Polícia Rodoviária apreende 50 quilos de cocaína

(Polícia Militar/Reprodução)

A Polícia Rodoviária Estadual apreendeu, hoje (23), em Lucélia, no interior de São Paulo, 50 quilos de cocaína. A droga estava escondida no fundo falso de um carro.

O flagrante aconteceu durante a operação Toque de Restrição, na Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros. Os PMs abordaram um carro em que viajava apenas o motorista.

Durante a abordagem, os policiais encontraram o compartimento falso no para-choque do veículo. Dentro dele, os PMs localizaram 71 tabletes de cocaína. O motorista foi preso em flagrante e levado para a Delegacia.

Outro caso

Ontem (22), policiais rodoviários apreenderam outros 300 tijolos de cocaína. A droga estava sendo transportada em um caminhão pela Rodovia Euclides da Cunha, em Votuporanga. O destino da droga, segundo os policiais, era Paulínia, na região de Campinas.

Dados

Nos três primeiros meses deste ano, a Secretaria de Segurança Pública (SSP) registrou 10.437 casos de tráfico de drogas no Estado de São Paulo. Em janeiro foram 3.323 casos, 3489 em fevereiro e 3.625 ocorrências de tráfico no mês passado.

Polícia encontra 137 quilos de maconha em fundo falso de caminhonete

(Polícia Militar/Reprodução)

A Polícia Rodoviária apreendeu uma caminhonete com fundo falso na carroceria cheio de droga. O flagrante foi na Rodovia Raposo Tavares, na região de Itapetininga, interior do Estado, ontem (17).

Segundo os policiais, durante abordagem de rotina os PMs fizeram uma vistoria no veículo e suspeitaram da carroceria. Dentro do fundo falso foram encontrados 137 quilos de maconha. A polícia não informou o destino da droga.

O motorista da caminhonete, que vai responder por tráfico de drogas, foi levado para a delegacia de Itapetininga.

Em 24 horas, 700 mil maços de cigarro são apreendidos no Estado

(Receita Federal)

A Receita Federal, em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual de São Paulo, apreendeu, nas últimas 24 horas, dois caminhões carregados com cerca de 700 mil maços de cigarros contrabandeados. A operação teve início ontem (14), quando um caminhão que transportava uma carga com 350 mil maços de cigarros foi identificado pela Receita Federal após trabalho de inteligência. A abordagem ocorreu no km 137 da SP-300, que interliga Botucatu e a rodovia Castello Branco.

Hoje (15/4), foi realizada a abordagem do segundo caminhão, no km 63 da Rodovia Castelo Branco (SP-280), região de Itu. A carga também continha 350 mil maços de cigarros contrabandeados. Os maços de cigarro apreendidos estão avaliados em R$ 3,3 milhões.

As mercadorias e os veículos serão apreendidos. Será cobrada multa de R$ 2,00 por maço de cigarro apreendido.

Balanço

(Receita Federal)

Em 2021, a Receita Federal já apreendeu, em rodovias paulistas, 14 caminhões carregados com aproximadamente 5,1 milhões de maços de cigarros contrabandeados, um prejuízo de R$ 25,5 milhões ao crime organizado. Será também efetuado o lançamento de créditos no valor de R$ 10,2 milhões.

A atuação da Receita Federal na repressão ao contrabando e descaminho e tráfico de entorpecentes visa primordialmente a proteção da sociedade, tanto no aspecto relacionado à manutenção dos empregos gerados pela indústria nacional quanto no que diz respeito à proteção da saúde e da vida das pessoas, além de coibir o enriquecimento pelas organizações criminosas.

Polícia prende três e recupera carga de Etanol roubada

Local onde a carga de etanol foi recuperada (Polícia Militar de SP/Reprodução)

A Polícia Militar Rodoviária prendeu três homens suspeitos de participar do roubo a uma carreta carregada com 35 mil litros de Etanol. A carga roubada foi recuperada.

O crime aconteceu em Miguelópolis, interior de São Paulo. O sistema de rastreamento da carreta denunciou que o caminhão estava fora de rota e a polícia foi avisada.

O caminhão e a carga foram localizados pela Polícia Rodoviária em um posto de combustíveis abandonado, na Rodovia Leônidas Pacheco Ferreira. Os suspeitos já havia feito o desengate da carreta. Os três foram presos em flagrante. Um carro usado pelos suspeitos, com placas de Cajuru, também foi apreendido.

Motorista

Durante a abordagem, os PMs descobriram que o motorista da carreta roubada havia ficado refém da quadrilha. O profissional foi libertado, logo depois, na região de Miguelópolis, e procurou a polícia.

Roubo de Carga

Segundo números da Secretaria de Segurança Pública, o Estado de São Paulo registrou ao longo do ano de 2020 quase seis mil ocorrências de roubo de cargas. Foram 5.918, sendo que dezembro foi o mês com maior número de casos: 699. O Estado ainda não divulgou o balanço referente ao mês de janeiro de 2021.

Operação intensifica policiamento nas rodovias

(Arquivo/Gov. do Estado de SP)

Começou nesta segunda-feira (21) nas rodovias paulistas a Operação Réveillon e Verão 2021, que vai até 17 de fevereiro com ações operacionais conjuntas da Polícia Rodoviária Estadual, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp) e das concessionárias. Mesmo com a operação, o governo estadual ressalta a importância de evitar viagens desnecessárias e a exposição ao risco de contaminação por covid-19.

Além dos reforços operacionais e de fiscalização para atendimento aos usuários e do monitoramento das rodovias mais movimentadas, as medidas visam minimizar os impactos causados pelo aumento do fluxo de veículos que ocorre no período. A previsão é que mais de 3,5 milhões de veículos circulem nas rodovias litorâneas do estado entre os dias 21 de dezembro e 4 de janeiro. Estima-se ainda que, durante toda a temporada, a movimentação de veículos fique em 700 mil por fim de semana.   

O uso de drones, que dão às equipes de campo um melhor tempo de resposta e tomadas de decisão, reforça os trabalhos, além das 1.818 câmeras de fiscalização, que abastecem os centros operacionais 24 horas por dia e dos 551 sensores de tráfego existentes. Haverá ainda reforço de equipamentos e recursos, com apoio de viaturas e veículos em campos estratégicos, caminhonetes de inspeção, guinchos leves e pesados, entre outros. 

Na fiscalização do transporte intermunicipal de passageiros, estão previstas 1.400 ações em 110 municípios com o objetivo de garantir segurança e conforto durante as viagens e combater o transporte clandestino, bem como a verificar o cumprimento do Protocolo Temporário de Fiscalização durante a pandemia. 

O secretário Estadual de Logística e Transportes, João Octaviano Machado Neto, diz que a operação é importante para garantir a qualidade das rodovias e a segurança da população neste verão. “Todos os esforços com a Artesp, o DER e equipes da Polícia Rodoviária têm este objetivo, sobretudo neste momento que estamos passando, em que menos acidentes de trânsito significam mais leitos livres para atender os pacientes do coronavírus.”

Nas redes sociais, os órgãos do governo paulista vão informar os melhores horários para pegar a estrada e as condições de tráfego para permitir que os usuários se programem. Os painéis de mensagens variáveis espalhados pelas estradas de São Paulo também passarão informações e alertas aos motoristas.

Melhores horários

Hoje as estradas estarão mais livres entre as 22h e a meia-noite. Na terça-feira (22) da 0h às 8h e das 20h à meia-noite. Na quarta-feira (23), entre a 0h e as 11h e entre as 22h e a meira-noite. Na quinta-feira (24), véspera do natal, o melhor horário para viajar será entre a 0h e as 6h.  Já na sexta, dia do natal, a estrada estará mais livre entre as 2h e as 6h.   

Nos dias que antecedem o Réveillon, os melhores horários para viajar ficam entre a 0h e as 7h e as 22h e a meia-noite. No dia 31, véspera do ano-novo, o melhor horário fica entre 0h e 5h. Já no dia 1º, o ideal é entre as 2h e as 6h. Até o dia 4 de janeiro, os melhores horários ficam entre a 0h e as 6h e das22h e a meia-noite.   

Em mensagens nos painéis eletrônicos das rodovias, a Artesp e as concessionárias reforçam os alertas sobre a importância do isolamento social como forma de conscientizar motoristas e passageiros a ficar em casa e contribuir de maneira decisiva para evitar a contaminação pela Covid-19.

Balsas: reforço no litoral

Além das estradas, quem  vai para o o litoral conta, a partir de hoje, com o reforço de duas balsas neste verão. O Departamento Hidroviário (DH) iniciou nesta segunda-feira a Operação Verão+Seguro, com toda a frota disponível. Ao todo, o sistema contará com 31 embarcações distribuídas nos oito sistemas no litoral paulista. 

A travessia Santos/Guarujá terá o reforço de duas balsas, ampliando a capacidade transportada por hora em 38% na comparação a temporada do ano passado, informou o DH. No total, serão oito balsas na temporada. O sistema, que hoje opera com sete embarcações, receberá a oitava até o feriado de Réveillon. A Travessia São Sebastião-Ilhabela contará com nove embarcações, sendo sete balsas e duas lanchas para passageiros, que foram adotadas pela primeira vez em 2019 e trouxeram mais agilidade e conforto aos usuários.

No Litoral Sul, o DH concluiu a reforma no flutuante e na ponte que dão acesso ao embarque e desembarque de balsas na Travessia Iguape-Juréia. Segundo o DH, o investimento garantiu mais segurança aos usuários.

Moradores e turistas contam ainda com comunicação em tempo integral sobre o serviço de travessias. Os painéis de mensagem variável estão instalados em pontos estratégicos dos viários de acesso, orientando os motoristas e fornecendo informações importantes sobre os serviços. Além disso, o aplicativo Travessias informa em tempo real a espera de cada travessia, as condições climáticas e disponibiliza imagens 24 horas por dia.

Por Ludmilla Souza – Repórter da Agência Brasil 

Rodovias vão receber 2,4 milhões de veículos no Carnaval

(Gilberto Marques/Governo do Estado de SP)

A ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) estima que cerca de 2,4 milhões de veículos circulem pelas principais rodovias de acesso e saída da região metropolitana de São Paulo no período do Carnaval. A partir de sexta-feira (21), as concessionárias de rodovias paulistas implantam a Operação Carnaval Mais Seguro.

No período, haverá reforço nas equipes operacionais, incluindo atendimento médico e mecânico, com número de guinchos e ambulâncias ampliados para atender ao aumento do tráfego de veículos, além de reforço nas inspeções de tráfego e no atendimento nas praças de pedágio. As rodovias paulistas sob concessão devem ter tráfego mais intenso a partir das 10 horas de sexta-feira, com fluxo acima da média até a madrugada de sábado, dependendo da rodovia.

Para viajar com conforto e segurança, alguns cuidados são importantes e começam antes mesmo de sair de casa. Verificar os freios, amortecedores, luzes, óleo e pneus, inclusive a calibragem, são condições básicas para pegar a estrada. Os níveis da água do radiador e do limpador de para-brisa devem ser checados. É importante manter a documentação do veículo e do motorista em dia.

Além disso, o condutor não deve esquecer os equipamentos obrigatórios como macaco, chave de roda, triângulo para sinalização e estepe. É essencial que o motorista tenha descanso no dia anterior à viagem e consuma alimentos leves para evitar a sonolência. Os viajantes também devem avaliar a melhor rota e, sempre que possível, evitar os horários de pico. É importante, também, ter anotado num papel ou gravado no celular o telefone 0800 de atendimento das concessionárias responsáveis pelas rodovias que for utilizar.

Viagens de ônibus

Quem for viajar com os ônibus do transporte intermunicipal deve ficar atento à segurança e nunca contratar empresas clandestinas. A ARTESP irá intensificar a fiscalização nas rodovias para coibir os irregulares. O serviço clandestino expõe os passageiros a vários riscos, uma vez que o veículo não é vistoriado para esse fim e não há garantia de que o motorista seja devidamente habilitado.

Os passageiros que encontrarem irregularidades podem entrar em contato com a Ouvidoria da ARTESP (fone 0800.727.83.77 ou email [email protected]). Nas viagens rodoviárias, o passageiro deve manter-se sentado e com cinto de segurança. Também é importante não carregar objetos pontiagudos ou cortantes. As bagagens de mão devem ser acomodadas no porta-embrulhos e as maiores, no bagageiro.

Infraestrutura reforçada

Durante a Operação Carnaval Mais Seguro, as concessionárias dimensionam suas equipes de atendimento de acordo com o volume de veículos que irá utilizar a malha.

Nas praças de pedágio, quando necessário, as empresas adotam a “Operação Papa Fila”, em que a cobrança é realizada antecipadamente, ainda na fila, para facilitar o escoamento do tráfego.

Anchieta-Imigrantes

Para o Carnaval, a expectativa da Ecovias, concessionária que opera o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), é de que entre 360 mil e 550 mil veículos trafeguem pelo SAI. O maior volume de veículos está previsto para sexta-feira (21) a partir das 10h, quando está prevista a implantação da Operação Descida (7×3), que deve permanecer até às 21h de sábado (22). Essa operação será reimplantada no domingo (23) das 7h às 13h. Nessa operação, os veículos com destino ao Litoral utilizam as duas pistas da Anchieta (SP-150) e a pista Sul da Imigrantes (SP-160).

Para o retorno dos veículos, será implantada a Operação Subida (2×8) a partir das 17h de domingo (23) até as 23h59. Será reimplantada na segunda-feira (24) das 17h às 23h49; na terça-feira (25) das 9h até a 1h de quarta-feira (26). Nesse esquema, as duas pistas da Imigrantes (SP-160) e a Pista Norte da Anchieta (SP-150) tem a circulação sentido Capital, e a Pista Sul da Anchieta opera sentido Litoral. A inversão de sentido das pistas ocorre apenas no trecho de serra do SAI, entre o km 40 e o km 55 da Anchieta e entre o km 40 e o km 57 da Imigrantes.

Ayrton Senna/Carvalho Pinto

A Ecopistas, concessionária que opera o corredor Ayrton Senna-Carvalho Pinto (SP-070), estima que mais de 1,2 milhões de veículos passem pelas quatro praças de pedágio do trecho sob sua concessão no período de Carnaval. Somente na praça instalada em Itaquaquecetuba há previsão da passagem de 291 mil veículos com direção às cidades do Alto Tietê, Vale do Paraíba, região de Campos do Jornal e Litoral Norte. No sentido interior, a movimentação deve ser maior entre 15h e 19h de sexta-feira (21) e 9h e 12h de sábado (22). Em direção à capital, a previsão é de que o tráfego seja mais intenso entre 11h às 18h de terça-feira (25) e das 13h às 18h de quarta-feira (26).

Tamoios

A Concessionária Tamoios, estima que 165 mil veículos trafeguem na Rodovia dos Tamoios (SP-099) durante o Carnaval. A partir das 13h de sexta-feira (21), será implantado no trecho de serra a Operação Descida, que libera duas pistas sentido litoral e uma sentido São José dos Campos. Para a volta do feriado, a rodovia retoma a configuração normal, com duas pistas sentido São José e uma para o litoral. As obras do trecho de serra serão suspensas a partir das 13h de sexta-feira e no sábado (22). No domingo (23) e segunda-feira (24) poderão ser retomadas, dependendo do fluxo de veículos. Na terça-feira (25), as obras serão suspensas para o retorno.

Anhanguera-Bandeirantes

No Carnaval, a Autoban espera a circulação no Sistema Anhanguera-Bandeirantes de aproximadamente 964 mil veículos, entre saída e chegada à Capital. Na sexta-feira (21), o fluxo deve ser mais intenso entre 14h e 20h e no sábado das 8h às 15h. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego mais carregado na terça-feira (25) das 13h às 20h e na quarta-feira (26) das 10h às 18h.

No domingo (23) e na terça-feira (25) os caminhões que seguem com destino à Capital pela Rodovia dos Bandeirantes (SP-348) devem utilizar a Anhanguera (SP-330) no trecho entre o km 48 e o km 23, entre Jundiaí e São Paulo. A Anhanguera deve ser acessada na saída 48 da Rodovia dos Bandeirantes.

Castelo-Raposo

Segundo estimativa da concessionária ViaOeste, que administra o Sistema Castello-Raposo, na saída de São Paulo, o motorista deverá enfrentar tráfego intenso na sexta-feira (21) entre 13h e 23h e no sábado (22), das 8h às 17h. A estimativa da concessionária é de que 779 mil veículos trafeguem nas rodovias Castello Branco (SP-280) e Raposo Tavares (SP-270) no fim de semana prolongado. Para o retorno do feriado, a previsão é de tráfego intenso na terça-feira (25), das 13h às 20h, e na quarta-feira (26), das 12h às 20h.

Emergências

É importante ter em mãos os telefones de atendimento das operadoras das rodovias e da Polícia Militar Rodoviária para eventuais emergências. O serviço de ajuda ao usuário, prestado pelas concessionárias de rodovias, é gratuito e está disponível 24 horas todos os dias nos 8,4 mil quilômetros de rodovias concedidas paulistas. O atendimento auxilia desde uma simples troca de pneu até a remoção de vítimas de acidentes e prestação de primeiros socorros.

Abaixo, os contatos de emergência da ARTESP, DER, DERSA, Polícia Rodoviária e das concessionárias que administram a malha rodoviária paulista:

AUTOBAN 0800.055.55.50
CART 0800.773.0090
CENTROVIAS 0800.17.89.98
COLINAS 0800.703.5080
ECOPISTAS 0800.777.0070
ECOVIAS 0800.19.78.78
ENTREVIAS 0800 3000 333
INTERVIAS 0800.707.1414
RENOVIAS 0800.055.96.96
RODOANEL OESTE 0800.773.6699
RODOVIAS DO TIETÊ 0800.770.3322
ROTA DAS BANDEIRAS 0800.770.8070
SPMAR 0800.774.8877
SPVIAS 0800.703.5030
TEBE 0800.55.11.67
TRIÂNGULO DO SOL 0800.701.1609
TAMOIOS 0800.545.0000
VIAOESTE 0800.701.5555
VIARONDON 0800.729.9300
VIAPAULISTA 0800.001.1255
ARTESP 0800.727.83.77
DER 0800.055.55.10
DERSA 0800.7266.300
POLÍCIA RODOVIÁRIA (11) 3327-2727

*Com informações do Governo do Estado de SP

Armas de pressão: Homem é preso com 84 pistolas

Armas se pressão foram apreendidas pela Polícia Rodoviária (Polícia Militar/Reprodução)


Um homem foi preso em flagrante enquanto transportava 84 pistolas de Airsoft trazidas do Paraguai. O armamento de pressão, muito semelhante a uma arma de verdade, estava sendo levado no bagageiro de um ônibus que saiu de Foz do Iguaçú com destino à São Paulo.

Um decreto federal proíbe o transporte e a entrada desse tipo de armas no Brasil sem a devida autorização do Exército.

O carregamento foi descoberto durante uma fiscalização de rotina do Tático Ostensivo Rodoviário (TOR), na Rodovia Presidente Castello Branco, perto de Itú, no interior de São Paulo. O homem responsável pelas armas foi levado para a Polícia Federal.

Rodovia: em 3 dias, mais mil motoristas embriagados são multados

(Gilberto Marques/Governo do Estado de SP)


Em menos de três dias de fiscalização, mais de mil motoristas foram flagrados embriagados nas rodovias estaduais de São Paulo. Segundo a Polícia Rodoviária, entre 27 de dezembro e hoje (30), dos 15 mil motoristas fiscalizados, 1.012 haviam ingerido bebida alcoólica antes de assumir o volante, e 16 foram presos em flagrante por crime de trânsito.

Os números fazem parte de um levantamento parcial da Operação Ano Novo 2020. Até o dia 2 de janeiro, 3.500 policiais estarão empenhados em fiscalizar motoristas na rodovias.

Os PMs usam o Etilômetro Passivo, um pequeno bastão que capta a presença de álcool sem a necessidade de o motorista encostar no bafômetro. A ponta luminosa brilha nas cores vermelha, se houver presença de álcool, e verde, se não houver. Por meio dele o Policiamento Rodoviário faz uma triagem rápida e seleciona os motoristas que dirigem sob efeito de bebida alcoólica.

*Com informações da Polícia Militar de SP

Carreta transportava 350 mil maços de cigarro do Paraguai

Motorista apresentou nota fiscal falsificada de uma carga de frango (PM/Reprodução)


A Polícia Militar prendeu o motorista de um caminhão que transportava 350 mil maços de cigarros contrabandeados. O flagrante ocorreu nesta em Santa Cruz do Rio Pardo, interior de São Paulo, durante a Operação Rodovia Mais Segura.

Equipes do 2° Batalhão de Policiamento Rodoviário (BPRv) realizavam fiscalização pelo km 305 da rodovia Castelo Branco, quando abordaram o veículo com placas de Umuarama (PR). Durante a ação, o motorista do caminhão apresentou uma nota fiscal que indicava estar transportando frango. Foi realizada pesquisa e os policiais verificaram que o documento era falsificado.

Com isso, somado ao nervosismo apresentado pelo suspeito, a equipe vistoriou o baú do veículo. No local, foram encontrados os maços de cigarros de origem paraguaia, sem a devida nota fiscal.

O homem foi detido e a ocorrência encaminhada à Polícia Federal de Marília.

*Com informações do Governo do Estado de São Paulo

Polícia Rodoviária terá tablet e impressora portátil para multas

(Arquivo/Nivaldo Lima/Futura Press)

O Governo de São Paulo anunciou que as rodovias estaduais vão receber 1,3 mil tablets e 1,3 mil impressoras portáteis para registrar multas, além de 220 radares em pontos fixos com OCR (reconhecimento óptico de caracteres) e outros dois móveis para leitura de placas em rodovias estaduais.

“Com a tecnologia, melhorará ainda mais o sistema de segurança pública nas rodovias paulistas. Isso agiliza processos. Com todo o sistema integrado, esses policiais terão rápido acesso aos registros criminais – como roubo, furto e alertas criminais – e administrativos dos veículos – como o IPVA e o licenciamento”, disse o governador João Doria.

O sistema contará ainda com uma Central do DER conectada aos bancos de inteligência da PM (Copom), Polícia Civil, Justiça, Detran (Prodesp) e do próprio DER. Essa nova operação conta com tecnologia desenvolvida pela Prodesp – empresa do Governo do Estado. Assim, os dados flagrados em placas de veículos com irregularidade são enviados automaticamente aos tablets mais próximos da localidade da ocorrência.

(Governo do Estado de São Paulo/Reprodução)

Todos os tablets já estão em uso. Há no Estado 548 equipamentos OCR em operação, e outros 220 estarão em funcionamento até novembro.

Foram investidos R$ 12,6 milhões nesse sistema para estruturar uma matriz logística na malha viária estadual paulista e estabelecer soluções inteligentes de segurança. Isso é possível por meio de uma parceria entre a Secretaria de Logística e Transportes, por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-SP), com o Comando do Policiamento Rodoviário de São Paulo.

Tecnologia OCR

Os 220 aparelhos com a tecnologia OCR (Optical Character Recognition) ou LAP (Leitura Automática de Placas) serão instalados em locais estratégicos apontados pela Polícia Militar Rodoviária nas rodovias estaduais paulistas. O mapeamento desses pontos fecha um cerco das principais entradas e saídas do Estado de São Paulo, facilitando ações táticas dos policiais, que passam, a partir de agora, a contar com informações em tempo real dos veículos rastreados pelos equipamentos OCR.

Além desses 220 pontos, São Paulo já possui 549 radares com a mesma tecnologia espalhados por suas rodovias.

Tablets e impressoras portáteis

O projeto de uso dos tablets e impressoras no trabalho dos agentes rodoviários e todo o sistema que compõe sua operacionalização é pioneiro nas rodovias estaduais paulistas. Os 2.600 equipamentos usam tecnologia desenvolvida pela Companhia de Processamento de Dados do Estado de São Paulo (Prodesp).

Outro ponto de destaque é que o uso do tablet reduzirá erros na emissão de multas rodoviárias, já que o sistema operacional do tablet é inteligente e possui o autopreenchimento com dados base (número da CNH, placa do veículo, código da rodovia).

*Com informações do Governo do Estado de SP