havia no galpão carcaças de animais silvestres. O suspeito, responsável pelo local, teria confirmado aos pms que pratica caça ilegal. Ele foi preso em flagrante.

Flagrante de Caça

Material apreendido em Juquiá (Polícia Militar/Reprodução)

A outra ocorrência da Polícia Ambiental foi em Juquiá, região de Registro. Um homem foi preso com várias armas de fogo, munição, rádios comunicadores e diferentes ferramentas usadas para caça. A polícia chegou até o local após receber denúncias anônimas.

O suspeito, preso na última sexta-feira (21), foi levado para a delegacia da cidade e autuado em flagrante.

Saída temporária

Arma tinha numeração raspada, segundo a polícia (Polícia Militar/Reprodução)

Na região de São José dos Campos, um homem, em regime semi-aberto, que havia deixado a prisão em 18 de maio, beneficiado pela saída temporária, foi preso com um revólver. O suspeito estava em um carro que foi abordado na Rodovia Municipal Joel de Paula. Durante a revista ao veículo, os pms localizaram a arma, que tinha numeração raspada, e seis munições. Preso em flagrante, o suspeito perde o direito ao semi-aberto.

Arma à venda

Arma e munição estavam guardadas em um armário (Polícia Militar/Reprodução)

Em Jacareí, policiais descobriram uma pistola, que deveria ser de uso restrito das Forças Armadas, que estava à venda, segundo relatou o suspeito preso. O homem foi parado durante uma abordagem de rotina na Avenida José Teodoro de Siqueira, mas nada de ilícito foi encontrado na revista pessoal e do veículo. Mas durante a conversa com os pms, o suspeito confessou que tinha uma arma em casa e que ela estava à venda.

A pistola 9 milímetros teria sido deixada com ele para venda por parente. Além da arma, guardada em uma gaveta do armário, havia também um carregador e sete munições intactas.

Polícia apreende 280 quilos de explosivos, munição e armas

(Polícia Militar/Reprodução)

A Polícia Militar apreendeu 280 kg de explosivos, munição e drogas, em Paraisópolis, na zona sul de São Paulo.  O material foi descoberto depois que PMs da Rota prenderam um homem procurado pela Justiça, na região da Bela Vista, área central da Capital, ontem (5).

Segundo os policiais, após ser questionado o preso confessou integrar uma organização criminosa e teria dito que era responsável pela guarda de armas e drogas, indicando três locais onde o material poderia ser localizado. Os policiais militares foram até os três imóveis e apreenderam explosivos, 2,5 mil munições de diversos calibres, 92 carregadores, 10 suportes de carregadores, 20 adaptadores para pistola, bem como porções de maconha, cocaína, crack, ecstasy e LSD já embaladas para a venda.

O homem foi preso em flagrante e levado à 6ª Delegacia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra o Patrimônio (Disccpat), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). A ocorrência foi registrada como tráfico de drogas, posse de explosivos e munições, falsa identidade e captura de procurado. 

Polícia apreende droga e munição na Castello Branco

Munição de fuzil encontrada pelos policiais (Reprodução)

A Polícia Rodoviária apreendeu um carregamento de drogas e munição na Rodovia Castello Branco, em Araçariguama, na Região Metropolitana da Capital. Segundo a PM, os policiais desconfiaram do motorista de um carro que estava com os bancos do veículo deitados e parado em um posto de combustível.

Ao fazer a abordagem, os policiais descobriram que ele estava no local a espera do carregamento de droga e de munição. O material ilegal estava sendo trazido por um caminhoneiro, mas, ao perceber a presença policial, o motorista do caminhão seguiu para outro posto.

Os policiais foram até o local e conseguiram encontrar a carga. Ao todo, 234,447 quilos de maconha e 1.255 cartuchos de munição para fuzil foram apreendidos.

Os dois homens foram presos e levados para a delegacia.

(Reprodução)

Mulher é presa na Dutra com armas e munição

Uma mulher foi presa com um verdadeiro arsenal dentro de um ônibus na Rodovia Presidente Dutra, em Lavrinhas, no Interior de São Paulo.O flagrante foi realizado na noite desta quinta-feira por policiais rodoviários federais durante fiscalização no posto localizado no quilômetro 18 da pista sentido Rio de Janeiro.

(Agência PRF)

Um coletivo que fazia a linha entre o terminal rodoviário do Tietê e Vitória, no Espírito Santo, foi parado para averiguação.
Em revista no compartimento de bagagens, os agentes encontraram uma mochila contendo algumas peças de roupa e, escondidas entre elas, seis armas sendo 5 pistolas, de calibres 9mm, 380 e ponto 40, e um revólver calibre 357.

Também havia 173 munições e 9 carregadores de diversos calibres, além de uma mira a laser. A princípio, nenhum passageiro assumiu a titularidade da bagagem, mas, após interrogatório, uma mulher de 30 anos, que estava bastante nervosa, acabou confirmando que a bolsa era dela.

A passageira disse que a mochila lhe havia sido entregue por uma pessoa perto da rodoviária da Capital para ser levada até Vitória e afirmou que receberia dinheiro para isso, mas não soube precisar o valor. Cães farejadores foram usados na revista ao bagageiro do ônibus, mas nada mais de ilícito foi encontrado.

A ocorrência foi registrada no Distrito Policial do município de Cruzeiro, onde a mulher foi autuada em flagrante e permaneceu presa.

Por Paulo Édson Fiore – Repórter da Jovem Pan

PM estoura fábrica de munições clandestina em Mairiporã

A Polícia Militar localizou na quinta-feira (13) uma fábrica de munições clandestina em Mairiporã, na Grande São Paulo.

Os policiais faziam um patrulhamento de rotina na região e ao abordar um veículo encontraram um saco plástico contendo munições de diversos calibres como de armas .40, .45, .380, .38, e 9 mm.

Munições de diversos calibres, como .40, .45 e .380 foram localizadas em fábrica clandestina no município de Mairiporã, na Grande São Paulo (Foto: Polícia Militar/Digulgação)

O motorista foi questionado sobre a presença dos projéteis no carro e contou que trabalhava em uma fábrica de munições.

Os policiais foram até o endereço indicado e apreenderam mais projéteis, além de barras de chumbo para serem derretidas e todo o maquinário necessário para a confecção de munições.

O motorista do carro e o homem que estava na fábrica foram detidos.

Homens tinham mais de 5 mil munições presas ao corpo

(PRF/Reprodução)

Dois homens foram presos com 5.208 projéteis presos ao corpo com fitas adesivas. O flagrante foi feito pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

A munição, de uso restrito das Forças Armadas, estava colada no abdome e nas pernas dos suspeitos, que não tiveram o nome divulgado. Ao todo, 5.005 projéteis eram de 9 milímetros, 201 de fuzil 5.56 e dois para fuzil 7,62.

Os dois homens, de 20 anos de idade, estavam em um ônibus que seguia de Foz de Iguaçu para Curitiba, no Paraná. Um dos presos declarou morar em Fazenda Rio Grande; o outro, em Araucária, municípios da região metropolitana da capital paranaense.

*com informações da Agência PRF

*erramos ao dizer no primeiro parágrafo que um homem havia sido preso. Informação corrigida

Caminhão com fuzis, munição e drogas é flagrado na marginal

Por  Bruno Bocchini

(Polícia Civil/Reprodução)

A Polícia Civil de São Paulo apreendeu hoje (9) seis fuzis, 7 mil munições e meia tonelada de maconha que estavam no fundo falso de um caminhão na capital paulista. O veículo foi abordado no acesso da Marginal Tietê, na zona oeste da cidade. O motorista, um homem de 39 anos, foi preso. Ele admitiu que tinha conhecimento da carga ilegal.

De acordo com a polícia, o caminhão veio do Paraguai e tinha como destino a capital paulista, onde a carga seria distribuída. Foram encontrados seis fuzis modelo AR 15 e 7 mil munições de calibre 556 e 762. Parte da droga teria como destino Minas Gerais.

O motorista foi autuado por tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. A Polícia Civil estimou que o crime organizado perdeu, com a apreensão, cerca de R$ 1,5 milhão. O preso será encaminhado ao 77º Departamento de Polícia de Santa Cecília. Ele deverá será encaminhado à Audiência de Custódia neste sábado (10).

Leia Também

https://spagora.com.br/metro-14-executivos-viram-reus-por-corrupcao/