Nego do Borel desaparece e equipe pede oração

Após a mãe do cantor Nego do Borel, Roseli Viana, registrar o desaparecimento do filho na delegacia, a equipe do artista se pronunciou em sua conta do Twitter, na manhã desta terça-feira (5).

“Atualização: Nego segue desaparecido. Já vamos para 24 horas sem notícias dele, e o telefone está dando desligado. Pedimos a ajuda de vocês para seguirem orando por ele, independente da crença de cada um de vocês. A família e os amigos seguem preocupados”, escreveu o administrador da conta.

A Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA) assumiu as buscas pelo cantor que está desaparecido desde a manhã desta segunda (4). O que se sabe até agora é que Nego do Borel fez contato com o seu assessor antes de desaparecer e que disse para a mãe que não o impedisse de fazer o que ele queria.

O artista está sendo investigado por suspeita de estupro no programa “A Fazenda 13”, da Record TV. Ele foi expulso depois de dormir com a modelo Dayane Melo, que estava alcoolizada em uma festa no reality show. Depois da expulsão, ele ainda gravou um vídeo com um desabafo e fez menção a tirar a própria vida.

Por TV Cultura

Nego do Borel é retirado de A Fazenda após acusação de estupro

Leno Maycon Viana Gomes, o Nego do Borel, que recentemente foi indiciado por lesão corporal contra Duda Reis, foi expulso do reality show “A Fazenda 13”, da emissora RecordTV. O cantor foi acusado, na madrugada do último sábado (25), de estuprar Dayane Mello enquanto a participante estava embriagada após uma festa.

Filmagens do programa mostram Dayane com dificuldades para se manter de pé. Em seguida, ela é colocada na mesma cama em que o cantor, que prontamente a abraça.

Veja o estado em que Dayane se encontrava:

https://twitter.com/sra_maier/status/1441692674986176514

A equipe da modelo disse, nas redes sociais, que ela estava “completamente inconsciente e sem nenhuma faculdade de suas ações na última madrugada, ela foi mais uma vez exposta a uma situação de risco a sua integridade física.”

“As devidas providências estão sendo tomadas com imagens, vídeos, falas e ações de tudo que vimos”, completou. A polícia chegou a ir à sede do reality. Horas depois da polêmica, ainda na tarde de ontem, o participante deixou o programa.

Em suas redes sociais, a assessoria de Leno afirmou que está “acompanhando as graves acusações”, e que, apesar de ser favorável às investigações, “não se deve tomar nenhuma conclusão com base em vídeos cortados e áudios embaralhados.”

Horas depois, a equipe do cantor divulgou que ele não fazia mais parte do programa. “Deixamos claro que somos a favor de que a justiça seja feita”, disse. O texto ainda pede que as pessoas “evitem julgamentos sem provas ou baseados em pequenos recortes da internet.”

Por TV Cultura