Cerimônia reservada: Despedida de Paulo Gustavo será amanhã

O corpo do ator e comediante Paulo Gustavo será cremado amanhã (6), em cerimônia reservada à família e aos amigos mais próximos. Segundo a assessoria de imprensa do artista, as informações de local e horário não serão divulgadas, para evitar aglomerações em meio à pandemia de covid-19.

Paulo Gustavo faleceu na noite de ontem (4), de complicações decorrentes da doença causada pelo novo coronavírus, aos 42 anos. Ele estava internado desde o dia 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. O ator deixa marido, o médico Thales Bretas, e dois filhos gêmeos, Romeu e Gael, de um ano e oito meses.

Homenagens em Niterói

A prefeitura de Niterói publicou nota de pesar pela morte de Paulo Gustavo e decretou luto oficial de três dias. Aderindo ao chamado das redes sociais, a prefeitura convida a população da cidade a fazer um minuto de aplausos em memória do artista, hoje às 20h.

Há, ainda, a intenção de mudar o nome da Rua Coronel Moreira César, em Icaraí, para Rua Ator Paulo Gustavo. Para isso, a prefeitura lançou hoje uma consulta pública pela plataforma Colab, que fica aberta até sábado (8).

O coronel Moreira César foi um militar brasileiro nascido em Pindamonhangaba (SP) em 1850, que morreu em 4 de março de 1897 após ser ferido na campanha contra a comunidade de Belo Monte, na Bahia, no que ficou conhecido como Guerra de Canudos.

O ator nasceu na cidade da região metropolitana do Rio de Janeiro e iniciou a carreira em 2006, quando foi indicado ao prêmio Shell no ano de estreia do espetáculo Minha Mãe é uma Peça, comédia que montou para o teatro e que o consagrou nacionalmente quando foi adaptada para o cinema. Na telona, a cidade de Niterói é cenário para as peripécias de Dona Hermínia, a personagem criada por ele.

Por Akemi Nitahara – Repórter da Agência Brasil 

“Paulo Gustavo é a expressão da alegria brasileira”, diz Caetano Veloso

Após semanas internado com covid-19, o ator e humorista Paulo Gustavo morreu nesta terça-feira (04/05), vítima da covid-19 e suas complicações. Ele tinha apenas 42 anos e estreou o longa-metragem de maior bilheteria do cinema nacional.

Com uma trajetória de sucesso no teatro, na televisão e no cinema, o ator nascido em Niterói começou a ganhar visibilidade aos 26 anos, em 2004, ao participar da peça “Surto”, na qual interpretou, pela primeira vez, a famosa personagem “Dona Hermínia”, que se tornou um marco em sua carreira e foi inspirada na mãe do ator.

A personagem ganhou peça de teatro e, posteriormente, uma trilogia no cinema, que vendeu cerca de 22 milhões de ingressos. O terceiro filme da sequência, Minha mãe é uma peça 3, de 2019, se tornou o maior êxito de bilheteira da história do cinema brasileiro.

O ator estava na UTI devido à covid-19 desde 13 de março. Ele foi intubado e chegou a necessitar da ajuda de uma espécie de pulmão artificial. Por fim, teve uma embolia. Ele deixa dois filhos pequenos e o marido, o médico Thales Bretas.

A morte de Paulo Gustavo foi lamentada no meio artístico, com uma série de homenagens nas redes sociais e alertas sobre a gravidade da pandemia:

“O mundo perde um gênio do humor. Hoje a vida perdeu um pouco da graça. O Brasil perde um pedaço precioso seu. Que triste é ter que viver num mundo sem Paulo Gustavo”, escreveu o ator e humorista Fabio Prochat no Twitter.

O youtuber Felipe Neto, também descreveu Paulo Gustavo como um gênio: “Que magnitude tinha o seu passo, sua voz, seu humor. Que absurdo era o seu talento e que dor deixa em nós, por termos visto tão pouco. Porém, mesmo em pouco, vimos tudo. O tudo de um gênio, o tudo de um transformador, de um ídolo, de um mestre”, escreveu no Instagram.

“Aplaudam o grande Paulo Gustavo! O maior comediante que eu já vi!”, escreveu a humorista e
apresentadora Tatá Werneck no Instagram, alertando para a gravidade da pandemia: “Prestem atenção: não deixem essa dor ser em vão. Entendam a gravidade dessa pandemia. Usem máscara. Álcool gel. Distanciamento social. Por favor. Não deixem essa dor ser em vão. Não deixem 400 mil vidas em vão.”

Para Caetano Veloso, Paulo Gustavo é “a expressão da alegria brasileira”. “O povo brasileiro, que encheu os cinemas para rir com Paulo Gustavo, está de luto. E deve revoltar-se contra os responsáveis por nossa vulnerabilidade frente à pandemia que nos tirou essa pessoa amada por representar nossa vocação para o SIM”, escreveu no Twitter.

“A Alegria está triste”, escreveu o apresentador Serginho Gorisman.

“Descanse em Paz meu irmão, você iluminou nossas vidas aqui na terra e agora vai iluminar aí de cima!!!”, lamentou a cantora Preta Gil.

“Assassinos de Paulo Gustavo : quem dizia ‘é só uma gripezinha’; ‘não passa de 200 mortes’; ‘cloroquina resolve’; ‘gente morre todo dia’; ‘Lockdown destrói o país’; ‘máscara nos faz respirar ar viciado’; ‘eu obedeço o comandante’. E por aí vai. Canalhas da pior espécie”, escreveu o escritor Paulo Coelho.

A atriz Mônica Martelli, grande amiga do ator, postou a seguinte mensagem no Instagram: “Meu irmão, eu te amo e pra sempre vou te amar.  Você foi muito bravo e agora pode descansar. Vamos lembrar de você sempre assim. Sorrindo, criando, fazendo o Brasil gargalhar.”

“Um país que gargalha é um país melhor. Muito obrigado. Vá em paz”, escreveu o ator Humberto Carrão.

A ex-presidente Dilma Rousseff disse que “O Brasil perde um ator extraordinário”.

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, também usou as redes sociais para lamentar a morte do ator.

* Com Deutsche Welle

lf (ots)

Paulo Gustavo morre de Covid aos 42 anos, no Rio de Janeiro

Paulo Gustavo morre de Covid aos 42 anos, no Rio de Janeiro
Novo boletim médico disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais(Divulgação)

O ator e humorista Paulo Gustavo morreu no Rio nesta terça-feira (4), aos 42 anos, de complicações da Covid-19.

O criador de Dona Hermínia — e de outros personagens inesquecíveis — estava internado desde 13 de março no Hospital Copa Star, em Copacabana, na Zona Sul.

A piora no quadro de saúde do ator aconteceu na noite de domingo (2). Paulo Gustavo vinha apresentando melhoras significativas, chegou a ter redução de sedativos e bloqueadores e interagir com médicos e também com o marido, Thales Bretas. À noite, no entanto, sofreu uma embolia pulmonar.

Nesta terça, novo boletim disse que o ator estava com quadro irreversível, mas mantinha os sinais vitais. Às 21h12, no entanto, foi constatada a morte de Paulo Gustavo.

Biografia

Paulo Gustavo Amaral Monteiro de Barros nasceu em Niterói em 30 de outubro de 1978 e estudou teatro na Casa das Artes de Laranjeiras, no Rio, na mesma turma de Fábio Porchat.

A primeira peça da qual participou foi “O surto”, em que dividia a direção com Fernando Caruso, em 2004. Foi no espetáculo que apresentou pela primeira vez a personagem Dona Hermínia, que marcaria sua carreira para sempre.

A mãe superprotetora e hilária ganhou peça própria em 2006 e chegou ao cinema sete anos depois.

Recorde de bilheteria

Somados, os três filmes de “Minha mãe é uma peça” venderam mais de 26 milhões de ingressos entre 2013 e 2020. O terceiro filme teve a maior arrecadação da história do cinema brasileiro, com R$ 182 milhões de bilheteria.

Além do sucesso de Dona Hermínia, o ator se destacou pelos filmes “Minha Vida em Marte” (2018) e “Os Homens São de Marte… e é para lá que eu vou” (2014), nos quais contracenou com a atriz e amiga Mônica Martelli. Ele interpretou o personagem Aníbal em ambas as comédias.

Paulo Gustavo na TV

Na televisão, Paulo apresentou em 2011 o programa “220 Volts”, do Multishow. Dois anos depois, no mesmo canal, ele passou integrar o elenco da sitcom “Vai que cola”, vivendo o malandro Valdomiro Lacerda. O personagem foi um sucesso também na adaptação para o cinema, em 2015.

Ainda no Multishow, o ator protagonizou, ao lado de Katiuscia Canoro, a série “A vila”. Na produção, ele interpretou o ex-palhaço Rique.

Ele também foi o apresentador de várias edições do Prêmio Multishow.

Paulo Gustavo sofre embolia e seu estado de saúde é grave

Paulo Gustavo tem piora grave após sofrer embolia
Paulo Gustavo sofrer embolia e seu estado de saúde é grave
Paulo Gustavo foi internado em um hospital no Rio de Janeiro no dia 13 de março(Divulgação/Redes Sociais)

Paulo Gustavo sofreu uma piora em seu estado de saúde. Em comunicado enviado pela assessoria de imprensa, é informado que o ator teve uma embolia devido à uma fístula bronquíolo-venosa – abertura entre os pulmões e as veias. O humorista, de 42 anos de idade, está internado desde o dia 13 de março com quadro de Covid-19 em um hospital no Rio de Janeiro.

Paulo Gustavo permanece no Serviço de Terapia Intensiva e nas últimas 24 horas surgiram complicações graves. Depois de alguma melhora, Paulo Gustavo subitamente piorou no dia de ontem.

A equipe médica emitiu, hoje, novo boletim: ‘Ontem à tarde, após redução dos sedativos e do bloqueador neuromuscular, o paciente acordou e interagiu bem com a equipe profissional e com o seu marido”, diz a nota enviada à imprensa.

“À noite, subitamente, houve piora acentuada do nível de consciência e dos sinais vitais, quando novos exames demonstraram ter havido embolia gasosa disseminada, incluindo o sistema nervoso central, em decorrência de uma fístula bronquíolo-venosa.

Infelizmente, a situação clínica atual é instável e de extrema gravidade. A família do ator continua agradecendo todo o carinho e pedindo orações para uma recuperação de Paulo Gustavo, assim como das demais pessoas acometidas por essa doença terrível”, conclui o comunicado.

Internação de Paulo Gustavo

O humorista Paulo Gustavo, conhecido por Minha Mãe é Uma Peça e Vai Que Cola, foi internado em um hospital no Rio de Janeiro no dia 13 de março. No dia 21 de março, uma semana mais tarde, foi informado que o ator havia sido intubado “para ser tratado de forma mais segura”.

Após apresentar alguns sinais de recuperação, Paulo teve uma piora no começo de abril e teve que ser submetido ao tratamento com a ECMO – uma técnica de Oxigenação por Membrana Extracorpórea.

A ECMO funciona como pulmões e coração artificiais em pacientes que estão com os órgãos comprometidos e tem sido utilizado em casos graves de pacientes com Covid-19. Enquanto os respiradores auxiliam em fornecer mais oxigênio para os pacientes, a ECMO serve como um segundo pulmão, para que a pessoa tenha maiores condições clínicas para a recuperação.

Dias mais tarde, Paulo foi submetido à uma pleuroscopia, quando foi identificada uma fístula bronco-pleural que impedia a adequada ventilação mecânica. Na mesma semana, ele precisou de uma transfusão de sangue, fazendo com que seu marido, Thales Bretas, começasse uma grande campanha por doações nas redes sociais.

Além do médico, a irmã, Juliana, e a mãe, Dona Déa Lucia, têm pedido orações por Paulo no Instagram. Na semana seguinte, em 15 de abril, foi informado pela primeira vez que o quadro de Paulo havia estabilizado, desde então ele não apresentou novos sinais de piora preocupantes.

Nas redes sociais, amigos famosos pediram orações e publicaram mensagens positivas para Paulo Gustavo. Tatá Werneck, Monica Martelli, Ingrid Guimarães, Marcus Majella, Juliana Paes, entre outras dezenas de celebridades mostraram seu apoio ao humorista e a sua família.

*Com informações do portal Quem

Apesar de grave, quadro de Paulo Gustavo melhora

Paulo Gustavo e Thales Bretas são pais de duas crianças (Reprodução)

Apesar de ainda ser considerado um quadro grave, o ator Paulo Gustavo apresentou uma melhor nas últimas 48 horas, segundo boletim divulgado, hoje (15), pela equipe médica e publicado por Hugo Gloss. O avanço destacado pelos médicos diz respeito a hemorragias, que vinham desafiando os profissionais.

“Finalmente conseguimos sanar as fístulas bronco-pleurais identificadas. Nas últimas 48 horas, também observamos a normalização da coagulação com o tratamento instituído e não mais detectamos sinais de hemorragias”, diz a nota.

O comediante está internado há mais de um mês e recebe tratamento em Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Ele é casado com o médico Thales Bretas e os dois são pais de duas crianças.

No boletim de hoje, os médicos ressaltam que o quadro, apesar de crítico, tem deixado os profissionais confiantes na recuperação do ator.

“Estamos cientes de que ainda temos um caminho pela frente. A dedicação e a experiência dos médicos e demais profissionais do hospital têm proporcionado o melhor tratamento ao paciente, seguindo o que há de mais atual conforme os principais centros hospitalares internacionais. O paciente permanece utilizando ventilação mecânica e ECMO”, finaliza o comunicado.

Paulo Gustavo é entubado para tratar da covid-19

Paulo Gustavo, ator (Reprodução)

O ator Paulo Gustavo foi intubado no Rio de Janeiro por conta de complicações geradas pela Covid-19. A informação foi confirmada nesta segunda-feira (22) pelo marido do artista, o médico Thales Bretas, por meio de uma rede social. “Hoje o amor a minha vida Paulo Gustavo tomou mais um passo na cura da infecção pelo COVID-19. Foi sedado e intubado para que a cura consiga se estabelecer nos seus pulmões sem cansá-lo tanto com a falta de ar que o incomodava.” 

Paulo Gustavo foi internado devido à doença em um hospital do Rio de Janeiro, em 13 de março. Segundo a assessoria do artista, ele foi internado por orientação médica, para que seu quadro fosse melhor acompanhado. 

Em nota enviada ao site da TV Cultura, a assessoria do ator informou que “em plena consciência de seu estado, [o artista] necessitou entrar em ventilação mecânica invasiva para ser tratado de forma mais segura.Todas as medidas de segurança estão sendo tomadas e a equipe profissional que o atende permanece confiante na sua plena recuperação. A família do ator agradece aos fãs pelo carinho e pede que continuem a enviar boas energias e orações para sua recuperação, assim como de todos os brasileiros que se encontram na mesma situação.”

Por TV Cultura

Paulo Gustavo é internado com Covid-19

Paulo Gustavo tem piora grave após sofrer embolia

O ator Paulo Gustavo foi internado no último sábado (13) em um hospital do Rio de Janeiro com um quadro de Covid-19. A assessoria do artista confirmou a informação.

De acordo com a equipe, Paulo Gustavo foi internado por orientação médica para fazer um melhor acompanhamento. O ator agradeceu as mensagens de apoio por sua recuperação.

Detalhes sobre o estado de saúde e o local da internação não foram divulgados.