Fiscalização é reforçada nas rodovias federais

(PRF/Reprodução)

Com a chegada dos feriados de fim de ano e o aumento no fluxo de veículos nas estradas, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) reforçará em todo o país a segurança em trechos estratégicos das rodovias, enfatizando as ações preventivas para redução da violência e acidentes de trânsito. A meta é garantir a segurança viária, o conforto e a fluidez do trânsito.

Segundo informações da PRF, a fiscalização e o policiamento serão intensificados por meio de rondas ostensivas nas rodovias e do posicionamento estratégico de viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados e considerados pontos críticos, pelo alto índice de acidentes e pela elevada taxa de cometimento de infrações de trânsito.

Entre as orientações da PFR para quem vai viajar, figura a revisão preventiva do veículo mesmo para pequenas viagens. Os cuidados incluem pneus em bom estado e a calibragem adequada; revisão do motor, com óleo e nível da água do radiador corretos; equipamentos obrigatórios, como pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

É preciso ainda lembrar de manter os faróis acesos para ser visto pelos outros carros e sempre prestar atenção às placas de limite de velocidade e condições de ultrapassagem. Nos dias chuvosos o cuidado deve ser redobrado, com a velocidade moderada, andando sempre à direita da via, mantendo distância segura do outro veículo que segue na frente e evitando manobras e freadas bruscas. Todos os ocupantes do veículo devem usar o cinto de segurança.

Hipnose rodoviária

A Polícia Rodoviária Federal orienta os motoristas para que programem paradas a cada três horas no caso de viagens mais longas para evitar a hipnose rodoviária, estado em que os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção do que está acontecendo. Nesses casos, a pessoa sente sono e tem perda de reflexos e de força motora. 

“Buscar evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros”, diz a PRF.

A Arteris, concessionária que administra 3.200 km de rodovias nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Santa Catarina e Paraná, lembra que o motorista deve listar as praças de pedágio do trajeto para planejar seus gastos e evitar muito tempo de manuseio com o dinheiro. 

A empresa indica que, sempre que possível, o motorista utilize as cabines de cobrança automática para agilizar o percurso e evitar o contato com o papel-moeda.

A concessionária também alerta para que o excesso de peso seja evitado, já que o freio é afetado pela carga extra, principalmente em regiões de serra, podendo causar problemas mecânicos e acidentes.

Por Flávia Albuquerque – Repórter da Agência Brasil

PRF apreende carga de cocaína em rodovia federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) realizou sua maior apreensão de cocaína deste ano. Mais de 1 tonelada da droga foi encontrada dentro de uma carreta estacionada no pátio de um posto de combustível, na altura do quilômetro 637, da Rodovia Fernão Dias (BR 381), em Santo Antônio do Amparo, em Minas Gerais, nessa segunda-feira (16).

A apreensão ocorreu durante procedimento de fiscalização, depois que os policiais rodoviários desconfiaram de dois veículos com placas de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, que faziam pernoite no local. Ao fazerem a abordagem dos condutores, os agentes perceberam várias contradições nas informações repassadas, como o motivo do automóvel estar fazendo a viagem junto com a carreta.



Ao vistoriarem o carro e a carreta, que transportava luvas para procedimentos cirúrgicos, os policiais rodoviários localizaram no baú da carreta cerca de 1.120 tabletes de cocaína escondidos dentro de 34 bolsas de viagem, com peso total de aproximadamente 1.120 kg da droga.

Após a identificação da droga os dois motoristas foram detidos e confessaram estar juntos porque o automóvel fazia a escolta da carreta com intuito de informar sobre possíveis ações policiais no decorrer da viagem, que saiu do interior de Santa Catarina e iria para a Itabuna, na Bahia.

A cocaína foi apreendida e os dois motoristas detidos e encaminhados para a Polícia Federal em Belo Horizonte.

Mortes em rodovias federais aumentam no Carnaval

O número de mortes nas rodovias federais de todo país aumentou em 8% durante o período de carnaval. Segundo balanço preliminar da Operação Carnaval 2020, da Polícia Rodoviária Federal (PRF), divulgado nesta quinta-feira (27), também foi registrado um crescimento de 6% no número de feridos em relação a 2019.

Os atropelamentos de pessoas, saídas de pista e colisões frontais foram responsáveis por 68% das mortes no período. Os estados de Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais e Paraná concentraram 51% dos óbitos. Ao todo, a PRF registrou 1.213 acidentes, 1.574 feridos e 91 mortos.

A PRF registrou 10.899 ultrapassagens indevidas, correspondente a mais 24% em relação ao ano passado; e uso de celular, com 434 condutores autuados, significando mais 57% autuações.

Segundo a PRF, as ações da Operação Carnaval 2020 envolveram um efetivo com mais de 10 mil profissionais durante o período carnavalesco. Apesar do aumento de casos de mortes e feridos, a corporação registrou uma diminuição de 3% no número de acidentes.

De acordo com balanço, análise prévia da PRF sobre as causas aponta que 87% das mortes poderiam ter sido evitadas, pois tiveram a causa preliminar apontada relacionada a comportamento de risco por parte de condutores e pedestres.

Número de acidentes de trânsito:

 20192020variação
AC36100%
AL91233,3%
AM31-66,7%
AP3-100%
BA61621,6%
CE4230-28,6%
DF171911,8%
ES50548%
GO6962-10,1%
MA2116-23,8%
MG15317816,3%
MS3228-12,5%
MT3433-2,9%
PA171911,8%
PB213357,1%
PE40437,5%
PI3025-16,7%
PR152137-9,9%
RJ718215,5%
RN1030200%
RO192426,3%
RR76-14,3%
RS718418,3%
SC155133-14,2%
SE118-27,3%
SP7675-1,3%
TO510100%
Total Geral1.1821.2102.4%

Mortes no trânsito:

 20192020variação
AC00
AL220%
AM00
AP00
BA311266,7%
CE21-50%
DF00
ES53-40%
GO17600%
MA54-20%
MG91233,3%
MS32-33,3%
MT40-100%
PA24100%
PB20-100%
PE74-42,9%
PI31-66,7%
PR81137,5%
RJ72-71,4%
RN00
RO12100%
RR21-50%
RS6716,7%
SC413225%
SE10-100%
SP330%
TO41-75%
Total Geral84919,3%

Réveillon: PRF registra 70 mortes em rodovias federais

Por Jonas Valente

Radares foram usados para fiscalizar motoristas e evitar excesso na velocidade
(Agência PRF/Reprodução)


O feriado de ano-novo foi menos violento do que o do ano passado em rodovias federais. Entre 28 de dezembro e 1º de janeiro, foram registradas 70 mortes e um total de 863 acidentes. No mesmo período no réveillon do ano passado foram contabilizados 75 óbitos e 914 acidentes de trânsito.

Os números foram divulgados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) hoje (2) dentro do balanço da Operação Ano-Novo, realizada pela corporação.

De acordo com a PRF, cerca de 139,5 mil pessoas e 134 mil veículos foram fiscalizados durante a operação.

Os números foram menores também do que do feriado de Natal deste ano, realizada entre 21 e 25 de dezembro. Na Operação Natal foram registrados 1.134 acidentes, sendo 97 com vítimas fatais.

Tipos de infração

As infrações mais comuns captadas nas ações de fiscalização foram a ultrapassagem em locais proibidos (como acostamentos e curvas) e o ato de dirigir tendo ingerido alguma quantidade de bebida alcoólica.

Os agentes flagraram 1.343 motoristas que beberam e dirigiram veículos nas rodovias, detendo 113 destes. Um total de 115 mil testes do bafômetro foram aplicados. No Natal, o número foi ainda maior: a fiscalização encontrou 1.592 pessoas nessa situação, o que ocasionou 163 detenções.

Já a ultrapassagem em local proibido ou fazendo uso de manobras arriscadas foi flagrada em 4.986 ocasiões. Entre outras modalidades de infração estão a condução de moto sem capacete (735), a ausência do uso de segurança (2.313 passageiros e 1.627 motoristas), além do uso de celular durante o trajeto (114).

Educação

Segundo a PRF, além das ações de fiscalização a Operação Ano-Novo também contou com iniciativas pedagógicas de conscientização dos motoristas. No total, mais de 40 mil pessoas foram mobilizadas neste tipo de medida.

Vai até amanhã prazo para volta de radares a rodovias

Por André Richter

(Agência PRF/Reprodução)


A Justiça Federal em Brasília decidiu ontem (11) revogar a determinação de que a Polícia Rodoviária Federal (PRF)  suspenda a utilização de radares móveis nas rodovias do país. O uso de medidores de velocidade móveis e portáteis está suspenso desde agosto.

Na decisão, o juiz Marcelo Gentil Monteiro, da 1ª Vara Federal Cível, atendeu a um pedido liminar feito pelo Ministério Público Federal (MPF) e entendeu que a falta dos radares pode causar danos à sociedade.

“A urgência é patente, ante o risco de aumento do número de acidentes e mortes no trânsito em decorrência da deliberada não utilização de instrumentos escolhidos, pelos órgãos técnicos envolvidos e de acordo com as regras do Sistema Nacional de Trânsito, como necessários à fiscalização viária”, decidiu o juiz. 

Em agosto, a determinação foi cumprida pela PRF após a publicação de um despacho do presidente Jair Bolsonaro. Na ocasião, foram revogados atos administrativos sobre a atividade de fiscalização eletrônica de velocidade em rodovias e estradas federais.   

Cabe recurso ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), sediado em Brasília.

Vídeo: policiais abordam carretas com R$ 6 mi em cigarro



A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 1,2 milhão de carteiras de cigarro em duas ações nessa terça-feira(19) e hoje (20) na região de Guaíra, oeste do Paraná. Somadas, as duas cargas contrabandeadas do Paraguai têm valor de mercado estimado em R$ 6 milhões.

Uma das cargas apreendidas estava escondida, sob uma camada de milho, em uma carreta abordada pelos policiais rodoviários, no perímetro urbano de Guaíra.

O motorista demonstrou nervosismo durante a ação, o que levou os agentes a fazer uma verificação minuciosa do veículo e encontrar 600 mil carteiras de cigarro. O motorista, de 39 anos, foi preso em flagrante. Ele disse que levaria a carga ilícita até o Rio Grande do Sul.

A outra apreensão ocorreu na BR-163, no município de Toledo. Dentro de um caminhão-baú, tipo frigorífico, os policiais descobriram 600 mil carteiras de cigarro.

Os cigarros contrabandeados estavam escondidos sob uma camada de milho
(Agência PRF)

Segundo a PRF, o motorista desobedeceu as ordens de parada. Após atravessar o pátio de um posto de combustíveis, ele parou o caminhão ao lado de uma área de mata, saltou da cabine e fugiu a pé. Os agentes fizeram uma busca na região, mas sem sucesso.

Na cabine foram encontrados documentos do caminhão com indícios de adulteração. Tanto o veículo quanto o semirreboque portavam placas de identificação falsas.

Feriado prolongado teve 75 mortes em rodovias federais

Acidente no Paraná matou duas pessoas (Agência PRF/Reprodução)


O feriadão da Proclamação da República deixou um saldo de 863 acidentes nas rodovias federais que cortam o país, com 1.040 pessoas feridas e 75 mortes, segundo o balanço divulgado hoje (18) pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

De acordo com a PRF, a Operação Proclamação da República 2019 iniciada na última quinta-feira (14) e encerrada nesse domingo (17), flagrou 1.664 motoristas que haviam consumido bebida alcoólica antes de assumir o volante.

Desses, 486 tiveram a alcoolemia constatada pelo teste do etilômetro (bafômetro). No total, mais de 60,3 mil motoristas foram submetidos ao teste, seja no aparelho tradicional ou no etilômetro passivo, com 147 pessoas detidas.

Segundo a PRF, boa parte das colisões frontais com mortes foi causada pelas ultrapassagens indevidas, seja em local proibido ou forçadas. Os policiais notificaram 6.214 veículos realizando esse tipo de manobra perigosa.

Os policiais flagraram 1.734 motoristas que não usavam o cinto de segurança durante a abordagem, enquanto mais de 2 mil passageiros também não estavam com o equipamento. Os dados mostraram ainda que 238 condutores foram flagrados fazendo uso do celular.

Quanto aos condutores de motos, a maior imprudência foi em relação ao não uso do capacete: 1.112 motociclistas que estavam circulando sem o equipamento obrigatório foram autuados.

Durante os quatro dias da operação, 160 mil veículos foram fiscalizados e 163 mil pessoas também passaram pelos procedimentos de fiscalização. Ações de educação para o trânsito também foram desenvolvidas em todo país. Cerca de oito mil pessoas receberam orientações de um trânsito mais seguro por meio do Cinema Rodoviário.

Criminalidade

Segundo a PRF, entre quinta-feira e domingo, os policiais detiveram 689 pessoas por diversos tipos crimes, 42 delas pelo crime de tráfico de drogas e 160 por diferentes crimes de trânsito.

Os agentes apreenderam 182,7 quilos de cocaína e 4 toneladas de maconha, além de 90 mil pacotes de cigarros contrabandeados. Os policias recuperaram ainda 64 veículos com alerta de roubo ou furto.

Após acidente na Dutra, 12 funcionários da Nissan estão internados

Por  Douglas Corrêa

(PRF)

Dos 28 feridos em um acidente com ônibus que transportada funcionários da multinacional Nissan na Rodovia Presidente Dutra (BR-116), na manhã de hoje (25), 15 receberam alta, segundo nota divulgada pela empresa.

De acordo com a Nissan do Brasil, 12 pessoas continuam em tratamento em hospitais da região. Além dos trabalhadores da Nissan, o motorista do ônibus ficou ferido e um passageiro não sofreu ferimentos e foi liberado no local.

O ônibus saiu da pista na BR-116, em Barra Mansa, no sul fluminense, e caiu em uma ribanceira, quando seguia para São Paulo. As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, para o Hospital de Emergência de Resende e para os hospitais da Unimed e Samer, também em Resende.

https://spagora.com.br/onibus-cai-em-ribanceira-na-dutra-e-fere-28-pessoas/

Ônibus cai em ribanceira na Dutra e fere 28 pessoas

Por Ícara Matos

(PRF)

Vinte e oito pessoas ficaram feridas em acidente com um ônibus, no início da manhã de hoje (25), na Rodovia Presidente Dutra (BR_116), que liga o Rio de Janeiro a São Paulo. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o coletivo, que transportava funcionários de uma empresa multinacional fabricante de automóveis, seguia no sentido São Paulo, quando caiu em uma ribanceira na altura do quilômetro 283, em Barra Mansa, no Sul Fluminense.

O ônibus capotou deixando 28 das 29 pessoas que estavam no veículo feridas. Entre as vítimas, 11 ficaram em estado grave e 17 tiveram apenas ferimentos leves, de acordo com a PRF.

As vítimas foram levadas para a Santa Casa de Misericórdia de Barra Mansa, para o Hospital de Emergência de Resende e para os hospitais da Unimed e Samer, também em Resende.

(PRF)

Carregamento de pistolas é apreendido na Rio-Santos

Por Douglas Corrêa

(PRF/Reprodução)

Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreenderam 48 pistolas automáticas, 95 carregadores e 1.830 munições para armas de diferentes calibre em uma abordagem na Rodovia Rio-Santos (BR-101), no trecho de Itaguaí, região metropolitana do Rio. O flagrante ocorreu na madrugada de hoje (21), quando os agentes rodoviários faziam uma operação de rotina na rodovia.

O utilitário era conduzido por um homem que estava acompanhado de um passageiro, de 65 anos.

Após fiscalização minuciosa, foi descoberto um compartimento debaixo do banco traseiro onde os policiais encontraram o armamento. De acordo com o motorista, as armas e as munições seriam encaminhadas para fortalecer o tráfico de drogas numa comunidade na zona norte do Rio.

O lugar onde o armamento seria entregue foi mantido em sigilo para não atrapalhar às investigações.

(PRF/Reprodução)

O caso foi encaminhado à Superintendência da Polícia Federal que ficará responsável pelo inquérito. O motorista assumiu a responsabilidade pela carga e afirmou que o passageiro não sabia que o carro trazia armas e munições.

O motorista, de 25 anos, foi preso em flagrante e afirmou que receberia R$ 5 mil pelo transporte do veículo com a carga de Curitiba (PR) até a cidade do Rio de Janeiro.