Crianças devem ser vacinadas contra o Sarampo antes de viajar

Por  Elaine Patricia Cruz

O Ministério da Saúde soltou nesta terça-feira (6) um comunicado alertando pais, mães e responsáveis que vão viajar com seus filhos de seis meses a menores de um ano de idade para 39 cidades dos estados de São Paulo, Pará ou Rio de Janeiro, onde há surto ativo do sarampo, para que vacinem seus filhos. A recomendação é que todas essas crianças sejam imunizadas contra a doença no período mínimo de 15 dias antes da data prevista para a viagem. Além de proteger, a medida de segurança pretende interromper a cadeia de transmissão do vírus do sarampo no país.

Segundo o Ministério, a vacina não substitui e não será considerada válida para fins do calendário nacional de vacinação da criança. Assim, além dessa dose que está sendo aplicada agora, os pais e responsáveis devem levar os filhos para tomar a vacina tríplice viral (D1) aos 12 meses de idade (1ª dose); e aos 15 meses (2ªdose) para tomar a vacina tetra viral ou a tríplice viral + varicela. A vacinação de rotina das crianças deve ser mantida independentemente do planejamento de viagens para os locais com surto ativo do sarampo ou não.

No estado de São Paulo, as cidades com registro de sarampo, segundo o Ministério da Saúde, são: São Paulo, Santos, Fernandópolis, Santo André, Guarulhos, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Mauá, Ribeirão Pires, Mairiporã, Pindamonhangaba, Sorocaba, Diadema, Indaiatuba, Osasco, Barueri, Caçapava, Caieiras, Embu, Estrela D’Oeste, Francisco Morato, Hortolândia, Itapetininga, Itaquaquecetuba, Jales, Mogi das Cruzes, Peruíbe, Praia Grande, Ribeirão Preto, São José dos Campos, Taboão da Serra e Taubaté. No estado do Rio de Janeiro: Rio de Janeiro, Paraty e Nilópolis. No Pará: Monte Alegre, Santarém, Porto do Moz e Prainha.

O Ministério da Saúde registrou, entre os dias 05 de maio e 03 de agosto deste ano, 907 casos confirmados de sarampo no Brasil, em três estados: São Paulo (901 casos), Rio de Janeiro (5) e Bahia (1).

Membros da máfia italiana são presos no litoral

Por Fernanda Cruz

A Polícia Federal (PF) cumpriu, na manhã de hoje (8), mandados de prisão contra dois italianos, pai e filho, suspeitos de integrar o braço da máfia italiana na América do Sul, conhecido como “Ndrangheta”.

O grupo mafioso, com origem na região da Calábria, no sul de Itália, controlaria 40% dos envios globais de cocaína, representando o principal esquema criminoso importador para a Europa. Eles estavam foragidos desde de 2014, com passagens por Portugal e Argentina.

Um dos presos já tem condenação por tráfico e associação para tráfico de drogas na Itália (com pena fixada em 14 anos de prisão). Eles ocupavam ao menos três apartamentos na cobertura de prédio de alto padrão na Praia Grande, litoral paulista.

A polícia encontrou com os suspeitos duas pistolas, dinheiro em espécie e veículos. Os mandados foram expedidos pelo Supremo Tribunal Federal, a pedido da Representação da Polícia Federal junto à Interpol, em cooperação com o Escritório da Direção Central para os Serviços Antidrogas, da Itália no Brasil.

Pelo Twitter, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, parabenizou a PF pela operação. “Brasil não deve ser refúgio para criminosos”, escreveu.

Jovem acusa PMs de estupro coletivo dentro de viatura

Uma jovem de 19 anos acusa dois policiais militares de estuprá-la dentro de uma viatura em Praia Grande, no litoral de São Paulo. Segundo a garota, o crime teria acontecido na noite desta quarta-feira (12). Os agentes negam o crime. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade e será investigado pela Delegacia de Defesa da Mulher (DDM).

Segundo informações apuradas pelo portal G1, os policiais militares acusados estavam parados com a viatura em frente a um shopping de Praia Grande, quando foram abordados pela jovem que alegava ter sido perseguida por um criminoso que tentou assaltá-la nas proximidades do local onde os policiais estavam estacionados.

A equipe teria colocado a vítima na viatura para levá-la até o Terminal Rodoviário Tude Bastos, na mesma cidade e, neste momento, segundo relato da jovem, eles desviaram o caminho e a estupraram dentro do veículo. Depois do ocorrido, ela teria sido “liberada” pelos policiais e foi até a casa do sogro e contou o que havia acontecido.

De acordo com a polícia, eles acionaram a Polícia Militar e a jovem foi encaminhada para o Hospital Municipal de São Vicente para realização de exames. O celular da jovem foi encontrado dentro da viatura onde teria acontecido o estupro, e os policiais acusados afirmaram que, após a carona, tentaram devolver o aparelho para a jovem, mas o ônibus já havia saído do Terminal.

Os policiais negam que tenham cometido o crime. A viatura foi encaminhada para perícia e o caso registrado na Delegacia Sede de Praia Grande. O portal G1 entrou em contato com a Polícia Militar para obter um posicionamento da corporação sobre o caso e, em nota, a PM informou que instaurou Inquérito Policial Militar para apurar os fatos e que está buscando provas testemunhais, além de verificação de imagens do videomonitoramento da prefeitura de Praia Grande, e do shopping onde os patrulheiros estavam próximos, estacionados em viatura.

Réus da Operação Jogo Duro são condenados em Praia Grande

(Arquivo/TV Tribuna/Reprodução)

A 2ª Vara Criminal de Praia Grande sentenciou o primeiro dos processos decorrentes da operação Jogo Duro, deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e pela Corregedoria da Polícia Militar em abril de 2015. Na ação, que foi julgada no último dia 17 de abril, os nove réus, entre eles dois policiais militares, foram condenados por integrarem organização criminosa. Parte dos réus também foi condenada pelo crime de corrupção ativa.

As penas vão de cinco anos e quatro meses a 15 anos e seis meses, de acordo com a situação pessoal de cada um dos acusados, além de ter sido decretada a perda do cargo público dos policiais condenados. 

A sentença autorizou que os réus recorressem em liberdade. O Ministério Público recorreu buscando a condenação por crimes que foram afastados na sentença e também para o aumento das penas.

Operação Jogo Duro

Na operação, que foi deflagrada em 30 de abril de 2015, foram cumpridos 60 mandados de busca e apreensão e apreendidas cinco armas de fogo e 146 máquinas caça-níqueis, além de 290.515 reais, 64.143 dólares e 4.960 euros.

*Com informações do Ministério Público de São Paulo

Litoral: Encontrado corpo de jovem de 23 anos que morreu afogado

Corpo foi encontrado por banhistas, que avisaram a polícia (Praia Grande Mil Grau/Reprodução)

Foi encontrado na manhã deste sábado (20) o corpo de um jovem de 23 anos que se afogou enquanto nadava no mar de Praia Grande, no litoral sul de São Paulo. As informações são do portal G1.

O Corpo de Bombeiros informou que a vítima desapareceu no fim da manhã de sexta-feira (19), na região de Cidade Ocian, e que buscas haviam sido feitas, inclusive com o helicóptero Águia. O corpo só foi localizado no começo da manhã por banhistas, que avisaram a polícia.

O corpo foi levado para o Instituto Médico Legal (IML).

Feriadão

O tempo firme fez com que muitos turistas escolhessem o litoral de São Paulo neste fim de semana prolongado. Segundo o boletim da concessionária Ecovias, divulgado no fim da tarde desta sexta-feira (19), “desde as 0h de quinta-feira (18), quando se iniciou a contagem, mais de 173 mil veículos desceram a Serra em direção à Baixada Santista”.

Temperaturas sobem neste sábado; Veja como fica o domingo

São Paulo – Termômetros marcavam 31ºC no começo da tarde (SP Agora)

O sábado (13) começou com poucas nuvens e termômetros oscilando em torno dos 18,5ºC na Grande São Paulo. De acordo com as estações meteorológicas do CGE, os menores valores registrados foram 16,5ºC em São Mateus e 17,5ºC no Jabaquara.

No decorrer do dia o predomínio de sol favorece a rápida elevação das temperaturas, provocando uma tarde de calor e baixos índices de umidade na Capital paulista. As máximas podem chegar aos 31ºC

No litoral de São Paulo, o sol deu as caras e as temperaturas podem chegar aos 34ºC, em Praia Grande, segundo o Climatempo. O turista que deixou a capital em direção ao litoral foi logo cedo para a praia. 

Praia Grande – No fim da manhã deste sábado, termômetros marcavam 27ºC (Nivaldo Lima/SP Agora)

No interior de São Paulo, o sol também brilha forte e as temperaturas sobem ao longo do dia. Em Bauru faz 29ºC, 33ºC em São José do Rio Preto.

Domingo e segunda-feira

A propagação do sistema frontal pelo oceano deixa o tempo nublado e chuvoso, além de provocar declínio das temperaturas nos próximos dias.

No domingo (14) a propagação da frente fria pelo oceano deixa o tempo instável com chuvas alternadas com períodos de melhoria ao longo do dia. Devido a maior cobertura de nuvens as temperaturas não sobem muito, variando entre mínimas de 17ºC e máximas de 22ºC. 

A segunda-feira (15) segue com muita nebulosidade, chuvas fracas e chuviscos durante o dia, principalmente em função dos ventos úmidos que passam a soprar do oceano. Os termômetros variam entre mínimas de 16°C e máximas que não devem superar os 20°C.

*com informações do CGE e do Climatempo