Após recuperação da covid-19, jogadores do Palmeiras participam de treino

Jogadores do palmeiras correm enquanto sorriem durante treinamento

Os jogadores do Palmeiras que estavam se recuperando após a Covid-19 realizaram um treinamento nesta quinta-feira (13) na Academia de Futebol. Entre os participantes, estava o recém-contratado Murilo.

Entre os participantes estavam o volante Gabriel Menino e o goleiro Weverton, que treinaram pela primeira vez após a contaminação. Além deles, Patrick de Paula, Gustavo Scarpa, Breno Lopes, Deyverson e Rafael Navarro, que se recuperaram recentemente, também participaram.

A comissão de Abel Ferreira fez com que os jogadores treinassem passes na entrada da área antes dos chutes frontais. Também treinaram cruzamentos laterais, dribles de estacas, ajustamento de bola e finalização.

Jogadores do palmeiras correm enquanto sorriem durante treinamento
(Cesar Greco/Palmeiras)

Os jogadores do clube que participaram do jogo-treino contra a Portuguesa na manhã da última quarta-feira (12) se apresentaram durante a tarde, às 16 horas. O time todo irá dominar o centro de excelência durante as atividades na sexta-feira (14).

O Palmeiras estreia na temporada no dia 23 contra o Novorizontino em Novo Horizonte-SP, pelo Campeonato Paulista.

Por TV Cultura

Jailson desembarca em São Paulo para assinar com o Palmeiras

Jogador Jailson comemora gol em campo.

O Palmeiras tem um acordo encaminhado com o volante Jailson por um ano. O atleta está livre no mercado após rescindir seu contrato com o Dalian Pro, da China, por atraso nos salários.

Jailson, de 26 anos, chegou na capital paulista na noite da última quinta-feira (6) com seu representante. O atleta, que teve destaque no Grêmio, deve fazer exames ainda nesta sexta-feira (7) na academia de futebol e assinar o contrato com o atual bicampeão da Libertadores.

A contratação de Jailson é uma reposição à saída de Danilo Barbosa, já que o Nice, da França, não aceitou a prorrogação do empréstimo por mais seis meses.

Jogador Jailson comemora gol em campo.
(Reprodução)

Livre no mercado desde o fim do ano passado, Jailson jogou no Fenerbahçe da Turquia e tinha propostas para retornar para a Europa, como o Galatasaray e o Porto, além de times brasileiros como o São Paulo, mas o volante preferiu fechar com o Verdão.

No Grêmio, Jailson conquistou a Copa do Brasil em 2016 e a Libertadores de 2017. Em 2018, o volante foi vendido para o Fenerbahçe (TUR), onde ficou até outubro de 2020.

Por TV Cultura

Palmeiras é tricampeão da Libertadores

Equipe do Palmeiras posicionada antes do início da final da Libertadores contra o Flamengo

Campeão em 2020, o Palmeiras voltou a conquistar a Copa Libertadores da América. Na tarde deste sábado, o time paulista superou o Flamengo por 2 a 1 e conquistou seu terceiro título da competição. A partida foi realizada no Estádio Centenário, em Montevidéu, no Uruguai.

O time paulista foi campeão em 1999, quando superou o Deportivo Cali, da Colômbia, e em 2020, quando bateu o Santos. O Palmeiras se junta a Santos, Grêmio e São Paulo como únicos tricampeões brasileiros da competição.

O primeiro tempo não poderia começar melhor para o torcedor do Palmeiras. Logo na primeira chegada, o time paulista abriu o placar com Raphael Veiga. Mayke, que só foi titular por conta da suspensão de Marcos Rocha, foi à linha de fundo e deu passe rasteiro para a grande área. Veia chutou de primeira, também rasteiro para vencer Diego Alves.

Equipe do Palmeiras posicionada antes do início da final da Libertadores contra o Flamengo
(Cesar Grecco/Palmeiras)

Mesmo atrás do placar, porém, o Flamengo tentou manter seu esquema de jogo e chegou com perigo em dois lances. Aos 16, Bruno Henrique invadiu a área, fez um corte no adversário, mas na hora do chute, foi travado por Mayke. Depois, aos 18, Gabigol completou cruzamento de cabeça, mas para fora.

A partida continuou movimentada com chances para os dois lados. Rodrigo Caio quase fez contra ao tentar afastar cruzamento. Depois, Raphael Veiga tentou chute de longa, mas Diego Alves defendeu. O Flamengo respondeu com Arrascaeta duas vezes. No primeiro chute, Weverton defendeu e, na segunda, foi travado.

Em desvantagem, o Flamengo voltou a campo mais ofensivo e levou perigo nos primeiros minutos com tentativa de Gabigol. Depois, em cobrança de escanteio, Willian Arão cabeceou muito perto da trave.

Mas o time paulista mostrou que não estava satisfeito com o 1 a 0 e também foi para cima. Aos sete, Rony bateu colocado e exigiu grande defesa de Diego Alves. Aos dez, uma das chances mais perigosas: David Luiz ficou livre na área e só não empatou por milagre de Weverton.

De tanto insistir, porém, o Flamengo chegou ao empate aos 26 minutos. Gabriel recebeu passe de Arrascaeta no lado esquerdo da área e surpreendeu Weverton ao chutar direto. A bola foi rasteira e no cantinho. Apesar das tentativas, a decisão foi mesmo para a prorrogação.

Se o gol não saiu no tempo normal, não demorou para sair na prorrogação. Logo aos quatro minutos, Deyverson, que tinha acabado de entrar no lugar de Veiga, aproveitou falha de Andreas Pereira, invadiu a área sozinho e fez o segundo. Apesar do final nervoso, o Palmeiras focou na marcação e conseguiu anular os ataques do Flamengo para conquistar o título.

Por FPF

Atlético-MG empata com Palmeiras e dá outro passo rumo ao título

Jogadores disputam bola durante partida entre Palmeiras e Atlético Mineiro

O Atlético-MG está um ponto mais perto do título do Campeonato Brasileiro, que não conquista desde 1971. Nesta quarta-feira (23), o Galo empatou em 2 a 2 com o Palmeiras no Allianz Parque, em São Paulo, pela 35ª rodada da competição.

Líder disparado, o Alvinegro foi a 75 pontos, oito a frente do Flamengo, segundo colocado, que, mais cedo nesta quarta, também ficou no 2 a 2 com o Grêmio, em Porto Alegre. Se tivessem vencido, os mineiros poderiam assegurar a taça neste domingo (28), às 16h (horário de Brasília), contra o Fluminense, no Mineirão, em Belo Horizonte.

A conquista pode vir na terça-feira (30), se o Rubro-Negro tropeçar no Ceará, no Maracanã, no Rio de Janeiro, às 20h.

Jogadores disputam bola durante partida entre Palmeiras e Atlético Mineiro
(Pedro Souza/Atlético Mg)

O compromisso foi o último do Verdão antes da final da Libertadores neste sábado (27), às 17h, diante do Flamengo, no Centenário, em Montevidéu (Uruguai). O técnico Abel Ferreira mandou a campo um time formado por reservas, sequer relacionando os principais jogadores para o banco. Os paulistas têm 59 pontos e aparecem em terceiro. O próximo duelo pela competição nacional será na terça-feira, às 22h, contra o Cuiabá, na Arena Pantanal.

Mesmo sem força máxima, o Palmeiras começou o jogo mais ligado e dando trabalho ao goleiro Everson, que salvou o Atlético duas vezes. Primeiro aos dois minutos, em finalização do atacante Wesley, na beirada da área. Depois aos 11, em cabeçada do zagueiro Benjamín Kuscevic, após cruzamento pela direita do lateral Gabriel Menino. A pressão deu resultado aos 27. Wesley foi lançado na esquerda pelo atacante Gabriel Veron, escapou da marcação do lateral Guga na área e abriu o placar.

O gol acordou o Galo, que empatou aos 35 minutos. O lateral Guilherme Arana tabelou com o volante Jair pela esquerda, invadiu a área e arrematou em cima de Jailson. O meia Matías Zaracho aproveitou o rebote do goleiro e mandou para as redes de primeira, quase na pequena área.

O Verdão retornou melhor do intervalo. Aos sete minutos, a bola explodiu no braço do zagueiro Junior Alonso, na área. A penalidade foi marcada com auxílio do árbitro de vídeo (VAR). O volante Patrick de Paula bateu, mas Everson defendeu. Na sequência, o goleiro saiu mal na cobrança de escanteio e o atacante Deyverson completou para o gol vazio, recolocando os anfitriões na frente.

Assim como no primeiro tempo, o Galo não demorou a buscar a igualdade. Aos 15 minutos, Hulk aproveitou a sobra de uma bola afastada pela zaga palmeirense e soltou uma bomba indefensável. O atacante, artilheiro do Brasileiro com 15 gols, quase virou aos 22, em cabeçada na trave, após cruzamento do meia Nacho Fernández.

Aos 34, quem ficou no quase foi o Palmeiras. O lateral Victor Luís apareceu às costas da marcação, depois do atacante Breno Lopes cruzar da direita, mas o chute, na área, foi porcima. As equipes seguiram intercalando oportunidades, mas o placar não se alterou mais.

Por Agência Brasil

Palmeiras recebe Atlético Mineiro hoje na reta final do Brasileiro

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida

O Palmeiras recebe na noite desta terça-feira (23) o Atlético-MG, líder isolado do Campeonato Brasileiro, em duelo decisivo para o Galo. O clube mineiro, após jejum de 50 anos, pode confirmar o título no próximo domingo (28) caso vença esta noite no Allianz Parque e o vice-líder Flamengo tropece diante do Grêmio, em jogo adiado da segunda rodada, também hoje (23).

O duelo Verdão x Galo, em São Paulo, válido pela 35ª rodada, será transmitido ao vivo na Rádio Nacional, com narração de  André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz, reportagem e plantão de notícias com Bruno Mendes.

A quatro dias da final da Copa LIbertadores contra o Flamengo, no Uruguai, o Palmeiras deve poupar vários titulares no embate desta noite, que marcará a despedida do time paulista diante da torcida alviverde.

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida
(Pedro Souza/Atlético MG/via Agência Brasil)

Terceiro colocado no Brasileiro,  com 58 pontos, o Verdão precisa voltar a vencer, depois de derrotas consecutivas nos últimos três jogos. A mais recente, fora de casa, para o Fortaleza, por 1 a 0. No primeiro embate das duas equipes no Brasileirão, o Verdão perdeu por 2 a 0 no Mineirão.

Abel Ferreira, técnico do Verdão, não estará à beira do campo esta noite, por suspensão pelo terceiro cartão amarelo Ele deve ser substituído pelo auxilar técnico João Martins. 

O Palmeiras deve entrar em campo com Jailson; Marcos Rocha (Gabriel Menino), Kuscevic, Renan e Jorge; Danilo Barbosa, Patrick de Paula e Matheus Fernandes; Wesley, Gabriel Veron e Deyverson (Willlian).

Embalado após quatro vitórias seguidas, o líder Atlético-MG está em contagem regressiva para voltar a levantar a taça do campeonato nacional. Com 74 pontos, o Galo pode chegar a 77 esta noite se ganhar do Verdão e se distanciar ainda mais do vice-líder Flamengo, que soma 66. Se o Rubro-Negro carioca perder ou empatar hoje com o Grêmio, o Verdão decide antecipadamente o titulo no Mineirão, contra o Fluminens, já o próximo domingo (28).  duas rodadas para o fim da competição, o time paulista ainda tem um jogo adiado da 32ª rodada, programado para 2 de dezembro. 

A provável escalação do time mineiro, comandado por Cuca, deve ser com  Everson; Mariano (Guga), Nathan Silva, Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair e Zaracho; Hulk, Diego Costa e Keno.

Por Agência Brasil

Palmeiras resiste ao jogo ofensivo do Bahia e sai de Salvador com empate

Rony disputa bola com Matheus Bahia durante partida na arena Fonte Nova. (Cesar Greco/Palmeiras)

Em seu último jogo válido pelo Campeonato Brasileiro, o Palmeiras apenas empatou com o Bahia em Salvador – e apesar do resultado não agradar em nada o concorrente ao título da competição, ele acabou saindo no lucro. Isso porque, no segundo tempo, o Tricolor baiano criou diversas oportunidades de gols, que acabaram sendo salvas por Jaílson, que foi o melhor em campo. Mas, geralmente, se o goleiro é o melhor do jogo, isso não é lá um bom sinal. 

Guto Ferreira acabou de assumir o comando do Bahia, e apesar de não ter conseguido ainda mudar totalmente a cara do time, é notável uma certa reformulação. Ele entrou em campo com a formação 4-1-4-1, com Patrick de Lucca ocupando a posição de primeiro volante, ficando atrás de uma linha de quatro jogadores formada por Daniel, Juninho Capixaba, Raí e Mugni, e Gilberto ficando mais a frente. 

No primeiro tempo, o Tricolor de Aço não conseguiu agredir o Verdão, e a equipe comandada por Abel Ferreira conseguiu criar mais chances, mas não conseguiu convertê-las em gol. Dentre essas poucas oportunidades, talvez a melhor foi uma finalização do Luiz Adriano da entrada da área, que acabou parando nas mãos do goleiro Danilo Fernandes. 

Na segunda etapa, o Bahia retornou com a mesma formação, e dessa vez marcou sob pressão no campo de ataque, conseguindo facilmente quatro desarmes na saída de bola do Palmeiras, e acabou aquando o time paulista no campo de defesa, finalizando oito vezes ao gol, sendo que Jaílson trabalhou bastante, realizando ao menos três defesas difíceis. 

O Porco ainda acabou perdendo Gabriel Menino por conta de uma torção no pé esquerdo – então, Abel teve que improvisar Rony como lateral-direito e recuou ainda mais o time. Com isso, o Palmeiras resistiu ao Bahia até o apito final, sofrendo uma pressão absurda, e acabou saindo no lucro ao garantir ao menos um ponto. Já o Bahia não conseguiu a desejada vitória e segue em sua luta contra o rebaixamento. O Tricolor jogando ofensivamente talvez tenha chance de se salvar da zona da degola, e Guto Ferreira já confirmou que sempre montará times ofensivos caso os jogadores do seu elenco tenham essa característica. Basta lembrar que ele organizou times com o foco no ataque em sua passagem pelas divisões de base do São Paulo, quando lançou futebolistas como Émerson Sheik, Edu, Fábio Simplício, Fabiano e Fábio Aurélio. 

Precisando recuperar o futebol para a Libertadores e Brasileirão

Estamos cansados de saber que o Palmeiras conseguiu sua vaga para a grande final da Copa Libertadores a duras penas. E o confronto contra o Flamengo valendo o título mais importante do futebol da América Latina tem movimentado e muito as casas de apostas com bônus, onde os torcedores têm aproveitado essa facilidade para aumentarem seu saldo e incrementarem seus palpites. As plataformas de palpites ainda oferecem uma grande diversidade de apostas, que podem ser desde o resultado da partida ao número de cartões, impedimentos ou escanteios, conciliando pitacos para todos os gostos. 

Mas, apesar de ter grandes chances de conquistar o título da Libertadores, o Palmeiras precisa recuperar o bom futebol do início da temporada, já que a equipe soma sete derrotas em 11 jogos. E de líder do Brasileirão na 14ª rodada, agora o time pode cair para o sétimo lugar, caso seja derrotado pelo Internacional no domingo. 

Não adianta para o Porco somente focar no torneio internacional, porque o futebol apresentado ultimamente não deve ser o suficiente para superar o Flamengo, que vem embalado e em um crescente de vitórias, mesmo com vários desfalques. Infelizmente, o Alviverde tem demonstrado mais do que nunca o desgaste da longa temporada, já que são 77 partidas disputadas apenas em 2021, e caso o time não encontre um jeito de se reestruturar no Brasileirão nas próximas semanas, possivelmente será derrotado pelo Flamengo na final da Libertadores, em Montevidéu no dia 27 de novembro.

Palmeiras e Atlético MG decidem vaga na final da Libertadores

Jogadores do Palmeiras e do Atlético Mineiro disputam bola durante partida
(Pedro Souza/Atlético MG/via Agência Brasil)

Atlético-MG e Palmeiras decidem nesta terça-feira (28), a partir das 21h30 (horário de Brasília) no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte, quem será o primeiro finalista da atual edição da Libertadores. A Rádio Nacional transmite a partida ao vivo.

Após o empate em 0 a 0 no jogo de ida, na última semana em São Paulo, o Galo precisa vencer para se classificar à sua segunda decisão da competição continental. Em 2013, o Atlético-MG foi campeão superando o Olímpia (Paraguai) na final. Já o Palmeiras segue adiante até mesmo empatando com gols. Em caso de novo 0 a 0, a decisão será na disputa de pênaltis.

A equipe comandada pelo técnico Abel Ferreira não tem nenhum desfalque para a decisão. O provável Verdão será: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Dudu; Rony e Luiz Adriano.

Do lado dos donos da casa a expectativa é sobre o aproveitamento do trio Diego Costa, Keno e Savarino. O ex-jogador do Chelsea (Inglaterra) se lesionou na coxa no primeiro confronto contra os paulistas e dificilmente deve ir a campo nesta noite.

Já o venezuelano Savarino já está na fase de transição de uma lesão na coxa e tem chances de jogar. Dos três, aquele que parece mais perto do retorno é Keno. Com um quadro de virose, o atacante não foi relacionado para o jogo do final de semana contra o São Paulo pelo Brasileiro. Porém, tem presença quase certa no grupo para o jogo da noite desta terça-feira. Ainda com essas dúvidas, o provável Galo é: Everson; Mariano, Nathan Silva, Júnior Alonso e Guilherme Arana; Allan, Jair, Zaracho e Nacho; Hulk e Keno (Vargas).

Transmissão da Rádio Nacional

Rádio Nacional transmite Atlético-MG e Palmeiras ao vivo com narração de André Marques, comentários de Mario Silva, reportagens de Maurício Costa e plantão de Bruno Mendes. Você acompanha o Show de Bola Nacional aqui:

https://aovivo.ebc.com.br/embed-audio.html?emissora=radio-nacional-do-rio-de-janeiro

Palmeiras e Corinthians duelam na final do Brasileiro

(Fabio Menotti/Palmeiras/via Agência Brasil)

Palmeiras e Corinthians farão a grande final da Série A1 do Brasileiro Feminino. Esta será a primeira oportunidade na qual a competição será definido em um Dérbi. As datas, locais e horários do jogos decisivos serão anunciados nos próximos dias.

O Corinthians se classificou para a grande decisão após derrotar a Ferroviária, no último domingo (5), por 3 a 1. Os gols do Timão saíram dos pés de Erika, Gabi Zanotti e Gessica (contra), enquanto Rafa Mineira descontou para a equipe de Araraquara. O time do Parque São Jorge também venceu o confronto de ida por 3 a 1.

Já o Palmeiras alcançou a final após golear o Internacional por 4 a 1 em jogo realizado no Allianz Parque. O Verdão triunfou com gols de Chu (2), Maria Alves e Katrine, enquanto Mileninha descontou para as coloradas. Na partida de ida, no Rio Grande do Sul, a equipe paulista triunfou por 1 a 0.

Na decisão, o Corinthians terá o direito fazer o segundo jogo em casa, por ter feito a melhor campanha ao longo da competição.

Por Agência Brasil

São Paulo e Palmeiras duelam pelas quartas de final da Libertadores

(Cesar Greco/Palmeiras/via Agência Brasil)

É hora de Libertadores para São Paulo e Palmeiras! O clássico Choque-Rei começa a decidir, nesta terça (10), às 21h30 (horário de Brasília), quem vai para as semifinais da competição. A primeira partida deste duelo brasileiro será no Morumbi. Os donos da casa vêm de vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR.

Nos últimos sete jogos, foram quatro vitórias do São Paulo e três empates, que levou o título deste ano do Paulistão sobre o Palmeiras. A Rádio Nacional transmite o Choque-Rei com narração de Rodrigo Campos, comentários de Mário Silva, reportagem de Rodrigo Ricardo e plantão de Luiz Ferreira.

Por conta de questões contratuais, Daniel Alves é dúvida para o técnico Hernán Crespo. O argentino também faz mistério quanto ao sistema tático do Tricolor Paulista.  “Independente do Palmeiras, temos que ter alternativas e protagonistas do jogo”.

O Palmeiras vem de derrota para o Fortaleza por 3 a 2, dentro da Arena Allianz Park. Para o português Abel Ferreira, o Brasileirão é uma maratona, diferente da Libertadores. “Vamos entrar numa prova diferente, eliminatória em jogo de ida e volta”.

Por Rodrigo Ricardo, da Agência Brasil

Palmeiras vence e está nas quartas de final da Libertadores

Marcos Rocha comemora seu gol contra o Universidad Católica (Cesar Greco/Palmeiras)

O Palmeiras venceu o Universidad Católica-CHI na noite desta quarta-feira (21), no Allianz Parque, por 1 a 0 (gol de Marcos Rocha, no primeiro tempo), pelo jogo de volta das oitavas de final da CONMEBOL Libertadores 2021 e garantiu vaga às quartas de final – no jogo de ida, havia batido o time chileno por 1 a 0 (com gol de Raphael Veiga, de pênalti) em Santiago-CHI. O avanço de fase coloca o Verdão frente a frente com o rival São Paulo na próxima fase do Continental.

A partida de hoje rendeu um novo recorde ao Verdão: ao ter entrado em campo nesta noite pelo Continental, o Verdão se tornou o time brasileiro com mais jogos na história da competição internacional, ao lado do Grêmio, com 205 duelos pelo torneio.

Vale destacar ainda que, além do recorde obtido, o Maior Campeão do Brasil atualizou outras marcas que já pertenciam a si próprio no Continental, como, por exemplo, a de time brasileiro que mais jogos venceu pela Libertadores (119 com este), contra 108 do Grêmio; e a de ser o time brasileiro com mais gols como mandante na Liberta (230 com o de Marcos Rocha), à frente do Cruzeiro, segundo colocado no quesito, com 201 tentos em seus domínios.

Tradicional na competição, o Verdão também possui outros recordes e marcas históricas, como as de ser o time brasileiro com mais vitórias (44) e gols (154) fora de casa. Esta é a 21ª Libertadores que o Palmeiras disputa, o que faz da agremiação palestrina o clube brasileiro com mais edições disputadas, ao lado de Grêmio e São Paulo.

Com o resultado, o Verdão segue sem nunca ter perdido para o Universidad Católica-CHI em sua história: foram sete partidas disputadas em toda a história até aqui já com a desta noite, com seis vitórias alviverdes e um empate (14 gols marcados e quatro gols sofridos).

Com o triunfo, de quebra, o time comandado pelo português Abel Ferreira chegou à oitava vitória seguida. Esta é a segunda vez que isso acontece na Era Abel, pois, entre outubro e novembro de 2020, o Verdão emplacou oito triunfos contra o Tigre-ARG, Atlético-GO, Bragantino, Atlético-MG, novamente o Bragantino, Vasco da Gama, Ceará e Fluminense.

Desta forma, o time está a um resultado positivo de alcançar nove vitórias seguidas caso isso se confirme no próximo compromisso do Verdão, no próximo final de semana, pelo Brasileirão, contra o Fluminense. A última vez em que o Verdão chegou a nove triunfos seguidos foi com Felipão entre maio e junho de 2019 (na ocasião, foi ainda além, chegando a dez vitórias seguidas, superando, pela ordem, o Internacional, o San Lorenzo-ARG, o Atlético-MG, o Santos, o Sampaio Corrêa-MA, o Botafogo-RJ, novamente o Sampaio Corrêa-MA, a Chapecoense, o Athletico-PR e o Avaí).

O Palmeiras melhorou ainda o seu ótimo retrospecto em jogos de mata-mata no Allianz Parque, inaugurado em 2014. A arena do Verdão, por qualquer competição (Copa do Brasil, Libertadores e Paulista), já recebeu 23 jogos decisivos cujo duelo de volta acontecia na casa palmeirense. Deste total, na grande maioria das vezes o Verdão saiu vencedor, avançando de fase ou conquistando o título 18 vezes, contra apenas cinco vezes em que ficou pelo caminho ou com o vice-campeonato. E levando em conta apenas a Libertadores neste cenário, foram oito duelos decisivos no Allianz Parque, dos quais o Verdão saiu classificado ou campeão em seis deles contra duas derrotas!

ASPECTOS INDIVIDUAIS

WEVERTON: Individualmente, Weverton se tornou o jogador com mais vitórias por Libertadores na história do Palmeiras (nesta noite, empatou com os números do ex-goleiro Marcos e agora divide o topo). Vale lembrar que o atual arqueiro é apenas o quarto atleta que mais jogou partidas de Libertadores na história do clube palmeirense, com 36 duelos (empatado com Dudu). Entretanto, seu retrospecto pé quente, com 27 vitórias nestes 36 duelos disputados, o fez igualar o ídolo Marcos, seu companheiro de posição. O eterno camisa 12 soma 27 triunfos em 57 jogos de Libertadores – aliás, é o recordista de partidas pelo Verdão na Libertadores (na segunda posição, aparece Alex, com 39, e na terceira colocação, Galeno, com 38).

ABEL FERREIRA: Abel Ferreira, que já havia ultrapassado Oswaldo Brandão em número de jogos pela Libertadores no compromisso de ida contra o Universidad Católica-CHI e se isolado na terceira posição dos técnicos que mais dirigiram o Verdão na Libertadores agora ampliou seu saldo na colocação, com 15 duelos. Apenas Luiz Felipe Scolari, o Felipão (43 jogos) e Vanderlei Luxemburgo (25 jogos) comandaram o Palmeiras mais vezes do que Abel pelo Continental.

Vale destacar também que nas últimas 12 partidas o Verdão fez gol em todos os jogos (marcou 22 vezes neste período, média de 2 gols por partida). O bom retrospecto ofensivo é um mérito antigo do treinador Abel Ferreira, já que, desde que ele assumiu o Verdão em 05/11/2020, nenhum time da elite do futebol brasileiro marcou mais gols do que o Palmeiras: foram 126 bolas na rede em 76 partidas na era Abel Ferreira (contabilizam-se também eventuais duelos nos quais os auxiliares de Abel precisaram dirigir o Verdão devido ausência do treinador por suspensão ou outros motivos quaisquer).

Por Palmeiras